Réplica

Páginas: 5 (1016 palavras) Publicado: 1 de dezembro de 2014
EXCELENTÍSSIMAO SENHOR (A) DOUTOR (A) JUIZ (A) DE DIREITO DA VARA______ CÍVEL DA JUSTIÇA SIMULADA DA UNIRITTER DE PORTO ALEGRE-RS









Processo:

AUTOR: GUSTAVO LIMA

RÉU: LEONARDO DA VINCI






LEONARDO DA VINCI já qualificado nos autos em epígrafe vem à presença de Vossa Excelência por seus procuradores signatários Renata Cecere Tybusch Marques, OAB/RS: 00.002, VitorGalvez Kussler Gutierrez , OAB/RS: 00.001, com mandato incluso (documento 01), que recebem intimações na Rua Senhor dos Passos número 100, Bairro Farroupilha, Porto Alegre, RS, CEP: 91000-360 vem perante a Vossa Excelência apresentar:



CONTESTAÇÃO


A ação de indenização por dano material movida por Gustavo Lima, em face de Leonardo da Vinci, o qual representado por seus advogadosdevidamente qualificados nos autos do processo em epígrafe, com os fundamentos expostos a seguir.



I – DAS ALEGAÇÕES DA PARTE AUTORA



Na ação de indenização por dano material o autor alega que estava caminhando pela rua de sua casa, quando fora surpreeendido por um cachorro da raça pastor alemão, o qual se encontrava solto no pátio da casa do réu. No momento em que avistou o autor, ocachorro pulou o muro da casa e feriu o autor causando-lhe lesões físicas. Em razão do acidente, o autor teve gastos que somam o montante de R$ 3.000,00 (três mil reais).
Alega ainda, que do acidente, não recebeu socorro do proprietário do cachorro, o qual também se recusou a custear o atendimento pelo hospital.
Com base nos artigos 186 do código cívil, também dispositivo 927 e outros do códigocivil, postula o autor pela procedência de seus pedidos.


III – DA REALIDADE FÁTICA


A parte autora, alega em suma, que estava andando pela rua quando foi surpreendido pelo cachorro do réu, o qual lhe atacou, gerando lesões físicas e materiais ao autor.
No entanto, tal alegação não esta permeada de veracidade, pois o presente réu se encontrava em férias com sua família na praia deXangri-lá, além disso, o réu não possui um cachorro da raça mencionada, apenas tem em sua propriedade um cão chamado Boris da raça Labrador.
Há confusão por parte do autor ao culpar o réu pelo acidente com o cachorro, eis que o animal não é de propriedade do contestante, pois em verdade a família sequer se encontrava no local.
Ainda, da alegação de que o réu não prestou-lhe os socorros devidamente,creio que impossivel praticar tal socorro, pois como já mencionado, não se encontravam na residência.
Dos fatos mencionados em petição inicial, creio que o cachorro que atacou o autor, era de rua e foi atraído pelo lixo ou por comida no pátio do réu, visto que se encontrava solto e conforme narra o próprio autor, o cachorro não viu dificuldade em pular o muro, modo pelo qual adentrou no pátio doréu e permaneceu lá, em razão de não haver ninguém para retirá-lo.
O desejo em ser indenizado pelos danos materiais do autor, não é amparado pelo ordenamento jurídico, e não deverá ser respondido pelo réu, porquanto não se vislumbra material probatório suficiente para que a responsabilidade recaia nos ombros deste.
Ademais, remetendo-se a figura juntada fl.10 (documento 02), ilustra apenas umacasa, a qual não possui nenhum cachorro da raça pastor alemão, fazendo crer assim que o animal que atacou o autor não pertence a casa do réu.
Enfim, não resta qualquer indício de culpa, não devendo assim o réu ser responsabilizado por fato alheio a sua vontade, que aconteceu em suas férias, causando-lhe grande frustração e incômodo, visto que não houve negligência por sua parte.
O que sevislumbra nos presentes autos é a tentativa de um enriquecimento sem causa, movido contra pessoa que não deve ser responsabilizada, além disso, o Poder Judiciário encontra-se sobrecarregado de ações litigiosas sem amparo verossímel assim como a presente ação movida por Gustavo Lima.
Diante disso, passo ao mérito.


IV-DO MÉRITO

Amparado o réu pelo código cívil artigo. 393, onde cita...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • réplica
  • REplica
  • Réplica
  • Réplica
  • Réplica
  • replica
  • replica
  • replica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!