Protozoários e Protozooses

Páginas: 7 (1564 palavras) Publicado: 21 de agosto de 2014
Reino Protista:

Os Mastigóforos:

O filo Mastigophoroa ou Flagellata (mais recentemente denominado Zoomastigina) é formado pelos protozoários portadores de flagelos (mastigo ou flagelo = chicote). Flagelos são filamentos que aparecem em número variável, geralmente de um a quatro, embora alguns parasitas apresentem um número maior. O flagelo funciona tanto na locomoção como na captura dealimento.

Os mastigóforos são considerados os protozoários mais primitivos e é provável que tenham surgido de algas unicelulares que perderam os cloroplastos. Reproduzem-se por divisão binária e a maioria tem vida livre na água; outros são parasitas, causando doenças. Mas há também aqueles que formam associações em que ambos os indivíduos lucram. Este tipo de associação é chamado mutualismo eocorre, por exemplo, nos protozoários do gênero Triconympha. Estes protozoários vivem no intestino do cupim e fazem a digestão da celulose ingerida pelo inseto.

Vejamos algumas doenças causadas no homem por protozoários flagelados.

Doença de Chagas: Assim chamada em homenagem ao cientista brasileiro Carlos Chagas (1879-1934), o descobridor do ciclo da doença. Provocada pelo Trypanosoma cruzi("cruzi" referese ao cientista Oswaldo Cruz), é transmitida por percevejos triatomíneos (Triatoma infestans, Panstrongylus megistus e outras espécies), conhecidos usualmente como barbeiro, chupança, procotó ou bicho-de-parede. O barbeiro contrai o protozoário de animais silvestres (chamados reservatórios naturais), como o tatu, o gambá e o macaco, ou de um homem portador da doença. O protozoário saipelas fezes do barbeiro (o inseto defeca ao sugar o sangue do indivíduo), penetrando no orifício deixado pela picada, ou na ferida feita quando o indivíduo se coça. Primeiramente, aloja-se na pele, onde perde o flagelo e se reproduz por divisão binária. Os indivíduos resultantes dessas divisões dirigem-se, através do sangue, a outros órgãos (coração, fígado, etc.), provocando lesões. O doente podemorrer por insuficiência cardíaca.

O ciclo da Doença de Chagas. Imagem retirada da página: w.csjose.com.br

O barbeiro encontra seu ambiente ideal para reprodução e abrigo nas frestas das paredes de casas de pau-a-pique (casas construídas com barro socado sobre uma armação de varas e troncos), de onde sai à noite para se alimentar de sangue. Portanto, para erradicar a doença é necessáriocombater o barbeiro com inseticidas e substituir essas moradias por casas de alvenaria. Isto significa que somente criando condições de habitação decente é que se pode eliminar uma doença que atinge cerca de 12 milhões de brasileiros, principalmente a classe mais pobre.

Barbeiro. Imagem retirada da página: http://www.plenarinho.gov.br/noticias/imagens/barbeiro_interna.jpg

É necessário tambémfiscalizar bancos de sangue, já que o tripanossomo pode ser transmitido por transfusões de sangue. Outra forma de transmissão ocorre quando mães contaminadas passam o parasita para o filho através da placenta. Doença do sono: É provocada por outra espécie de tripanossomo, o Trypanosoma brucei, com duas subespécies: Trypanasoma brucei gambiense e Trypanosoma brucei rhodesiense. Ambos são transmitidospela picada de uma mosca, a Glossina palpalis ou tsé-tsé.

Glossina palpalis ou tsé-tsé. Imagem retirada da página: http://www.futurasciences.com/fr/comprendre/dossiers/doc/t/medecine-1/d/maladie-dusommeil-terrible-fleau-pour-lafrique_664/c3/221/p4/

O protozoário invade o sistema nervoso, provocando uma sonolência contígua e um enfraquecimento do corpo que acaba levando à morte. A doençaocorre na África e não existe no Brasil. Leishmaniose tegumentar americana: Também conhecida como úlcera de Bauru; é causada pelo protozoário flagelado Leishmania braziliensis. A doença transmite-se pela picada de mosquitos fêmeas do gênero Lutzomyia e conhecidos como mosquitos-palha, corcundinhas ou biriguis.

A Leishmania braziliensis e o mosquito – palha, transmissor da leishmaniose. Imagens...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Protozoose
  • Protozooses
  • Protozooses
  • Protozoose
  • Protozooses
  • protozooses
  • Protozooses
  • Protozooses

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!