Protoformas do serviço social

Páginas: 5 (1085 palavras) Publicado: 18 de maio de 2013
O Serviço Social no Brasil surge a partir da eclosão da questão social

As bases para sua implantação deu-se a partir do reconhecimento das tensões sociais, oriundas do
agudizamento da questão social nas décadas de 1920 e 1930 com o processo de
industrialização. Portanto, sua gênese corresponde à conjuntura vivenciada no país neste
período, momento em que o Estado passa a utilizar-se deestratégias de intervenção e
regulação da questão social via políticas sociais. Estas estratégias foram influenciadas
pelas mudanças ocorridas no país – principalmente as econômicas –, em função do
processo de industrialização, que teve como consequência imediata, o crescimento


desordenado das cidades, devido o êxodo rural, causado pela crise no setor
agrícola – crise do café.
Ocrescimento da classe operária em condições precárias de higiene, saúde e
habitação, tomou proporções gigantescas, dando visibilidade social aos mesmos que
passaram a reivindicar melhores condições de vida e de trabalho, dessa forma adquirindo
importância social. Outro fator vivenciado neste período foi à quebra da bolsa de Nova
York em 1929, gerando uma crise econômica com proporçõesmundiais.
Diante de todo esse contexto vivenciado no país no início do século XX,
percebemos algumas formas de intervenção com intuito de controlar as tensões sociais e
atuar de forma a garantir a disciplina e a reprodução da força do trabalho. O Estado
entra em cena utilizando-se de algumas estratégias com caráter interventivo e de
regulação da questão social, dessa forma, as primeiras ações deintervenções
configuravam-se de forma incipiente em um tipo de ação social com objetivo de diminuir
as consequências materiais e morais derivadas do trabalho assalariado, ou seja, ações de
caráter filantrópico.





O GOVERNO POPULISTA E DESENVOLVIMENTISTA DE GETÚLIO VARGAS
A política de Vargas foi centrada na prerrogativa de organizar as relações entre
capital e trabalho. Oprimeiro ato foi a criação em 1930 do Ministério do Trabalho que visava
a harmonia das relações entre empregadores e empregados substituindo a idéia de luta de
classe pela de conciliação. Foi criado um sistema corporativo por meio da legislação de

sindicalização a fim de atender a demanda imposta pelos trabalhadores do pólo urbanoindustrial e pela nova ordem produtiva.
A regulamentação dasrelações entre capital e trabalho foi a tônica do período, o
que parece apontar uma estratégia legalista na tentativa de interferir
autoritariamente, via legislação, para evitar conflito social. Toda a legislação
trabalhista criada na época embasava-se na idéia do pensamento liberal brasileiro,
onde a intervenção estatal buscava a harmonia entre empregadores e empregados.
Era bem-vinda, naconcepção dos empresários, toda a iniciativa do estado que
controlasse a classe operária, Da mesma forma era bem-vinda por parte dos
empregados, pois contribuía para melhorar suas condições de trabalho.”
(COUTO,2004, p. 95).
Todo o aparato legal destinado ao trabalhador urbano foi respaldado na
Constituição de 1934 definindo o campo dos direitos que passaram a ser assegurados ao
povobrasileiro, destacando a legislação trabalhista, a regulamentação do trabalho feminino
e dos menores no âmbito industrial, o salário mínimo, o repouso remunerado, a fixação da
jornada de trabalho de oito horas, férias anuais remuneradas, regulamentação especial para
o trabalho agrícola, amparo aos desvalidos, amparo à maternidade e à infância, direito à
educação primária integral egratuita.
Essa Constituição vigorou até 1937 quando Getúlio Vargas implantou o Estado
Novo, um período ditatorial que durou até 1945 e foi resultado de um processo necessário à
modernização do capitalismo brasileiro.
Sua legitimação se deu através da criação de um projeto social de cunho
autoritário voltado especificamente para a arena dos direitos sociais, haja vista a
necessidade da...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Protoformas do servico social
  • PROTOFORMAS DO SERVIÇO SOCIAL
  • PROTOFORMAS DO SERVIÇO SOCIAL
  • Resumo Protoformas do Serviço Social
  • Protoformas do serviço social
  • PROTOFORMAS DO SERVIÇO SOCIAL BRASILEIRO
  • fichamento protoformas do serviço social
  • Protoformas do serviço social

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!