relação entre zona rural e urbana Siliprandi

Páginas: 37 (9080 palavras) Publicado: 19 de março de 2014
A AÇÃO COLETIVA E SEUS INTÉRPRETES
João Alfredo Costa de Campos Melo Júnior1

Resumo. A intenção deste artigo é mapear a produção teórica e intelectual sobre ação coletiva.
Para tal, serão analisadas as propostas de cinco pensadores que verteram esforços na
compreensão do tema. Aqui serão discutidas as contribuições da Escola de Chicago, em
especial a psico-sociologia e o interacionismosimbólico de Hebert Blumer, as clássicas
abordagens marxistas sobre ação coletiva, Claus Offe e o olhar marxista sobre os novos
modelos de ação coletiva, Charles Tilly e sua perspectiva de análise sócio-histórica sobre os
movimentos sociais e Mancur Olson e as ações coletivas a partir de uma ótica racional. Enfim, o
quê se pretende é apresentar de modo comparado, as aproximações e as exclusõesteóricas e
práticas desses autores contemporâneos que refletem sobre as ações coletivas
contemporâneas.
Palavras-chave: Ação Coletiva, Escola de Chicago, Claus Offe, Charles Tilly, Mancur Olson.

Collective action and its interpreters
Abstract: This article intention is to give the theorical and intellectual map production regarding
collective actions. For such, we will analyze thepropositions of five thinkers who have work for
the better understanding of this question. We will discuss the contributions of the Chicago
School, especially psic-sociology, and Herbert Blumer symbolic interactionism; the classical
Marxists approaches on collective actions; Claus Offe and the Marxist point of view on the new
models of collective actions; Charles Tilly and his social-historic perspectiveanalysis about
social movements; and finally Mancur Olson and collective action from a rational perspective.
What we intend is to present comparatively the theorical and practical similarities and exclusions
of these contemporary authors who contribute with collective actions today.
Key-words: Collective Action, Chicago School, Claus Offe, Charles Tilly, Mancur Olson.

Doutor em CiênciasSociais pela Universidade Federal de São Carlos. Professor da Pontifícia
Universidade Católica de Minas Gerais.

1

Pensamento Plural | Pelotas [01]: 65 - 87, julho/dezembro 2007

Pensamento Plural .

1 Introdução
As abordagens sobre os movimentos sociais, desenvolvidas pelas
Ciências Sociais, são estimuladas pelas mutações ocorridas nos grupos
e em seus comportamentos coletivos ecooperativos, como já dizia
George Hebert Mead. Para esse autor norte-americano, oriundo da
Escola de Chicago, as razões que levam os seres humanos a buscar
parcerias e cooperações ao longo das gerações não podem ser explicadas apenas por aspectos puramente fisiológicos. Para ele, a psicologia
social e o interacionismo simbólico conseguiram capturar os motivos
que levam os humanos a cooperarem unscom os outros.
Segundo Hebert Mead, a busca por organizações e modelos associativos acontece somente em dois casos: a) o ator individual percebe
as ações e atos de outros e se identifica com elas; b) a partir disso,
constrói suas respostas vinculadas aquele determinado grupo. Todavia,
acrescenta o autor, para que ocorra o processo de cooperação entre as
pessoas, de fato, seria precisoobservar dois pontos cruciais: a)
compreender as formas de ação do outro; b) conseguir acomodar o
comportamento pessoal de acordo com os interesses coletivos
(HAGUETTE, 2005).
Os comportamentos coletivos podem ser classificados como
responsáveis pelas intenções dos outros envolvidos no processo de ação
grupal. Tais intenções seriam transmitidas simbolicamente por gestos
interpretáveis para aqueledeterminado grupo social (HAGUETTE,
2005). São esses gestos que articulam significativamente as relações
entre diferentes pessoas, possibilitando um aprendizado social entre os
grupos.2
Contudo, vale lembrar que a ação coletiva está ligada apenas a
um campo de ação, o que quer dizer que ela vem sempre relacionada a
um determinado local ou grupo de interesses que servem como
condutores...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Zona Rural e Zona Urbana
  • zona rural e zona urbana
  • diferenças entre zona urbana e zona rural
  • Zona rural e urbana
  • Plano de Aula Zona Urbana e Rural
  • Imóvel Rural em Zona Urbana
  • A educação e os desniveis sociais entre as zonas urbanas e rurais
  • zona rural

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!