Relação entre parede celular e funções bacterianas

Páginas: 6 (1447 palavras) Publicado: 15 de abril de 2013
Atividade Complementar

Disciplina de Microbiologia de Procariotos
Docente: Eleni Gomes
Discente: Talita Antello

São José do Rio Preto, 2013
Estabeleça uma correlação lógica e objetiva entre a forma e a composição da parede, divisão celular e regulação do crescimento através de mediadores.
Paredes celulares microbianas são componentes estruturais essenciais que servem para dar forma aprópria célula e mediar atividades funcionais imperativas, tais como a reprodução (divisão), fatores de virulência, e principalmente prevenir a lise das células, devido à elevada pressão osmótica interna (YOUNT et al, 2013). Com base nesta estrutura, as espécies bacterianas podem ser dividas em Gram positivas e negativas (classificação baseada na coloração de Gram) (MADIGAN et al, 2010).
Oprincipal responsável pela rigidez da parede celular é o peptídeo glicano, polissacarídeo composto por dois açúcares ( N-acetilglicosamina e ácido N-acetilmurâmico), além de aminoácidos (L alanina, D alanina, DAP- ácido diaminopimélico- entre outros). Estes compostos associados formam uma estrutura repetitiva, o tetra peptídeoglicano (EGAN e VOLLMER, 2012).Quando biossintetizadas adjacentes entre si,estas estruturas formam uma folha que circunda a célula, e apesar de ligações covalentes se estabeleçam entre as ligações glicosídicas e os açúcares das fitas dos glicanos, a resistência plena se da parede só ocorre com as ligações cruzadas (MADIGAN et al, 2010).
Em bactérias Gram positivas, essa ligação cruzada ocorre através de pontes interpeptídicas, enquanto em Gram negativas, a ligação cruzadaocorre pela formação de uma ligação peptídica entre o grupo amino do DAP de uma cadeia glicano e o grupo carboxil D-alanina terminal da cadeia glicano adjacente. Ainda, muitas apresentam os ácidos teicóicos, substâncias ácidas, que são polímeros da membrana celular ou da cápsula, que contém resíduos de glicerol fosfato ou ribitol fosfato. Assim, são ligados covalentemente à resíduos do ácidomurâmico no peptídeo glicano na parede celular (MADIGAN et al, 2010). Ainda, muitas espécies de bactérias Gram-positivas âncora da parede celular de proteínas para os péptidos em peptidoglicano pela enzima sortase (MAZMANIAN et al, 1999).
Já em bactérias Gram negativas, a grande maioria tem na composição da parede celular a membrana externa, correspondente a uma segunda bicamada lipídica, porém comlipídeos e polissacarídeos ligados a mesma, sendo denominada camada lipopolissacarídica (LPS). Esta camada é bastante similar a membrana citoplasmática, porém em sua metade externa tem a maioria dos fosfolipídeos substituídos, enquanto na metade interna mantém um complexo lipoproteico, que atua como ancora entre a membrana externa e o peptideoglicano(MADIGAN et al, 2010).
Dessa forma, a paredecelular da Gram negativos é uma estrutura em multicamadas e bastante complexa, com 3-6 nm de espessura, enquanto a parede celular de Gram positivos é normalmente muito mais espessa, com 10-20 nm, consistindo quase totalmente em um único tipo de molécula (MADIGAN et al, 2010, VOLLMER e SELIGMAN, 2010).
A divisão bacteriana, por fissão binária, também envolve a parede celular, bem como a membranacitoplasmática. Várias proteínas também estão envolvidas neste processo, como as Fts, localizadas na região da membrana citoplasmática, com destaque para FtsZ. Estas proteínas se organizam para formar o divisomo, resultando na polimerização de moléculas FtsZ, que origina um anel ao redor do centro da célula. Este anel é o determinante do plano de divisão celular (MADIGAN et al, 2010).
A montagem dodivisoma depende de suas interações. Em bactérias Gram positivas, os componentes do divisoma parecem ser incorporados simultânea/cooperativamente, ou seja, com a maioria dos componentes dependendo de vários para localização no septo (GRAUMMAN, 2007), já em Gram negativas, experimentos genéticos demonstraram vínculos para a localização das proteínas de divisão do septo (ERRINGTON e DANIEL et al,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Parede celular bacteriana
  • 1. Interações Medicamentosas – Antibióticos inibidores da síntese da parede celular bacteriana
  • Parede Celular
  • parede celular
  • parede celular
  • PAREDE CELULAR
  • Parede Celular
  • Parede Celular

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!