QUEST O 1

Páginas: 9 (2036 palavras) Publicado: 23 de julho de 2015
QUESTÃO 1- A
Toda atividade
econômica gera excedentes de bem-estar para as partes envolvidas, conquanto a troca seja
voluntária. Pois bem, ao taxar uma atividade o governo impõe um grande desincentivo sobre ela, o que causa o peso morto dos imposto. O peso morto é a perda da eficiência associada a um imposto especifico, toda vez que o governo aumenta ou cria impostos, uma quantidade de trocasque antes era realizada na economia deixa de ser realizada, e é justamente essa troca que o peso morto do imposto. Por exemplo supomos que você queira lavar seu caro e aceita pagar 10 reais e supomos que encontre outra pessoa que lave por 7 reais, logo você pagará entre 7 e 10 reais. Vamos colocar que pagou 8 reais, pagou dois reais a menos aumentou seu bem estar em 2 reais e o lavador ganhou umreal a mais, os dois conseguiram um equilíbrio de bem estar em 3 reais. Agora supomos que o governo crie um imposto de 4 reais para cada carro lavado, a troca anterior seria impossível e ao invés de ganhar 3 reais o seu bem estar reduziria em 3 reais. É exatamente essa redução no bem estar que se caracteriza o peso morto. Quanto menor o numero de trocas maior o impacto negativo desse imposto sobre ocrescimento econômico a longo prazo.
.Agora Imagine uma situação de mercado livre e em equilíbrio, ou seja, a oferta se iguala à demanda, gerando uma quantidade de equilíbrio Se o governo introduzir um imposto – carga tributaria alta sobre a venda dos bens, o produtor passará a ganhar menos por unidade vendida e o consumidor passará, ao mesmo tempo a pagar mais. Isso reduz a quantidade consumida,gerando uma diferença entre a quantidade pós imposto e a quantidade de equilíbrio. Neste caso é gerada uma ineficiência. O aumento desses impostos é na pratica, uma coleta de dinheiro feita pelo governo para pagar suas contas, o cofres públicos recebem um valor que equivale a mais de um terço do que o pais produz. Esses recursos deveriam voltar para sociedade em forma de serviços públicos, porémo cidadão se sente pagando duplamente por esses serviços, em forma de tributos para o governo para que este invista no pais e ofereça os serviços essenciais aos cidadãos, mas não recebe o retorno merecido e tem de arcar com custos privados de saúde, educação, segurança etc. Assim, vamos insistir na idéia de que a alta carga tributária em um pais no caso do Brasil em especifico é mais do que oproblema em si, é efeito da má gestão dos gastos públicos, que desencadeia na população um desejo de escapar da tributação e sonegar impostos. Isto porque o cidadão sente estar pagando duplamente por serviços que deveriam ser públicos.


1-B O governo pode criar dinheiro quando quiser para suprir seus gastos e necessidades, mas alguém precisa pagar por isso, a emissão de moeda é só mais um imposto,um tipo particularmente nocivo de imposto, pela natureza regressiva e viciosa. Quando o governo emite moedas acima do crescimento nominal (PIB), os preços acabam subindo como forma de adequar o estoque de moeda circulante ao volume de bens e serviços negociados, ao aumentar a oferta de dinheiro na economia o governo desvaloriza o dinheiro no bolso do cidadão, o que desencadeia um processo deinflação. Inflação é um imposto sem lei e um mal que desorganiza todo o sistema econômico, tendo se tornado consenso mundial que ela é um mal e deve ser combatida sem tréguas. Economistas de prestígio chegam a propor que o governo e o Banco Central percam poder de emitir moeda acima do crescimento do PIB e passem a depender de autorização do Poder Legislativo. A inflação é como uma doença crônicaque, se bem controlada, permanece inerte no organismo sem se manifestar, mas que, ao primeiro descontrole, volta de maneira voraz e produz os estragos típicos de sua lógica. O fato é que a inflação não se extermina; apenas se controla. Isso exige atenção constante e combate permanente das causas. É por medo da inflação que o mundo está prestando atenção acurada nas medidas econômicas dos países...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Quest O 1
  • Quest O 1
  • Quest O 1
  • Quest O 1
  • Quest o 1
  • 1 QUEST O
  • Quest O 1
  • Quest o 1

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!