Relação famíia - escola e crianças com nee

Páginas: 40 (9892 palavras) Publicado: 13 de julho de 2012
RELAÇÃO ESCOLA - ALUNO - FAMÍLIA EDUCAÇÃO INTERCULTURAL – UMA PERSPECTIVA SISTÉMICA

1

Biblioteca Nacional - Catalogação na Publicação

Jesus, Helena de e outro Relação escola-aluno-família:educação inter-cultural: uma perspectiva sistémica/Helena de Jesus. Ana Luísa Neves.-(Cadernos de apoio à formação:2) ISBN 972-99316-9-0 I-Neves,Ana Luísa CDU 37.06

TÍTULO
Relação Escola – Aluno -Família Educação Intercultural – Uma Perspectiva Sistémica

AUTOR
Helena de Jesus Ana Luísa Neves

EDITOR
Alto Comissariado para a Imigração e Minorias Étnicas (Acime) Praça Carlos Alberto, 71, 4050-440 Porto Telefone: 22 2046110 Fax: 22 2046119 Rua Álvaro Coutinho, 14, 1150-025 Lisboa Telefone: 21 8106100 Fax: 21 8106117

DESIGN GRÁFICO
Cristina Cascais e Paulo Oliveira

EXECUÇÃOGRÁFICA
Textype, Artes Gráficas, Lda.

TIRAGEM
1000 exemplares

ISBN
972-99316-9-0

DEPÓSITO LEGAL
220 093/04

2

RELAÇÃO ESCOLA - ALUNO - FAMÍLIA EDUCAÇÃO INTERCULTURAL – UMA PERSPECTIVA SISTÉMICA

ÍNDICE

INTRODUÇÃO TESTEMUNHOS... ESCOLA-ALUNO-FAMÍLIA RELAÇÃO ESCOLA–ALUNO–FAMÍLIA, COMPREENDIDA À LUZ DO PENSAMENTO SISTÉMICO A COMUNICAÇÃO ESCOLA - ALUNO - FAMÍLIA AS NOVAS REALIDADESDA ESCOLA ACTUAL RESULTADOS DE UM ESTUDO CONCLUSÃO REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

5

9

19

23

27

33

39

45

RELAÇÃO ESCOLA - ALUNO - FAMÍLIA EDUCAÇÃO INTERCULTURAL – UMA PERSPECTIVA SISTÉMICA

3

4

RELAÇÃO ESCOLA - ALUNO - FAMÍLIA EDUCAÇÃO INTERCULTURAL – UMA PERSPECTIVA SISTÉMICA

INTRODUÇÃO

RELAÇÃO ESCOLA - ALUNO - FAMÍLIA EDUCAÇÃO INTERCULTURAL – UMA PERSPECTIVASISTÉMICA

5

6

RELAÇÃO ESCOLA - ALUNO - FAMÍLIA EDUCAÇÃO INTERCULTURAL – UMA PERSPECTIVA SISTÉMICA

Este caderno vem na sequência do Módulo de Formação “Cooperação Escola-Família – Guia do Facilitador”, de Maria Helena Noronha e Maria Helena de Jesus, editado em Novembro de 1998 pelo Secretariado Coordenador dos Programas de Educação Multicultural. Pretendemos que este caderno possaconstituir um suporte à reflexão e contribuir para um melhor conhecimento da realidade, através de testemunhos de alunos, pais e professores e da apresentação de experiências em escolas portuguesas. A criação de relações harmoniosas entre a escola, a família e a comunidade assenta antes de mais na capacidade de comunicação e entendimento entre os diversos intervenientes. Só assim será possíveliniciar um processo colaborativo, que, reconhecendo e respeitando o papel de cada um na diversidade de valores e perspectivas, crie melhores condições de aprendizagem para todos os alunos. Abordaremos esta temática numa perspectiva sistémica, sempre com o objectivo máximo de ajudar a avaliar e, se possível, executar formas mais eficazes de integrar as diferentes vivências sócio-culturais. Assim, sob umolhar sistémico, introduzimos a essência desta corrente de pensamento e sempre nesta perspectiva faremos uma curta abordagem histórica e falaremos da comunicação Escola – aluno - família, pela sua importância e pelas dificuldades que decorrem da complexidade deste processo a que acresce a nova realidade de diversidade sócio-cultural. Os resultados de um estudo efectuado e as conclusões geraisaparecem para finalizar com forma de pistas e questões que se levantam no longo caminho que, nesta área, ainda temos a percorrer.

RELAÇÃO ESCOLA - ALUNO - FAMÍLIA EDUCAÇÃO INTERCULTURAL – UMA PERSPECTIVA SISTÉMICA

7

8

RELAÇÃO ESCOLA - ALUNO - FAMÍLIA EDUCAÇÃO INTERCULTURAL – UMA PERSPECTIVA SISTÉMICA

TESTEMUNHOS…
ESCOLA – ALUNO - FAMÍLIA

RELAÇÃO ESCOLA - ALUNO - FAMÍLIA EDUCAÇÃOINTERCULTURAL – UMA PERSPECTIVA SISTÉMICA

9

10

RELAÇÃO ESCOLA - ALUNO - FAMÍLIA EDUCAÇÃO INTERCULTURAL – UMA PERSPECTIVA SISTÉMICA

A Lei de Bases do Sistema Educativo determina nos seus princípios, que o sistema deve “assegurar o direito à diferença, mercê do respeito pelos projectos individuais de existência, bem como da consideração e valorização dos diferentes saberes e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A Problemática da relação Escola/Família e a Integração de Crianças com NEE
  • A família e a escola face à criança com nee
  • Crianças com nee
  • A famiia na escola
  • Como a relação entre pais e filhos influencia a criança na escola
  • A importância da relação família e escola na educação das crianças
  • COMPORTAMENTO AGRESSIVO DA CRIANÇA NA ESCOLA E SUA RELAÇÃO COM A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
  • A aplicação da cif às crianças com nee

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!