Razão

Páginas: 7 (1578 palavras) Publicado: 20 de abril de 2013
Razão na Idade Média

· Era da Razão – O que foi a Era da Razão?

ü A Era da Razão representou uma gênese no modo como o homem via a si próprio, a busca do conhecimento e o universo.
ü A Era da Razão também incluiu o período mais curto chamado de Iluminismo. Durante este tempo ocorreram grandes mudanças no pensamento científico e na exploração. Novas ideias encheram o horizonte e ohomem estava ansioso para explorá-las livremente.
ü A Era da Razão não precisa necessariamente ser vista como um ponto culminante na história do homem. O homem começou a abraçar uma crença exagerada na perfeição da humanidade com base na razão e pensamento claro, alegremente abandonando a confiança na verdade bíblica e no temor de Deus.

· Era da Razão - Racionalidade, Razão e oIluminismo

ü A Era da Razão trouxe uma grande mudança à história da trajetória do homem na terra. A razão, racionalidade e iluminação tornaram-se os novos 'deuses'
ü Agora, nesta nova era, o homem sentiu-se obrigado a seguir o seu próprio intelecto, não a verdade ‘revelada‘.

· Era da Razão - A Visão Cristã

ü A Era da Razão foi caracterizada pela rejeição de Deus.
ü O homem agora estava livrepara postular suas próprias teorias da existência e ideias sobre a Terra e a sua relação com o sol.

· Os grandes temas da Idade Média (III): A razão

ü O começo do Evangelho de São João diz taxativamente que no princípio era o verbo, o logos, e que Deus era o logos. Isso quer dizer que Deus é, em primeiro lugar, palavra, e, ademais, razão. Isso coloca vários problemas particularmenteimportantes, sobretudo a posição do homem.
ü Para Ockham, a razão será um assunto exclusivamente humano. A razão é, sim, própria do homem, mas não de Deus; este é onipotente e não pode estar submetido a nenhuma lei, nem sequer à da razão. Isso lhe parece uma limitação inadmissível do arbítrio divino.
ü Se Deus não é razão, a razão humana não pode se ocupar dele.
ü A razão volta-se para os objetos aosquais é adequada, aqueles que pode alcançar. Quais são eles? Antes de tudo, o próprio homem; em segundo lugar, o mundo, cuja maravilhosa estrutura começa a ser descoberta então: estrutura não só racional, mas matemática.
ü Vemos, pois, como toda a história da filosofia medieval, tomada em suas três questões mais profundas, a da criação, a dos universais e a da razão, conduz unitariamente paraessa nova situação com que se encontra a metafísica moderna.
§ Fonte: Julián Marías, História da Filosofia, Martins Fontes, 1ª edição, págs 147-150.

· Tomás explica: A verdade da razão natural não é contrária à verdade da fé cristã

ü Embora a supracitada verdade da fé cristã exceda a capacidade da razão humana, os princípios que a razão tem postos em si pela natureza não podem ser contráriosàquela verdade.
ü É certo que são veríssimos e que foram colocados na razão pela natureza, de modo que nem se pode cogitar que sejam falsos. Nem tampouco é permitido pensar ser falso o conteúdo da fé, já que com tanta evidência recebeu a confirmação divina. Ora, porque só o falso é contrário ao verdadeiro, o que se manifesta claramente ao se verificarem as definições de ambos, é impossível que asupracitada verdade da fé seja contrária aos princípios conhecidos naturalmente pela razão.
ü Além disso, na ciência do mestre está contido o que ele infunde na alma do discípulo, a não ser que o ensino seja fictício. Mas tal não se pode atribuir a Deus. Ora, o conhecimento dos princípios naturalmente evidentes é infundido em nós por Deus, pois Deus é o autor da natureza. Por conseguinte, essesprincípios estão também contidos na sabedoria divina. Assim também, tudo que é contrário a eles contraria a sabedoria divina e não pode estar em Deus. Logo, as verdades recebidas pela revelação divina não podem ser contrárias ao conhecimento natural.
ü Além disso, o nosso intelecto fica impedido de conhecer quando está diante de razões contrárias e, então, não pode proceder para alcançar a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • razão
  • A razão
  • Razão
  • razao
  • Razão
  • Razão
  • razão
  • Razão

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!