Questões de ciências humanas e sociais

Páginas: 72 (17966 palavras) Publicado: 17 de maio de 2012
REVISTA DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA V. 17, Nº 34 : 319-343 OUT. 2009

AUGUSTO COMTE E O “POSITIVISMO” REDESCOBERTOS
Gustavo Biscaia de Lacerda
RESUMO
Neste ensaio abordamos algumas pesquisas que, nos últimos dez anos ou mais, têm recuperado a obra do fundador do Positivismo, Augusto Comte. Essa recuperação consiste em perceber os trabalhos de Comte em sua inteireza e a partir de sua lógicainterna, enfatizando em particular a sua segunda grande obra, o Système de politique positive (1851-1854), e as suas contribuições para a reflexão social e política contemporânea. A fim de tornar inteligível a novidade dessas novas pesquisas, apresentamos uma das narrativaspadrão a respeito de Comte e do Positivismo – no caso, a partir dos escritos de Anthony Giddens –; além disso, fazemos umadiscussão sobre o significado da palavra “Positivismo” e as várias correntes teóricas subsumidas em tal expressão. PALAVRAS-CHAVE: Positivismo; Augusto Comte; Système de politique positive; Anthony Giddens; Círculo de Viena.

FÉDI, Laurent. 2008. Comte. São Paulo: Estação Liberdade. GRANGE, Juliette. 1996. La philosophie d’Auguste Comte. Science, politique, religion. Paris : PUF. TISKI, Sérgio. 2007. Aquestão da moral em Augusto Comte. Londrina: UEL. I. INTRODUÇÃO É mais ou menos consensual no âmbito das Ciências Sociais que a palavra “Positivismo” tem um significado negativo, assim como que já possuiu um significado positivo. Acompanhar a mudança de valoração dessa palavra é historiar uma parte importante da história das Ciências Sociais no Brasil e no mundo ao longo do século XX e início doséculo XXI. Por outro lado, o conteúdo desse “Positivismo” não é algo consensual nem muito menos preciso, variando desde a equivalência à reação política da burguesia (com Lênin) até à razão instrumental que desumaniza (com a Escola de Frankfurt); no Brasil, também são freqüentes as afirmações de que “os positivistas” estiveram na raiz do regime militar de 1964. De lambujem, afirma-se que oPositivismo Jurídico, o Comportamentalismo psicológico, o Positivismo na História são variações, ou melhor, aplicações do Positivismo original, vinculado à Filosofia e à Sociologia. Em quaisquer dessas hipóteses, a origem do “Positivismo” é atribuída ao francês Augusto Comte (1798-1857), autor dos famosos Système
Recebido em 11 de agosto de 2009. Aprovado em 30 de agosto de 2009.

de philosophiepositive (1830-1842) e Cathéchisme positiviste (1852) e dos menos famosos Système de politique positive (1851-1854), Appel aux conservateurs (1855) e Synthèse subjective (1856), além de algumas outras publicações menores e de extensa correspondência. A relação que se estabelece entre a filosofia do francês Comte – chamada de “filosofia positiva” ou “Positivismo” – e as várias correntes denominadas de“Positivismo” baseia-se em diversas possibilidades: a primeira, claro, é a identidade de nome em diversas situações; em seguida, alguns vínculos históricos (teóricos e políticos) entre eles; por fim, mera extensão ou ampliação de sentido. Além disso, a crer em alguns abalizados pesquisadores da história da Sociologia – pensamos em Anthony Giddens –, há mais continuidades que rupturas entre uma forma eoutra, sendo possível caracterizar o segundo como um prenúncio do primeiro. Essa caracterização é tanto mais incorreta quanto a influência exercida pelo “Positivismo” “filosófico” no Brasil foi enorme: basta pensar na constante referência ao lema da bandeira nacional, o “Ordem e Progresso”. Ora, passar de uma influência tal que permitiu a inscrição no pavilhão
Rev. Sociol. Polít., Curitiba, v.17, n. 34, p. 319-343, out. 2009

319

AUGUSTO COMTE E O “POSITIVISMO” REDESCOBERTOS
nacional do lema do “Positivismo” “filosófico” para a confusão corrente e a subsunção dessa “variedade” de “Positivismo” ao “intelectual” revela muito não apenas dos hábitos intelectuais brasileiros quanto indica os descaminhos da história das Ciências Sociais e da História das Idéias, de modo geral, ao...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Ciências sociais e humanas
  • Introdução às ciências sociais e humanas
  • A pesquisa em ciências humanas e sociais
  • ciencias humanas e sociais
  • Psicologia Social As ciências humanas
  • : CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS
  • ATPS
  • O investigador nas Ciências Sociais e Humanas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!