Química Experimental Estequiometria

Páginas: 8 (1995 palavras) Publicado: 20 de maio de 2014
Química Geral Experimental
Departamento de Química
Autor: Vinicius Andrade

EXPERIÊNCIA
Estequiometria.
INTRODUÇÃO
Estequiometria é o cálculo da quantidade das substâncias envolvidas numa reação química. Este cálculo é feito com base nas leis das reações e é executado, em geral, com o auxílio das equações químicas correspondentes.
Nas reações químicas, as substâncias reagem entre sioriginando produtos em proporções específicas. Desse modo, é possível calcular quanto de produto será formado, ou o rendimento da reação. Se quisermos determinado rendimento, podemos também calcular quanto deverá ser utilizado de reagente.
Por meio dos cálculos estequiométricos é possível fazer essas e outras relações específicas, mas, antes de tudo, precisamos conhecer as proporções existentes entreos elementos que formam as diferentes substâncias. E essas proporções são dadas pelas fórmulas moleculares, percentuais e mínimas ou empíricas.
Além disso, a base dos coeficientes de qualquer reação são as leis ponderais:
Lei da conservação da massa – Num sistema fechado, a massa total dos reagentes é igual à massa total dos produtos (isso também equivale para as cargas presentes na reação);Lei das proporções constantes – Toda substância apresenta uma proporção em massa constante na sua composição.
OBJETIVOS
Nesse experimento será determinada a relação estequiométrica de uma reação entre o nitrato de chumbo e o iodeto de potássio, com a formação de um precipitado amarelo de iodeto de chumbo. A medida realizada para os fins estequiométricos do experimento será a altura do precipitadoformado, já que esta á diretamente proporcional à massa.

PROCEDIMENTOS
Procedimento 1:
Nesse procedimento inicial foram usados 6 tubos de ensaio, chamados tubos de Nessler (fundo chato), numerados de 1 a 6, adicionando inicialmente a cada um deles 3,0mL de solução de Pb(NO3)2 0,5 mol/L. Logo após, foram adicionados aos mesmos tubos a seguinte ordem de solução de KI 0,5 mol/L, respeitando asequência de crescimento numérico dos tubos: 1,5; 3,0; 4,0; 6,0; 9,0 e 12,0 mL. Após a adição do iodeto de potássio, mistura-se o conteúdo de cada tubo com um bastão de vidro e deixa cada um em repouso por volta de 15 minutos.
Após o repouso, é medido com a régua a altura do precipitado formado em cada tubo, anotando suas informações numa tabela, e logo após, montando um gráfico do experimento,para analisar a variação do precipitado em função do volume de KI adicionado.
Procedimento 2:
Nesse segundo procedimento é montado uma nova tabela, contendo as quantidades de matéria dos reagentes e produtos antes e depois da reação realizada na atividade prática. Após a montagem da tabela, é respondido um questionário sobre ela, procurando demonstrar e explicar o acontecido e os resultadosobtidos, comparando assim o experimento feito com as contas realizadas.








RESULTADOS E DISCUSSÃO
Resultados:
Procedimento 1:
A adição da solução de KI numa solução de Pb(NO3)2 provoca uma reação química com formação de um precipitado. Sua reação química balanceada é:
Pb(NO3)2 (aq) + 2 KI (aq) → PbI2 (s) + 2 KNO3 (aq)
O precipitado formado, PbI2, chamado iodeto de chumbo, é formadode pequenos cristais amarelos.
Em cada tubo nesse procedimento foi adicionado 3,0 mL de solução de Pb(NO3)2 e depois adicionado um valor de mL de solução de KI, seguindo a lógica da tabela abaixo, que também contém as informações da altura do precipitado em cada tubo, com suas incertezas de medida, após cerca de 15 minutos depois do início da reação.









Usando a tabela, foi montadoum gráfico que mostra a variação da altura do precipitado em função da quantidade do volume de solução de KI adicionada aos tubos:


Procedimento 2:
Usando os valores usados no procedimento 1, foi montada uma nova tabela, que procura analisar a estequiometria esperada da reação do experimento em cada um dos tubos, mostrando a quantidade usada de reagentes e a quantidade formada de produtos....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Quimica experimental ufmg estequiometria
  • Quimica experimental ufmg estequiometria
  • Estequiometria
  • Quimica Estequiometria
  • Química
  • Quimica experimental
  • Quimica Experimental
  • Quimica experimental

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!