Racionalização industrial

Páginas: 31 (7534 palavras) Publicado: 1 de junho de 2013
RACIONALIZAÇÃO INDUSTRIAL
CRONOMETRAGEM

RAMON ITO
1

ESTUDOS DE TEMPOS (TRATAMENTO CIENTÍFICO) O estudo de tempos e movimentos é a análise dos métodos, tempos, materiais, ferramentas e instalações utilizadas ou que irão ser utilizadas na execução do trabalho, e tem por finalidade: 1. Encontrar a forma mais econômica de executar-se o trabalho. 2. Padronizar os métodos, materiais,ferramentas e instalações. 3. Determinar exatamente o tempo necessário para que uma pessoa competente realize o trabalho com um ritmo normal. 4. Ajudar a aprendizagem do operário no método novo. 1. DADOS TECNOLÓGICOS Quando do estudo de tempos, a máquina está trabalhando dentro de certas condições tecnológicas de operação, ao cronometrar não devemos aceitar essas condições como corretas, pois relativo aomaterial trabalhado, existem especificações técnicas que determinam as velocidades, rotações, avanço, corte, etc. Também o tipo de ferramentas e o material podem alterar essas condições. No momento da cronometragem o analista deve anotar a RPM utilizada, velocidade, avanço, para verificar se as condições de operações são aceitáveis. Podemos obter melhoras nas operações se as condições corretasforem introduzidas. 2. ANÁLISE DA OPERAÇÃO Completadas as anotações preliminares (nº do desenho, denominação da peça, tipo de material, descrição da operação, área, nome do empregado, DRT, dispositivo e ferramenta, etc.) na folha de análise para estudo de tempos, o próximo passo é fazer uma análise da operação. Consiste em verificar se está sendo executada de acordo com um método estabelecido e emdeterminadas condições. Aqui, porém, há vários comentários a fazer: a) Pode não existir um método: Um dos objetivos do estudo de tempos é de melhorar os métodos. O estudo pode estar sendo executado com esta finalidade específica. Neste caso, precisa-se determinar o método antes de iniciar as outras fases do estudo. b) Existe o método, mas pode ser melhorado É o mais freqüente, ao dividir uma operaçãoem seus elementos, torna-se fácil descobrir movimentos inúteis, ferramentas inadequadas e outros defeitos comuns a qualquer trabalho. Se a modificação é simples, deve-se fazer o possível para adotá-la imediatamente. c) A melhoria é viável, mas bastante complexa Neste caso é preciso prosseguir no estudo de tempos. Melhorias complexas requerem certo investimento: • Pesquisas

2

• Novosequipamentos. A gerência pode não achar oportuna a medida. Sobretudo, para poder decidir, deverá comparar o método antigo com o novo. De qualquer forma, vamos precisar do tempo do método antigo. d) Condições do ambiente e do equipamento É bastante difícil encontrar o ambiente nas condições especificadas. Mais difícil ainda é encontrar sempre a máquina funcionando de modo perfeito. Isso não significa quedevemos aceitar qualquer condição de ambiente de máquina. Porém precisa-se de uma certa elasticidade. Importante é tomar nota das verdadeiras condições encontradas durante o estudo. Com base nesta informação poderemos mais tarde, corrigir os tempos. e) Condições dos materiais. A maioria dos materiais utilizados na produção não tem características constantes. Por esse mesmo motivo a engenhariaprepara as especificações de matéria-prima. Estas permitem certas oscilações nas condições dos materiais, mas durante o estudo devemos ir ainda além. Continuamos o trabalho mesmo se observarmos a presença de materiais fora de especificações. Logicamente, isso deve representar uma exceção. Sobretudo devemos tomar nota. Até aqui não há nada de complicado. É só questão de adotar atitude cuidadosa, paranão comprometer o resultado. Se a operação obedece ao método a às condições estabelecidas, estamos prontos para prosseguir no estudo. 3. DIVISÃO DOS ELEMENTOS Um estudo, em qualquer campo de pesquisa, vale pelas informações nele contidas. Quanto mais, tanto melhor. É o que também se aplica ao estudo de tempos. Estudar o tempo da operação em seu conjunto, nada adiantaria. Precisamos de muitos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Racionalização industrial
  • Modelo Japonês
  • Racionalização
  • racionalizaçao
  • Racionalização
  • Racionalização
  • racionalizaçao
  • Racionalização

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!