psicologo

Páginas: 25 (6047 palavras) Publicado: 20 de outubro de 2014
1523

Technology of relations as device of humanized attendance
in basic attention to health in the perspective of access,
sheltering and attachment

Márcia Oliveira Coelho 1
Maria Salete Bessa Jorge 2

1

Centro de Saúde da
Família Roberto da Silva
Bruno, Prefeitura
Municipal de Fortaleza.
Avenida Borges de Melo
910, Nossa Senhora de
Fátima. 99999-999
Fortaleza CE.coelho.moc@oi.com.br
2
Departamento de Saúde
Pública, Universidade
Estadual do Ceará.

Abstract To health workers and users the technology of relations as a device of humanized attendance
in basic attention, highlighting the categories access, sheltering and attachment can present diverse
meanings and have a subjective nature to treat with
each one of different interests of subjects involved inconstruction of health. Thus, the objective of this
research is to discuss how users and workers notice
the access, sheltering and attachment as soft technology in basic attention in city of Fortaleza, Ceará
State. The research has a descriptive nature, focusing on qualitative analysis, having as theoretical
basis the soft technology in attention to health. The
data were collected in the contextof twelve focal
groups with 70 workers of Basic Units of Family
Health and clinical interview with 30 users. To analyze the data, it was followed the technique of thematic categorical content. The results suggested that
technologies of relations in actions of health indicate the need of respect, effective relations in work,
resolutivity in attendance, access to information
among staffmembers and among these and users.
Key words Technology of relations, Actions of
health, Basic attention

Resumo Para os trabalhadores da saúde e usuários,
a tecnologia das relações como dispositivo do atendimento humanizado na atenção básica, destacando-se as categorias acesso, acolhimento e vínculo,
podem apresentar significações diversas e ter uma
natureza subjetiva no lidar com cada um dosdiferentes interesses dos sujeitos envolvidos na construção da saúde. Assim, esta pesquisa tem por objetivo
discutir como os usuários e trabalhadores percebem
o acesso, acolhimento e vínculo como tecnologia leve
na atenção básica do município de Fortaleza (CE).
A pesquisa é de natureza descritiva, com enfoque de
análise qualitativa, tendo como base teórica a tecnologia leve na atenção à saúde.Os dados foram
colhidos no contexto de doze grupos focais com setenta trabalhadores das Unidades Básicas de Saúde
da Família e entrevista clínica com trinta usuários.
Para análise dos dados, seguiu-se a técnica de análise de conteúdo categorial temática. Os resultados
sugerem que as tecnologias das relações nas ações de
saúde indicam a necessidade de respeito, relações
efetivas no trabalho,resolutividade no atendimento, acesso às informações entre os membros da equipe e entre estes e os usuários.
Palavras-chave Tecnologia das relações, Ações de
saúde, Atenção básica

TEMAS LIVRES FREE THEMES

Tecnologia das relações como dispositivo
do atendimento humanizado na atenção básica à saúde
na perspectiva do acesso, do acolhimento e do vínculo

Coelho MO, Jorge MSB

1524Introdução
Na atenção básica do município de Fortaleza (CE),
o Programa Saúde da Família surge como uma
estratégia de reorientação do modelo de saúde até
então vigente, caracterizado pela atenção individual, médico-centrado e hospitalocêntrico. Nessa estratégia, o foco da atenção é direcionado à família
de um determinado território social. O programa
propõe, ainda, uma mudança na organizaçãodo
trabalho, que deve ser construído baseado em equipe, visando práticas mais resolutivas e integrais,
tomando como eixo condutor o modelo de vigilância à saúde. Essa mudança, concebida para a
recondução da lógica assistencial, deve superar as
intervenções voltadas para a cura individual, orientando, para tanto, o uso da epidemiologia como
eixo estruturante das ações coletivas1, 2.
Nesse...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Psicologo
  • Psicológo
  • psicologo
  • psicologo
  • psicologo
  • Psicologo
  • Psicologo
  • Psicologo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!