Psicopedagogia

Páginas: 6 (1355 palavras) Publicado: 1 de junho de 2013
1

O BRINCAR E SUA FUNÇÃO NA INTERVENÇÃO PSICOPEDAGÓGICA EM INSTITUIÇÕES ESCOLARES: O QUE DIZEM OS PSICOPEDAGOGOS? DIOGO SÁ DAS NEVES Introdução A Psicopedagogia compromete-se primordialmente com o sistema educativo, relativo às dificuldades de aprendizagem, buscando levar o educando a integrar-se, respeitando sua individualidade. O presente artigo propôs verificar a opinião dos psicopedagogosinstitucionais em relação à relevância da utilização das brincadeiras nos processos de intervenções psicopedagógicas no contexto escolar, abordando a brincadeira como um instrumento facilitador na intervenção aplicada aos alunos que apresentam dificuldades na aprendizagem. A pesquisa científica em questão surgiu através da necessidade de se analisar as contribuições que as atividadeslúdico-pedagógicas possam oferecer nos trabalhos de intervenções psicopedagógicas. A importância da referida pesquisa reside em viabilizar uma analise voltada ao ambiente de aprendizagem focalizando a temática lúdica como um meio de intervenção sobre as circunstâncias que possam ocorrer nos procedimentos de ensinoaprendizagem. O objetivo geral do presente trabalho monográfico é verificar a opinião dospsicopedagogos acerca da importância do brincar nas intervenções psicopedagógicas no contexto escolar e os objetivos específicos é: identificar as opiniões dos psicopedagogos acerca da importância do brincar; investigar os fatores que as brincadeiras propiciam ao desenvolvimento cognitivo da criança no âmbito escolar; caracterizar as contribuições que o brincar proporciona às intervenções psicopedagógicasna instituição escolar; identificar os fatores relevantes que o brincar encaminha nas relações existentes entre o aluno e o conhecimento. Referencial Teórico BRINCAR: PERSPECTIVAS TEÓRICAS QUE EMBASAM SUA PRÁTICA NO ÂMBITO ESCOLAR

2

O brincar tem uma história, uma origem e desenvolvimento que começa nas primeiras relações entre mãe e bebê, ressaltando, ainda, a importância de ser visto,reconhecido e respeitado na própria singularidade, evoluindo do brincar sozinho para o brincar compartilhado, e deste para as experiências culturais. A brincadeira pode até ser considerada uma atividade que não é levada a sério por alguns adultos e até mesmo por alguns agentes educativos, contudo buscamos alguns teóricos que fundamentam esta prática como um dos principais suportes no progresso daaprendizagem. Dentre as contribuições sócio-interacionistas suscitadas por Vigotsky para a aprendizagem como a mediação e a Zona de Desenvolvimento Proximal (ZDP), o brincar se faz presente nesta gama de conhecimentos. Oliveira (1993) afirma que Vigotsky trabalha com o brinquedo e que para ele, o brincar é também um domínio da atividade infantil que estabelece claras relações com o desenvolvimento. Aautora dá continuidade apresentando que:
Comparada com a situação escolar, a situação da brincadeira parece pouco estruturada e sem uma função explícita na promoção de processos de desenvolvimento proximal na criança, tendo enorme influencia em seu desenvolvimento (OLIVEIRA, 1993, p. 65- 66).

Especificamente

Vigotsky

aponta

a

importância

do

brincar

como

auxilio

nodesenvolvimento, focando a brincadeira de “faz-de-conta”. Para comprovar essa concepção, Oliveira (1993) em seu livro descreve o seguinte trecho:
Quando Vigotsky discute o papel do brinquedo, refere-se estritamente à brincadeira de faz-de–conta, como o brincar de casinha, brincar de escolinha, brincar com um cabo de vassoura como se fosse um cavalo. Faz referência a outros tipos de brinquedo,mas a brincadeira de faz-de-conta é privilegiada em sua discussão sobre o papel do brinquedo no desenvolvimento (OLIVEIRA, 1993, p. 66).

Segundo Vigotsky (apud REGO, 2008) a Zona de Desenvolvimento Proximal é um fator importante para o aprendizado. Ao formular a ZDP, ele mostrou que o bom ensino é o que

3

estimula o estudante a atingir um nível de compreensão e habilidade que ainda que...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • psicopedagogia
  • Psicopedagogia
  • psicopedagogia
  • PSICOPEDAGOGIA
  • Psicopedagogia
  • Psicopedagogia
  • Psicopedagogia
  • psicopedagogia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!