Psicologia Jurídica

Páginas: 4 (793 palavras) Publicado: 28 de novembro de 2013
PSICOLOGIA JURÍDICA

Responda às perguntas abaixo, com base no texto: A Relação entre Psicologia e a Justiça: Uma visão histórica.


01- Em que contexto histórico surgiu a Psicologia Jurídica?A Psicologia Jurídica surge nesse contexto, em que o
psicólogo coloca seus conhecimentos à disposição do juiz (que irá exercer a função julgadora), assessorando em aspectos relevantes paradeterminadas ações
judiciais, trazendo aos autos uma realidade psicológica dos agentes envolvidos que ultrapassa a literalidade da lei, e que de outra forma não chegaria ao conhecimento do julgador por setratar de um trabalho que vai além da mera exposição dos fatos; trata-se de uma análise aprofundada do contexto em que essas pessoas que acorreram ao Judiciário (agentes) estão inseridas. Essa análiseinclui aspectos conscientes e inconscientes,
02– Quais foram as mudanças ocorrida na Psicologia Criminal, a partir do séc. XIX ?
A partir do final do século XIX, a Psicologia Criminal começou a serdona do seu próprio destino. Suas investigações realizaram-se com mais freqüência e como um maior rigor metodológico. A Alemanha foi o país que mais se destacou. Gross fundou o Archiv fürKriminalantropologie und Kriminalistik, abreviadamente conhecido como Gross’Archiv. Com mais de noventa volumes, é considerado um autêntico tesouro para a criminologia e, em muitos aspectos, para a PsicologiaCriminal. Aschaffenburg, seguido o exemplo de Gross, em 1904, publicou uma revista que contém igualmente
uma grande quantidade de material de interesse para a Psicologia Criminal, assim como estudos decasos separados.

03– De acordo com Mira Y Lopes, como se constitui o caráter na dinâmica de personalidade?
De acordo com Mira Y Lopez (2008), os fatores herdados que influenciam o modo de reação dapessoa, são a constituição corporal, o temperamento e a inteligência. Segundo ele, quanto à constituição corporal, a reação de um homem corpulento difere da de um homem magro e baixo, assim como, uma...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Psicologia juridica
  • Psicologia juridica
  • psicologia juridica
  • Psicologia Juridica
  • Psicologia jurídica
  • Psicologia Juridica
  • psicologia juridica
  • Psicologia juridica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!