Relação Cliente x Fornecedor

Páginas: 8 (1925 palavras) Publicado: 27 de setembro de 2013
FACULDADE PITÁGORAS 
ALEX SANDRO MAMEDE BRITO 

 
 
 
 
 
 
 
 

Logística e Transporte 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
GUARAPARI 
2013 

ALEX SANDRO MAMEDE BRITO 
 
 
 
 
 
 
 
 

Logística e Transporte 
 
 
 
 
 
 
 

Trabalho elaborado junto à disciplina Logística e 
Transporte, da  Faculdade Pitágoras de  Guarapari, apresentado a professora Diesther, como requisito 
parcial de avaliação “ A RELAÇÃO ENTRE CLIENTE E 
FORNECEDOR”.    
 

 
 
 
 
 
 
 
 
GUARAPARI 
2013 

Resumo
O fato de considerar o relacionamento cliente/fornecedor como ponto inicial
para o desenvolvimento de negociações comerciais fez surgir também a
necessidade de se rever, sob essa ótica, as responsabilidades administrativas. No
caso específico dorelacionamento cliente-fornecedor, o sistema de informação deve
ser projetado considerando que o preço definido é apenas um dos elementos que
constituem o custo do produto adquirido e, por isso, nem sempre uma redução
nesse valor corresponde a vantagens econômicas globais efetivas. É necessário
poder avaliar o custo total de compra por meio de muitos outros elementos.

Introdução
Estudar epesquisar o elo entre cliente e fornecedor decorreu de um grande
interesse em saber como anda essa relação, tendo em vista que as bases de toda
empresa são seus clientes e fornecedores. Administrar materiais não é uma tarefa
fácil, pois consiste em planejar, dirigir, controlar e coordenar todas aquelas
atividades ligadas à aquisição e ao estoque. Por isso, é necessário que o
relacionamentocliente/fornecedor evolua de um estado em que predomine a
oposição baseada em negociações econômicas sobre o preço do produto para um
relacionamento de colaboração e confiança recíprocas, visando a alcançar os
objetivos comuns de crescimento e desenvolvimento.

Desenvolvimento
A relação entre cliente e fornecedor está em constante evolução. O fato de
algumas empresas estarem reduzindo o númerode fornecedores dá a essa
evolução características de uma verdadeira revolução. De acordo com Wallace
(1994, p.6), Para vencerem no futuro próximo, as empresas precisam de uma
estrutura estratégica para a tomada de decisões que lhes permita tomar as medidas
corretas praticamente o tempo todo. Os sinais das mudanças já são uma realidade
cultural. De fato, afirma-se cada vez mais que:
- Opreço é apenas um componente do custo total de compra e, em geral, os
melhores preços se transformam nos piores custos.
- O processo de transformação começa na empresa dos próprios fornecedores e
termina na casa do cliente final.
- A qualidade e a garantia do produto final resultam da contribuição de toda uma
cadeia cliente-fornecedor de um negócio. Em particular, o mercado ou os clientes
cobramdas empresas, cada vez mais, os seguintes aspectos:
- Maior qualidade nos produtos fornecidos;
- Maior garantia na entrega;
- Maior flexibilidade e rapidez na resposta;
- Entregas mais fracionadas e freqüentes;
- Visitas para qualificação;
- Autocertificação;
- Melhorias garantidas;
- Redução de preços.
Uma visão ampla e macroeconômica distingue, nessa tendência, os sinais de
uma mudançana estratégia industrial. A visão mais estreita tende a considerar essa
evolução como uma dificuldade para a empresa, que se vê obrigada a modificar sua
lógica de suprimentos para uma forma considerada mais arriscada e, talvez, menos
econômica. A visão estratégica encara essa demanda como uma oportunidade para
melhorar a capacidade de negociação da empresa e obter vantagens competitivas.Controle de qualidade total em grupo
Enquanto as abordagens na estratégia da Qualidade Total já previam uma
estreita integração da empresa com seus fornecedores, especialmente no que se
refere à garantia de qualidade, as mais recentes evoluções de tal estratégia para a
lógica Group-wide quality control1 (a nova estratégia japonesa) tornam, sem dúvida,
a relação entre cliente e fornecedor...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • percepção de valor do cliente-chave na relação com o fornecedor
  • Cliente e Fornecedor
  • MODELO PARA O DIMENSIONAMENTO DA QUANTIDADE DE KANBANS, NA RELAÇÃO ENTRE CLIENTES E FORNECEDORES INTERNOS
  • Relação com o cliente
  • ética empresarial entre clientes e fornecedores
  • relação de clientes
  • relacionamento com clientes e fornecedores
  • Relacionamento com cliente e fornecedor

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!