Psicologia Jurídica

Páginas: 8 (1884 palavras) Publicado: 1 de junho de 2014

Universidade do Sul de Santa Catarina
Unisul
Psicologia




Psicologia Jurídica
Atuações nas áreas




Palhoça
10/04/2014

Joana Muller
Karine Valdrich Ferreira
Larissa Martins




Psicologia Jurídica
Atuações nas áreas

Como sé da à prática, principais grupos atendidos, implicações éticas, mercado de trabalho na área, relações com políticas públicas , cursos eformações para atuação na área.

Deise
Atuação Profissional em Psicologia


Palhoça
10/04/2014

Sumário

Introdução...................................................................................................... 4
Como se dá a pratica..................................................................................... 5
Principais gruposatendidos........................................................................... 6
Implicações éticas.......................................................................................... 9
Mercado de trabalho na área.......................................................................... 10
Cursos e formações para atuação na área..................................................... 12
Consideraçõesfinais....................................................................................... 13
Referências...................................................................................................... 14












Introdução

A Psicologia Jurídica é um dos ramos da Psicologia que mais cresceram nos últimos anos. A Psicologia Jurídica é uma área da Psicologia que trabalha questões do mundo jurídico, emmuitos países o termo é conhecido como Psicologia Forense, onde os profissionais trabalham em tribunais, auxiliam juízes, promotores e até mesmo policiais em casos em que abrange o Direito. No Brasil é chamado de Psicologia Jurídica. Essa área apresenta muitos grupos para serem atendidos, como em varas das famílias, justiça do trabalho entre outros.














Como se dá aprática

Primeiramente vamos entender o que significa Direito e Psicologia para explicar atuação das duas profissões juntas:
Direito: Conjunto de normas obrigatórias que garante a convivência social. Também classificado como fato ou fenômeno social.
Psicologia: É a ciência que estuda o comportamento dos seres humanos e seus processos psíquicos. Estuda o comportamento, atos e reações, sentimentos,emoções, atitudes, pensamentos, percepções, etc.
O termo Psicologia Jurídica foi criada para nomear o relacionamento da ciência psicológica com o sistema judiciário. A psicologia jurídica é a área da psicologia que está em correlação com o Direito, tanto nas questões teóricas como práticas. No Brasil, o termo Psicologia Jurídica é o mais adotado. Entretanto há profissionais que preferem adenominação Psicologia Forense. O termo forense nos leva a idéia de fórum, tribunal, já a palavra “jurídica” da um sentindo mais amplo dos conhecimentos do Direito. Assim, a palavra “jurídica” refere-se tanto aos procedimentos ocorridos nos tribunais, quando aqueles que são de interesse do jurídico ou do Direito. O objetivo da Psicologia Jurídica é contribuir para um melhoramento do Direito.Principais Grupos atendidos
 
Os Psicólogos Jurídicos podem atuar em diversos locais como:

*Varas de Família: em processo de separação e alienação parental. A atuação do profissional de psicologia é basicamente auxiliar o juiz a resolver conflitos familiares, casos de adoção, entre outros. No caso de disputa da guarda dos filhos, por exemplo, o psicólogo é quem faz todo o estudo dodesenvolvimento da criança e da família. Lidar com esse caso é muito difícil, pois envolve a saúde e bem estar de uma criança. O psicólogo também auxilia em casos de guarda compartilhada e programação de visitas. Na parte de adoção, o psicólogo faz toda analise da criança que pretende ser adotada e da família que pretende adotar. Em processos de separação de casais, a atuação do psicólogo se dá...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Psicologia juridica
  • Psicologia juridica
  • Psicologia Jurídica
  • psicologia juridica
  • Psicologia Juridica
  • Psicologia jurídica
  • Psicologia Juridica
  • psicologia juridica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!