Reflexão crítica sobre as refrações da questão social no passado extrapolando no contexto da atualidade.

Páginas: 5 (1007 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014
1. Introdução

O presente trabalho tem como objetivo primordial refletir criticamente acerca da “questão social” e de suas manifestações, tanto no passado, quanto na atualidade. Longe de haver uma única definição, mazelas trazidas pela questão social, como a fome, violência, tráfico, subemprego, dentre infinitas outras, perpassam a história e toma novas formas.
Pretende-se tambémproblematizar a questão social junto à historicidade do Serviço Social brasileiro e abordar a importância deste, na minimização das suas manifestações.
Citações de renomados intelectuais do Serviço Social fundamentarão à referida reflexão deste trabalho.






2. Reflexão crítica sobre as refrações da questão social no passado extrapolando no contexto da atualidade.

2.1 A Questão Social

AQuestão Social tem sua ênfase no nascimento do capitalismo e conforme este se reestrutura, novas expressões da Questão Social são colocadas em pauta. Ou seja, a Questão Social é única e as suas manifestações é que poderão ser novas e serão frutos de novas necessidades, desencadeados por diversos fatores, dentre eles, a conjuntura política da época.
No Brasil, a Questão Social passou a ser timidamentereconhecida da década de 30, quando se iniciou o processo de construção dos direitos sociais como a Consolidação das Leis Trabalhistas e a criação dos Institutos de Aposentadorias e Pensões. Processo este precocemente suspenso com o regime ditatorial de 1964, marcado pelo autoritarismo político e repressão social.
Apenas na década de 80 foi retomada as lutas sociais e a Questão Social voltou a serpauta da sociedade. A Constituição de 1988 tornou-se arma para tratar as refrações da Questão Social, porém, tão logo ameaçada pela ideologia neoliberal difundida nos 90 até a atualidade, a qual resumidamente defende um Estado mínimo e a transferência das responsabilidades estatais para a sociedade civil.

2.2 Serviço Social e Questão Social

O surgimento do Serviço Social no Brasil estáintimamente ligado à Questão Social. Ainda que inicialmente, não houvesse esta compreensão, devido a um pensamento conservador dominante, fruto de uma conjuntura política, foi a partir do final da década de 70, início dos anos 80, que houve a ruptura com a ideologia conservadora, que trabalhava com a individualização e criminalização do “problema social”, baseadas no filantropismo e na repressão.Segundo Weidauer:
“Por circunstâncias sócio-históricas e institucionais determinadas pelo contexto brasileiro, e em razão do avanço analítico - orientado de forma lenta e gradual pela maturidade política, teórica e metodológica do final da década de 1970 - a “questão social” pôde, então, ser apropriada como determinante da profissão na realidade. Desvelou-se com isso o caráter social da intervençãoprofissional e o aspecto da luta de classe nos processos em que se inseriam os assistentes sociais”.

De tal forma, apesar de a questão social sempre ter sido o fundamento de trabalho do Serviço Social, o posicionamento perante suas manifestações foram modificadas a partir da década de 80. Aquilo que era tratado como “caso de polícia”, desajuste ou dificuldades do indivíduo, passou a serencarados pelo Serviço Social como reflexos de uma política despreocupada com seus cidadãos, como consequências da miserabilidade da população e da desigualdade social. Ainda segundo Iamamoto (2004):
“Importa deixar claro que a questão social não é focada exclusivamente como desigualdade social entre pobres e ricos, muito menos “situação social problema”, tal como foi encarado no Serviço Social,reduzido a dificuldades do indivíduo. O que se persegue é decifrar, em primeiro lugar, a gênese das desigualdades sociais, em um contexto em que a acumulação de capital não rima com equidade”

Na atualidade, vive-se em uma conjuntura baseada no neoliberalismo, logo, em constantes crises dos padrões produtivos, da gestão do trabalho e transformações societárias que repercutem diretamente nas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!