PUCFichamento do texto “O Poder Social” (capítulo 1), do livro “Elementos de Teoria Geral do Estado”, de Dalmo de Abreu Dallari

Páginas: 6 (1379 palavras) Publicado: 9 de maio de 2015
PUC - Direito

Fichamento do texto “O Poder Social” (capítulo 1), do livro “Elementos de Teoria Geral do Estado”, de Dalmo de Abreu Dallari

O poder é considerado por muitos como o centro de todos os estudos sociais. Independente da época da história da Humanidade ou do grupo humano que se queira conhecer, será sempre indispensável que seja dada uma atenção especial atenção ao fenômeno dopoder. Porém, pelo fato de tal fenômeno ocorrer em circunstâncias variáveis, surge uma dificuldade em chegar-se a uma tipologia de poder. Em razão disto, é possível propor algumas características gerais para que se chegue a uma noção mais ou menos precisa do poder. A primeira característica denomina-se sociabilidade, significando que o poder é um fenômeno social que não pode ser explicado, em qualquercircunstância que seja, pela simples consideração de valores individuais. Outra característica é a bilateralidade, indicando que o poder é sempre a correlação de duas ou mais vontades, havendo uma que predomina e a outra que subordina-se a tal. Além disso, é possível considerar o poder a partir de dois aspectos: relação, ou seja, quando ha o isolamento artificial de um fenômeno para efeito deanálise; ou processo, que caracteriza-se por estudar a dinâmica do poder.

Por outro lado, existem teorias e autores que negam a existência de um poder na sociedade e apesar de apresentarem fundamentos diferentes e adotarem comportamentos diversos, podem ser agrupados pelo fato de apresentarem um ponto em comum, são os chamados de anarquistas, que propõem as seguintes características: convivência coma natureza de forma pacifica, sem a preocupação de obter bens, respeitar convenções ou submeter-se às normas ou às instituições sociais; importância ao prazer individual; necessidade de igualdade entre as pessoas, resultando em uma fraternidade social e crença na bondade fundamental do homem, que só foi corrompida pela coação do poder.

Obras de Santo Agostinho, como “Da Cidade de Deus”, surgemcomo a expressão mais avançada de anarquismo cristão, e a partir de então a idéia de que a Igreja deveria assumir um poder de fato, com o objetivo de formação de um Estado único em que toda a humanidade fosse cirstã, começou a se consolidar.

Outra manifestação anarquista, porém de pouca expressão prática, é o designado anarquismo cátedra, que encontra-se na obra de Léon Duguit, e caracteriza-sepor ser aquele que adimite o poder apenas como fato e superioridade, mas nega sua legitimidade, e assim a diferenciação entre o povo e o Estado, sendo este que detém o poder, se deve somente a necessidades circunstanciais, como segurança e crença. Desse modo, tal diferenciação pode ser resumida à teorias religiosas, que por causa da crença possuem uma influência sobre os fiéis, detentores de umsentimento mítico e à teorias econômicas, que usam a economia para deter o poder. Sendo assim, afirma que o poder não é algo obrigatório na sociedade, uma vez que os próprios indivíduos têm em si sentimentos de justiça e sociabilidade, de modo a consolidar a solidariedade entre si.

Entretanto, o antecedente teórico mais próximo do anarquismo encontra-se na obra de Willian Godwin, em que o autoringlês enxerga a autoridade política e a propriedade privada como algo ruim e que somente com o fim destas, o homem será capaz de voltar em seu estado natural de justiça intuitiva. Max Stirner, argumenta que o mais importante é o individuo e que o Estado limita e reprime a população, obrigando-o a agir em prol do coletivo. Tendo isso em vista, pode-se dizer que o terrorismo e a insurreição sãoconsiderados justos, uma vez que buscam eliminar as injustiças cometidas pelo Estado.

Muito maior importância prática do que os antecedentes supracitados, teve Pierre Proudhon, que foi o primeirp a adotar a denominação de anarquismo. Além de ser contra a privatização, , considera o poder político um mal em si mesmo, por envolver a abdicação da razão e da independência. Outro anarquista de grande...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Subcapítulo Poder Social, do livro Os Elementos da Teoria Geral do Estado, Dalmo Dallari
  • Dalmo De Abreu Dallari
  • Resumo do livro Elementos de Teoria Geral do Estado
  • Resenha capítulo ii elementos de teoria geral do estado de dalmo de abreu dallari
  • Elementos de teoria geral do estado (dalmo de abreu dallari) livro
  • Elementos da Teoria Geral do Estado
  • Fichamento: DALLARI, Dalmo Abreu; Elementos da Teoria Geral do Estado
  • Dalmo de Abreu Dallari

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!