Reflexão acerca da obra de marcel mauss: ensaio sobre a dádiva.

Páginas: 7 (1548 palavras) Publicado: 25 de novembro de 2011
Sobre o autor
Marcel Mauss (Épinal, 10 de Maio de 1872 — Paris, 10 de Fevereiro de 1950) foi um sociólogo e antropólogo francês. É considerado como o "pai" da etnologia francesa.
Sociólogo e antropólogo foi marcante na sociologia e na antropologia social contemporânea e considerado como o pai da antropologia francesa. Sobrinho de Émile Durkheim e nascido quatorze anos mais tarde e namesma cidade, estudou com o tio e foi seu assistente, e tornou-se professor de religião primitiva (1902) na École Pratique des Hautes Études, em Paris. Fundou o Instituto de Etnologia da Universidade de Paris (1925) e também lecionou no Collège de France(1931-1939). Sucedeu o tio como editor da revista L'Année Sociologique (1898-1913), onde publicou um de seus primeiros trabalhos, com Henri Hubert,Essai sur la nature et la fonction du sacrifice (1899) e também Essai sur le don: forme et raison de l'échange dans les sociétés archaïques (1925), sua obra mais conhecida. Escreveu também numerosos artigos para periódicos especializados, especialmente os produzidos e publicados em colaboração com Henri Hubert (1899-1905) que reuniu em Mélanges d'histoire des religions (1909). Os trabalhos maisimportantes do autor, que morreu em Paris, aparecem no livro Sociologie et antropologie (1960). Entre outros trabalhos de sua autoria ganharam notoriedade La sociologie: objet et méthode (1901), Esquisse d'une théorie générale de la magie (1902), Essai sur le don (1924), Sociologie et anthropologie (1950).

Ensaio sobre a Dádiva

Marcel Mauss inicia o seu artigo intitulado Ensaio sobre aDádiva com um poema, pois o autor imagina que o mesmo servirá de epígrafe em seu trabalho. As estrofes da epígrafe indicam que os amigos devem sempre presentear-se uns aos outros, pois os que sempre trocam presentes são amigos por mais tempo; e devem sempre retribuir presente por presente. A epígrafe indica também que o fato de não se retribuir adequadamente o presente recebido, ou seja, manter aavareza, gera o medo. A primeira perspectiva é que o mercado sempre existiu e o que interessa para o autor é como a troca acontece. Ele não se contenta com exemplos das sociedades contemporâneas e sempre busca em outras.
Em muitas civilizações, os presentes se dão em forma de contratos e trocas; são de forma obrigatória, dados e retribuídos. A obra de Mauss é fruto de estudos mais vastos. Defato, ele nunca chegou a fazer trabalho de campo e deixou bem claro que não tinha a intenção escrever um livro. Escreveu somente artigos com o objetivo de incentivar seus alunos a continuarem os estudos na área da antropologia. Marcel Mauss dirige sua atenção ao mesmo tempo para o sistema contratual e para a economia de diversas sociedades consideradas primitivas.
O problema em que o autorse dedica especialmente em resolver é compreender “qual é a regra de direito e de interesse que, nas sociedades de tipo atrasado ou arcaico, faz com que o presente recebido seja obrigatoriamente retribuído?” e “Que força que existe na coisa dada que faz com que o donatário a retribua?” (p. 188). Marcel Mauss segue um método de comparação preciso, onde só estuda o seu tema em áreas determinadas eescolhidas. Essas áreas escolhidas são a Polinésia, a Melanésia, o Noroeste Americano e alguns grandes direitos. O trabalho aqui analisado é parte de uma sequência de pesquisas, que durante muito tempo já vinha sendo desenvolvida por Marcel Maus sobre as formas arcaicas do contrato.
A obra Ensaio sobre a Dádiva, defini a dádiva de modo amplo, a dádiva não inclui só presentes, bens eriquezas; mas também banquetes, crianças, danças, feiras, mulheres, ritos, serviços militares, visitas, festas, comunhões, esmolas, herança, prestações que podem ser “totais” ou “agonísticas” (neste último caso, inclui-se o potlatch dos índios do noroeste americano). Essas prestações são voluntárias, mas obrigatórias. O autor propõe-se a chamar potlatch a forma evoluída e rara dessas prestações totais....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Ensaio sobre a dádiva
  • Nota sobre marcel mauss e o ensaio sobre a dádiva
  • marcel mauss, ensaios sobre a dadiva(resumo)
  • Fichamento da segunda parte, ENSAIO SOBRE A DÁDIVA: Forma e razão da troca nas sociedades arcaicas. Da obra:...
  • Fichamento da segunda parte, ENSAIO SOBRE A DÁDIVA: Forma e razão da troca nas sociedades arcaicas. Da obra:...
  • Resumo
  • Resenha "Ensaio Sobre A Dádiva"
  • Ensaio Sobre A Dádiva

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!