qualidade de vida de mulheres no climaterio praticantes de mat pilates

Páginas: 9 (2081 palavras) Publicado: 19 de junho de 2014
FACULDADE DO MARANHÃO-FACAM
CURSO DE ENFERMAGEM
DISCIPLINA: URGENCIA E EMERGENCIA II
PROFESSOR SUPERVISOR: MICHELLE
ALUNOS: BRUNA LARISSA; LETÍCIA REBOUÇAS, RITA DE CASSIA SAMINEZ ALMEIDA, TAMARA ANANDA, VALMIRA ALMEIDA E WENDEL CARVALHO.












RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO II












São Luís
2014
BRUNA LARISSA
LETÍCIA REBOUÇAS
RITADE CASSIA SAMINEZ ALMEIDA
VALMIRA ALMEIDA
WENDEL CARVALHO
TAMARA ANANDA







RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO II
Relatório de estágio curricular supervisionado II apresentado ao Curso de Enfermagem, para obtenção da nota na disciplina Estágio Curricular Supervisionado II sobre a atividade prática supervisionada curricular obrigatória.














SãoLuís
2014
SÚMARIO
1 INTRODUÇÃO 4
2 DESENVOLVIMENTO 6
2.1 Caracterização do campo de estágio 6
2.2 Atividades e funções desenvolvidas 6
2.3 Período de duração e carga horária do estágio supervisionado 7
2.4 Estágio Supervisionado II 8
3 CONCLUSÃO 9
BIBLIOGRÁFIA 10
ANEXOS 11

1 INTRODUÇÃO

As emergências em saúde são situações nas quais o
atendimento não pode serprotelado, devendo ser imediato.
Já as urgências são situações em que o atendimento pode
ser prestado em tempo não superior a duas horas. Por
fim, as situações não urgentes são definidas como aquelas
que podem ser encaminhadas a um pronto atendimento
ambulatorial, ou para o atendimento ambulatorial
convencional.
Um dos argumentos apresentados para a demanda
excessiva nos serviços deurgência/emergência hospitalar é
que a maior parte dos atendimentos realizados é decorrente
de problemas ‘simples’ que poderiam ser resolvidos em
serviços de atenção básica ou especializados ou, ainda,
em serviços de urgência de menor complexidade. Esse
perfil de demanda configura uma das principais portas de
entrada ao sistema de saúde e, possivelmente, revela,
entre outras coisas, distribuição desigual daoferta de
serviços, não apenas do ponto de vista quantitativo, mas,
também, qualitativo, na atenção básica, especializada e
também na hospitalar


2 DESENVOLVIMENTO
2.1 CARACTERIZAÇÕES DO CAMPO DE ESTÁGIO

Instituição: Upa do Araçagi
Endereço:
e-mail:
Telefone/Fax
Estrutura Administrativa: O Hospital Nina Rodrigues conta com setor de Urgência e Emergência com consultório médico,sala de atendimento crítico/grave, atendimento indiferenciado, atendimento pediátrico, duas salas de repouso/observação feminino e quatro sexo masculino. O setor Ambulatorial conta com clinicas básicas, especializada, indiferenciada, salas de enfermagem e outros consultórios. Possui serviços de apoio como farmácia, necrotério, S.A.M.E, serviço social, lavanderia, ambulância e serviçosespecializados como: atenção domiciliar, atenção psicossocial, fisioterapia, e reabilitação.
Nome do Supervisor Técnico: Michelle

2.2 ATIVIDADES E FUNÇÕES DESENVOLVIDAS

No primeiro dia (07/05) de estágio Curricular Supervisionado II em urgência e emergência iniciamos com o conhecimento da unidade e adaptação ao campo de estágio, observando todas suas normas, rotinas e sua estrutura física.
No dia08/05 ficamos na triagem.
No dia 12/05 uma parte do grupo ficou na triagem e outra parte na classificação de risco.
No dia 13/05 Ficamos na sala de medicação.
Nos dia 14/05 Ficamos na sala de medicação.
No dia 15/05 Ficamos na sala de medicação e outra parte do grupo ficou na sala de medicação infantil.
Dia 19/05 ficamos no setor da sala amarela, fizemos aprazamento de medicações dospacientes, visitamos pacientes na semi-intensiva UTI. Fizemos procedimentos como gasometria e aspiração de um paciente.
No dia 20/05
No dia 26/05
No dia 27/05
No dia 28/05
E dia 29/05
Assim em todos os momentos aplicamos os conhecimentos adquiridos na disciplina de urgência de emergência II baseados na eficácia da assistência de enfermagem humanizada vidando o bem estar do paciente de modo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • PERCEPÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA EM MULHERES NA FASE DO CLIMATÉRIO PRATICANTES DE MAT PILATES
  • Avaliação da qualidade de vida da mulher no climatério
  • Qualidade de vida em mulheres praticantes e ex praticantes de voleibol
  • Qualidade de vida entre praticantes de musculação e Zumba
  • qualidade de vida da mulher com IU
  • Qualidade De Vida Entre Idosos Praticantes E N O Praticantes De Atividade Fisica
  • Qualidade de vida de mulheres que tiveram filhos na adolescencia
  • EFEITO DO MÉTODO PILATES NA QUALIDADE DE VIDA EM IDOSOS

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!