Psicologia Social (grupos sociais)

Páginas: 8 (1992 palavras) Publicado: 22 de outubro de 2014
Observação de Grupo
Lara Silva Nogueira
Nicole Limongi Lobo
Ms. Jociane Sobreira Lessa
Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Goiânia, 2013
Observação de Grupo
Lara Silva Nogueira
Nicole Limongi LobôPontifícia Universidade Católica de Goiás
Trabalho apresentado ao Departamento de Psicologia da PUC Goiás como requisito parcial para a disciplina Psicologia Social III ministrada pelaProfessora Jociane Sobreira Lessa.
Goiânia, 2013
Observação de um Grupo de Jovens
Lara Silva Nogueira
Nicole Limongi LobôProf. ª Jociane Sobreira Lessa
Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Segundo Mailhiot (1991), Lewin apresenta os conceitos de maioria e minoria psicológica. Sendo o primeiro relacionado a um grupo que possui estatutos e direitos que permitem se auto-determinar.Contrapondo-se ao conceito de minoria psicológica, em que seu destino é determinado não por eles próprios, mas por outro grupo, não possuindo direitos totais. O autor ainda, desenvolve termos como minoria discriminada, ou seja, dependente de um grupo majoritário e minoria privilegiada dotadas de privilégios exclusivos, controlando e manipulando uma maioria psicológica a seu favor.
Lewin, citado porMailhiot (1991) distingue sócio e psicogrupos, ou seja, aqueles que voltam sua dinâmica inteiramente para a realização de tarefas e outros que procuram o desenvolvimento de seus próprios membros. Ainda segundo Lewin, pode-se classificar a figura do líder como autoritário, em que todas as decisões são tomadas sem o questionamento dos membros; democrático, em que a liderança é descentralizada da figurado líder e há um intercambio entre o líder e o grupo, assim como a participação ativa dos membros nas questões expostas; laissez-faire se caracteriza por assumir parte da direção do grupo, delegando ao mesmo sua auto-estruturaçao.
O grupo em Sartre está em um processo de dialética, ou seja, sempre em um movimento inacabado em que a totalização não é realizada. Segundo Sartre citado por Lapassade(1983) o grupo está em uma tensão permanente entre a serialização, que seria a massificação, e a totalização. Segundo Rosenfeld (s/d), na serialidade o homem aparece como substituível, o individuo possui um caráter de coisa o que expressa a alienação deste. O movimento pelo qual o grupo se institui na luta contra a serialidade e a alienação é o que Sartre, citado por Rosenfeld (s/d) define comopráxis grupal. A práxis do grupo é então o processo pelo qual o homem busca sair da alienação, modificando-se e modificando o meio.
Para que o grupo aconteça, Sartre citado por Lapassade (1983), define momentos em que o grupo se encontra. O primeiro deles é a fusão que é o início da tomada de consciência, em que uma certa quantidade de pessoas se reúne. O segundo momento é o juramento, segundoRosenfeld (s/d) esse passo exige um maior comprometimento com o grupo. Trata-se de aceitar os compromissos e regras do grupo e funcionar como tal. O terceiro momento é a organização segundo Lapassade (1983) é quando se fundamenta o juramento e se pode verdadeiramente falar em grupo. É a tomada de consciência reflexiva da unidade prática do grupo, com uma perspectiva definida do objetivo a serperseguido em que se assume tarefas. Após a organização Sartre apresenta o conceito de Fraternidade – Terror que segundo Rosenfeld (s/d) é quando há um controle das possibilidades de fuga, de desvios, de deixada do grupo e então este começa a tomar formas mais duras para conservar o grupo e não voltar a serialidade. A partir do momento em que o grupo cresce e vai assumindo uma diversidade de tarefas,torna-se necessário a separação e a especialização acontece a institucionalização. Nesse momento surge a possibilidade de volta a serialidade.
A teoria grupal também é trabalhada por outros autores, de acordo com Calderon e De Govia (1973) o grupo pode gerar tanto bens tangíveis quanto bens intangíveis, ou seja, os membros não se relacionam apenas com o objetivo de produzir tarefas e materiais...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • TRABALHO PSICOLOGIA GRUPOS SOCIAIS
  • Os grupos na psicologia social
  • Grupos- Psicologia social
  • Psicologia social psicologia aplicada a grupos e processo de comunicação
  • grupos sociais e instituições sociais
  • Isolamento social e grupos sociais
  • Grupos Sociais e organização social
  • GRUPOS SOCIAIS

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!