psicologia

Páginas: 10 (2450 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014
Texto I - A prática da psicologia da saúde
 A Psicologia da Saúde é uma área recente, desenvolvida principalmente a partir da década de 70, cujas pesquisas e aplicações, respectivamente, visam a compreender e atuar sobre a inter-relação entre comportamento e saúde e comportamento e doenças. (Miyazaki, Domingos & Caballo, 2001; Barros, 2002).
 A Psicologia da Saúde não está interessadadiretamente pela situação, que cabe ao foro médico.
 Seu interesse está na forma como o sujeito vive e experimenta o seu estado de saúde ou de doença, na sua relação consigo mesmo, com os outros e com o mundo. Objetiva fazer com que as pessoas incluam no seu projeto de vida, um conjunto de atitudes e comportamentos ativos que as levem a promover a saúde e prevenir a doença, além de aperfeiçoartécnicas de enfrentamento no processo de ajustamento ao adoecer, à doença e às suas eventuais consequências (Barros, 1999).
 Psicologia da Saúde busca compreender o papel das variáveis psicológicas sobre a manutenção da saúde, o desenvolvimento de doenças e seus comportamentos associados. Além de desenvolver pesquisas sobre cada um desses aspectos, os psicólogos da saúde realizam intervenções com oobjetivo de prevenir doenças e auxiliar no manejo ou no enfrentamento das mesmas.
 O termo "psicologia da saúde" tem sido utilizado para denominar o conjunto de atividades exercidas por profissionais da área de psicologia no campo da saúde, não somente nas formas de assistência e pesquisa, mas também na forma de ensino.
 Trindade e Teixeira (1998, 2002) afirmam que o domínio da Psicologia daSaúde diz respeito ao papel da Psicologia, como ciência e como profissão, nos campos da saúde e da doença, incluindo as saúdes física e mental e abrange todo o campo da Medicina, mas ultrapassando-o ao levar em conta os fatores sociais, culturais e ambientais relacionados com a saúde e com a doença, uma vez que as significações e os discursos sobre a saúde e as doenças são diferentes consoantes com oestatuto socioeconômico, o gênero e a diversidade cultural.
 Dessa forma a área se distingue da Psicologia Clínica por compreender o comportamento no contexto da saúde e doença. Embora possa ser importante distinguir saúde mental e física, a Psicologia da Saúde focaliza principalmente os aspectos físicos da saúde e doença e os modelos empregados em saúde mental nem sempre são os mais indicados(Kerbauy, 2002).
 Historicamente, a Psicologia da Saúde começou com um grupo de trabalho em 1970, na American Psychological Association (APA), e, em 1978 foi criada a divisão 38, chamada Health Psychology, em
 A Medicina Psicossomática é a especialidade médica das enfermidades etiologicamente determinadas por fatores emocionais, suscetíveis de compreensão psicanalítica desde que adequadamenteinterpretados os conflitos inconscientes específicos (Eksterman, 1975). Explicar os determinantes psicológicos dos sintomas corporais tem sido o principal objetivo daqueles que se dedicam à Medicina Psicossomática.
 O conceito de Psicossomática integra três perspectivas: a doença com sua dimensão psicológica; a relação médico-paciente com seus múltiplos desdobramentos; a ação terapêutica voltadapara a pessoa do doente, este entendido como um todo biopsicossocial.
 A Psicologia Médica é o braço clínico da concepção psicossomática original, com uma diferença fundamental: a Psicossomática estuda as relações mente-corpo e seu foco é a patogenia, enquanto a Psicologia Médica estuda as relações assistenciais e seu foco é a terapêutica. O primeiro ressalta a questão diagnóstica e o segundo, aatuação clínica.
 A Psicologia Médica tem como principal objetivo de estudo as relações humanas no contexto médico. A compreensão do homem em sua totalidade, no seu diálogo permanente entre mente e corpo, na sua condição biopsicossocial é fundamental para a Psicologia Médica (Muniz & Chazan, 1992).
 A Medicina Comportamental é uma área do conhecimento relacionada às ciências da saúde, que...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Psicologia ou as psicologias
  • A psicologia ou as psicologias
  • A psicologia ou as psicologias
  • A PSICOLOGIA OU AS PSICOLOGIAS
  • A psicologia ou as psicologias
  • Psicologia ou psicologias
  • A psicologia ou as psicologias
  • A psicologia ou as psicologias.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!