protestantismo

Páginas: 27 (6557 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014
A História do Protestantismo
POR MAJOR_LOBO_HONRADO – 29 DE MARÇO DE 2013
PUBLICADO EM: DESTAQUE, PROTESTANTISMO


Texto extraído do vídeo: watch?v=UIrxe9r33EQ

“Pois não me envergonho do Evangelho de Cristo, pois ele é a força da salvação de todo aquele que acredita. Do judeu em primeiro lugar, mas também do grego. Pois nele está a justiça de Deus que é revelada pela fé e na fé, como estáescrito: ‘o justo viverá pela fé’.”

No século 16, uma série dramática de protestos religiosos, sociais e políticos, produziu uma nova e influente forma de cristianismo que logo cresceria para rivalizar com o católico e o ortodoxo, como o terceiro grande ramo da maior religião na Europa.

Mais tarde, o protestantismo se espalharia mundialmente em um dos maiores movimentos da História.

Oprotestantismo ou cristianismo protestante ganhou o seu nome do “Protesto”, que foi um documento de protesto editado em 1529 por seis príncipes alemães e representantes de 14 cidades ao sul da Alemanha.



Esta aliança se rebelava contra as decisões religiosas da dieta imperial de Speyer, que tentava unificar territórios do Sacro Império Romano que seriam as terras das modernas Suíça, Áustria eAlemanha impondo uniformidade de culto. O documento declara dois princípios que estão no âmago da compreensão protestante do cristianismo.

O mesmo par de princípios fora declarado pelo padre alemão Martinho Lutero em seu famoso confronto com a Igreja Católica Romana, quanto com o Sacro Império Romano, em 1521.

O 1º princípio é o de que a palavra de Deus é uma autoridade maior do que qualquerautoridade humana.

O 2º princípio é o de que a consciência justifica a oposição a certos decretos eclesiásticos.

Na cidade de Worms, uma combinação de soberanos territoriais e líderes da Igreja se encontraram na chamada Dieta de Worms e convocaram Lutero a se apresentar exigindo que ele se retratasse de suas doutrinas.



O confronto entre Lutero e a Igreja Católica Romana levaria ao“Protesto” oito anos mais tarde.

O protestantismo começou como um movimento modesto para tratar certos problemas na estrutura existente da Igreja e do Estado. Lutero apelava para a consciência contra a autoridade eclesiástica, mas por outro lado alertava seus seguidores mais radicais de que não se podia permitir qualquer cisão teológica.

Os contestadores em Speyer pediam liberdade de consciênciareligiosa, mas só para defender sua própria interpretação do cristianismo.

“Duas coisas ocupam o cerne da tradição protestante:

Uma é a autoridade da escritura. Esse antigo conjunto de escritos esclarece o modo de vermos o mundo.

O segundo tema no âmago e cerne do movimento protestante tem sido a convicção de que nós somos perdoados, embora sejamos imperdoáveis.

Que não precisamosmerecer nossa salvação. Ela nos é dada de graça, como um dom. Temos a liberdade de ser o que somos.” (Brooks Holifield – Professor of Church History, Emory University)

A invenção da imprensa por volta de um século antes estava tornando cópias da Bíblia mais amplamente disponíveis. Vários cristãos passaram a decidir por si sós qual o sentido da Escritura.

Apesar de não chegarem a um acordo, aprimeira geração de protestantes, queria que seus seguidores tivessem as mesmas convicções teológicas.

Eles se concentravam no que julgavam ser os erros da Igreja. A confissão de Genebra disse que concentrando a Glória em Deus os protestantes não sucumbiriam à glorificação de coisas humanas que se tornara tão saliente na Igreja Católica Romana.

A reforma no Sacro Império Romano, logo tinhaduas facções: uma liderada por Lutero, ao Norte e outra por Ulrich Zwingli, ao Sul. Essas duas facções protestantes só conseguiam concordar que discordavam.

Um outro princípio protestante inicial foi chamado de “sacerdócio universal de fieis”. Esse princípio não significava que não deveria haver mais pastores, nem significava que a hierarquia social deveria ser abolida. O “sacerdócio dos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Protestantismo
  • Protestantismo
  • Protestantismo
  • Protestantismo
  • Protestantismo
  • Protestantismo
  • protestantismo
  • Protestantismo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!