QUIMICA GERAL EXPERIMENTAL

Páginas: 5 (1177 palavras) Publicado: 13 de outubro de 2013
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

IDENTIFICAÇÃO DE SOLUÇÕES




Identificar as soluções recebidas, a partir do conhecimento das regras gerais de solubilidade e de força de eletrólitos.
Universidade Federal do Paraná – UFPR
Departamento de Química





Curitiba, 2012.




Sumário
1.0 - Introdução

2.0 - Objetivos

3.0 - Materiais e Método
3.1 Materiais eMétodo
4.0 - Resultados e Discussão
4.1 Resultados e Discussão
4.2 Resultados e Discussão
5.0 - Conclusão
6.0 - Referências Bibliográficas















Introdução
As reações entre íons em soluções aquosas foram definidas por Arrhenius, em que um ácido como uma substância contendo hidrogênio que produz íons hidrogênio ( H+) em solução e uma base como uma substancia que produz íonshidróxido (OH-) em solução. A neutralização foi descrita por Arrhenius como a combinação destes íons para formar água:
H+ (aq) + OH -  H2O

Outro exemplo é o NaCl, usado nas ruas dos Estados Unidos devido a quantidade de neve por ser barato e por dissolver-se prontamente em água. Sua massa molar relativamente baixa significa que o efeito por grama é grande. Além disso, o sal é especialmenteefetivo por ser um eletrólito; ele dissolve-se para formar íons em solução:
NaCl (s)  Na+ (aq) + Cl- (aq)

As soluções não condutoras de eletricidade denominam-se não-eletrolíticas, ou soluções moleculares, como por exemplo, a água + açúcar. As soluções que conduzem eletricidade denominam-se eletrolíticas, ou iônicas, como a água + sal. As substâncias que, dissolvidas em água, constituemsoluções iônicas são chamadas eletrólitos.
NaCl  eletrólito
HCl  eletrólito




1.0

Objetivos
No laboratório foram distribuídos seis frascos com diferentes substâncias que, por sua vez, deveriam ser misturadas uma a uma, com a finalidade de identificá-las e constatar sehouve reação química ou não.


















2.0
Material e métodos
No procedimento foram utilizados 12 tubos de ensaio, e 1 ml de cada solução para formar as amostras, observando se havia diferença entre os estados inicial e final de cada mistura.
SoluçãoAparência
Cheiro
A
Incolor
Inodoro
B
Incolor
Inodoro
C
Incolor
Inodoro
D
Incolor
Cheiro forte não identificado
E
Azulada translucida
Inodoro
F
Amarelada translucida
Ovo podre


Soluções utilizadas no experimento:
1. solução aquosa de hidróxido de sódio, (NaOH); A
2. solução aquosa de carbonato de sódio, (Na2CO3); B
3. solução aquosa de ácido sulfúrico, (H2SO4); D
4. soluçãoaquosa de sulfato de cobre (II), (CuSO4); E
5. solução aquosa de sulfeto de potássio, (K2S); F
6. solução aquosa de acetato de zinco, (C4H6O4Zn); C









3.0
Reação instantânea das soluções

Solução
Características
Tubo 1
A+B
Homogênea, branca opaca, espessa, coloidal, fria, sem cheiro.
Tubo 2
A+C
Sem cheiro, um pequenoprecipitado, fria.
Tubo 3
A+D
Sem mudança a olho nu, homogênea, incolor, cheiro leve de vinagre, fria.
Tubo 4
A+E
Homogênea, azulada, translucida, sem cheiro, fria.
Tubo 5
A+F
Homogênea, branca, levemente opaca e leitosa, cheiro forte, fria.
Tubo 6
B+C
Sem mudança a olho nu, homogênea, incolor, sem cheiro, fria.
Tubo 7
B+D
Liberação de gás, incolor, sem cheiro, fria.
Tubo 8
B+EHomogênea, azul, opaca, sem cheiro, coloidal, fria.
Tubo 9
B+F
Homogênea, amarelada, translucida, cheiro de “ovo podre”, fria.
Tubo 10
C+D
Sem mudança a olho nu, homogênea, incolor, sem cheiro, fria.
Tubo 11
C+E
Azul escuro na superfície e claro no restante, heterogêneo, fria e uma espécie de coloide na superfície.
Tubo 12
C+F
Homogênea, amarelada, translucida, cheiro forte, fria....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Quimica Geral Experimental
  • Química geral experimental
  • Quimica geral experimental
  • Química Geral e Experimental II
  • relatório de quimica geral e experimental
  • Relatório de quimica geral experimental
  • Relatório Experimental de Química Geral
  • Química geral e inorgânica experimental

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!