Regulamentação de propagandas com apelo verde pelo conar

Páginas: 5 (1190 palavras) Publicado: 24 de abril de 2013
Introdução

Nos últimos anos, os temas relacionados a Sustentabilidade e Responsabilidade Social têm ganhado importância. Diariamente nos são apresentadas diversas notícias que buscam informar, conscientizar e mesmo alertar acerca de tais temas. De maneira geral, a sociedade passou a ter verdadeiro interesse sobre eles.
Atentas a isto, muitas empresas aproveitaram para anunciar seus produtoscomo ecologicamente corretos. Porém, muitas vezes os anúncios geravam confusão no consumidor e transmitiam valores falsos, que não estavam de acordo com as práticas das empresas anunciantes. De olho nisso, o Conar, órgão de auto-regulamentação de publicidade, resolveu rever suas regras para publicidade envolvendo meio-ambiente, e após um ano de estudos as alterações em seu código foram feitas.Este trabalho procura se apronfundar no processo que levou à criação de novas normas, e explicar estas normas.

As Empresas e a Onda Verde

Pode-se dizer que existe em nossa sociedade uma Onda Verde. Do ponto de vista mercadológico, a adoção de condutas baseadas nos valores de sustentabilidade representa uma boa oportunidade para as empresas. Isto por que os consumidores do mundo todo valorizam eadotam critérios embasados na sustentabilidade quando escolhem seus produtos; tendem a privilegiar empresas que são reconhecidamente responsáveis. No Brasil, este cenário é ainda mais forte, tanto que o país foi eleito como segunda nação mais preocupada com consumo consciente pela pesquisa Greendex 2009 da National Geographic Society. A partir do momento que identificaram tais tendências, asempresas procuraram se adequar aos valores de seus consumidores. São inúmeras as ações que transmitem a tão valorizada responsabilidade socioambiental – remodelações de produtos, propagandas institucionais e relatórios de sustentabilidade estão entre elas. A Unilever, por exemplo, lançou uma nova versão do seu amaciante Comfort, mais concentrado, e esta adaptação fez com que as embalagens fossemreduzidas e, portanto, plástico fosse poupado. Já o banco Santander criou uma área em seu website destinado a notícias relacionadas a sustentalibidade e divulgação de ações da empresa.

A aprovação da sustentabilidade pelos consumidores, entretanto, abriu espaço para que outras práticas relacionadas a ela se estabelecessem. Tornou-se comum encontrar empresas que fornecem uma imagem verde aoconsumidor sem que ela seja verdadeira. Muitas vezes, o produto não é confeccionado de forma sustentável mas ganha características que façam o consumidor pensar o contrário. Também é comum que empresas enalteçam sua ações de “responsabilidade socioambiental” em contra partida às atividades extremamente exploratórias que realizam; o fazem apenas com o intuito de prestar contas à sociedade. Outra práticabastante recorrente é a divulgação de notas que informam as atividades de caráter social realizadas pela empresa e o enaltecimento desses aspectos, principalmente em relatórios de sustentabilidade. Em vez de serem relatados pontos que foram positivos e também os negativos das ações, as empresas divulgam apenas os seus exitos.

Foram as informações inverídicas e inexatas por parte das empresas etodas as ações de “sustentabilidade” mal aplicadas que fizeram com que o consumidor se tornasse desconfiado. Segundo a pesquisa Akatu/Ethos 2010, que estudou a percepção do consumidor sobre a responsabilidade socioambiental das empresas, 75% dos consumidores disseram que desconfiam das informações dadas pelas empresas. Mais alarmante que isso, 44% disseram que não acreditam em qualquer informação,e 32% disseram acreditar nas informações de apenas algumas da empresa.

Início da Mudança

Visando combater tais práticas, o Conar estabeleceu normas éticas para propagandas que contenham apelo à sustentabilidade. Em entrevistas recentes, o presidente do Conar, Gilberto Leifert, alegou que as mudanças têm como principal objetivo atualizar o atual código com as tendências identificadas nos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • NEUROMARKETING E O APELO SEXUAL NA PROPAGANDA
  • Propaganda verde
  • Avaliação Propaganda Chettos- Conar
  • Reflexão
  • PROPAGANDA COMPARATIVA
  • HISTÓRICO DA REGULAMENTAÇÃO DA PROPAGANDA DE MEDICAMENTOS NO BRASIL
  • Relatório: conar – conselho nacional de auto regulamentação publicitária anúncios de empregos e oportunidades
  • Conar

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!