Recuperação de áreas degradadas

Páginas: 11 (2554 palavras) Publicado: 19 de outubro de 2014
UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS
CENTRO DE ENGENHARIA E COMPUTAÇÃO
CURSO DE ENGENHARIA CIVIL









RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS
Estudo de Caso: Lixão Duarte da Silveira – Petrópolis/RJ






Dione Oliveira Rozalla
Jéssica Beck Blaezer
José Marcos Braga
Lucas Salomão Costa
Mariana Silva Banker Marinho







Petrópolis
2014
Dione Oliveira RozallaJéssica Beck Blaezer
José Marcos Braga
Lucas Salomão Costa
Mariana Silva Banker Marinho







RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS
Estudo de Caso: Lixão Duarte da Silveira – Petrópolis/RJ

Trabalho apresentado à Universidade Católica de Petrópolis como exigência para obtenção da aprovação parcial na disciplina Gestão da Poluição Ambiental.

Professor: Robson Luiz GaiofattoPetrópolis
2014
SUMÁRIO









































1. INTRODUÇÃO
Devido ao grande volume de lixo produzido pela população em quantidades cada vez maiores, a destinação final adequada de RSU, atualmente, é considerada como um dos principais problemas de qualidade ambiental das áreas urbanas no Brasil.
É evidente a necessidade de sepromover uma gestão adequada das áreas de disposição de resíduos, no intuito de prevenir ou reduzir os possíveis efeitos negativos ao meio ambiente ou à saúde pública. A busca de soluções tem envolvido, sobretudo, a recuperação técnica, social e ambiental de áreas de depósitos de RSU inadequadas. Metodologias de recuperação de lixões e aterros são desenvolvidas devido à necessidade de implantação demecanismos de inertização da massa de lixo objetivando o fechamento do lixão e/ou aterro ou o prolongamento da vida útil dos mesmos. Os termos lixão e aterro são intercambiáveis nesse artigo.
A transferência de conhecimento nesta temática, no âmbito da realidade brasileira, torna-se fundamental. A aplicação dessas metodologias possibilita o tratamento mais eficiente da massa de lixo e dosefluentes líquidos e gasosos, além de promover um melhor aproveitamento das áreas disponíveis para destinação final dos resíduos sólidos.
O presente artigo apresenta o estado-da-arte das técnicas utilizadas na recuperação das áreas degradadas por resíduos sólidos urbanos no Brasil e os empecilhos que desafiam os administradores públicos no desenvolvimento de uma gestão eficiente.

2. LIXÃO X ATERROSANITÁRIO
O Brasil ainda destina grande parte do lixo de forma incorreta. Dados da Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais) mostram que cerca de 1.600 municípios brasileiros destinam seus resíduos em lixões. A maior parte deles, 855, está localizada no Nordeste. O IBGE afirma que a região, junto com o Norte do país, leva mais de 80% dos seus resíduos paralixões. Todas as regiões, no entanto, vivem o problema. A Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS), instituída em 2010, prevê a extinção dos lixões no Brasil até 2014.
Os dados Abrelpe também mostram que estamos produzindo mais lixo. Em 2010, a geração de resíduos sólidos urbanos cresceu 6,8% em relação a 2009. Junto a isso, os números do IBGE não são tão animadores: apenas 27,7% dosresíduos no Brasil vão, de fato, para aterros sanitários. Mas qual é a diferença entre lixão e aterro sanitário?


Figura 1: Exemplo de lixão a céu aberto.

O lixão é um grande espaço destinado apenas a receber lixo. Isso significa que nada é planejado para “abrigar” os resíduos de forma menos agressiva ao meio ambiente. Não há tratamento para o chorume, líquido liberado pelo lixo, que contamina osolo e a água. Por lá, não é difícil encontrar ratos e insetos circulando livremente. Os resíduos ficam, literalmente, a céu aberto.
Já no aterro sanitário, o lixo é depositado em local impermeabilizado por uma base de argila e lona plástica, o que impede o vazamento de chorume para o subsolo. Diariamente, o material é aterrado com equipamentos específicos para este fim. Existem, também,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Projeto recuperação de áreas degradadas
  • recuperação de areas degradadas
  • Recuperação de áreas degradadas
  • recuperação de áreas degradadas
  • Recuperação area degradada
  • Recuperação de Áreas Degradadas
  • Recuperação de áreas degradadas
  • Recuperação de área degradada

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!