Proteção radiologica basica

Páginas: 13 (3149 palavras) Publicado: 2 de outubro de 2012
União metropolitana de educação e cultura

Diretrizes básicas de proteção radiológica



Unime
Graduando
Docente
Disciplina legislação
Turma
Turno noturno
Sala

Diretrizes básicas de proteção radiológica

* Introdução
* Requisitos administrativos
* Responsabilidades dos membros
* Requisitos de proteção radiológica
* Limitações de doses radioativas
*Otimização
* Monitoração
* Classificação de áreas
* Obrigações fundamentais
* Referencias bibliográficas



Resumo

A utilização de radiação ionizante no diagnostico por imagem é considerada um dos grandes avanços na medicina inicialmente os raios x que são produzidos quando elétrons de alta energia são subitamente desacelerados num processo chamado bremsstrahlung.Descobertos em 1895 por Williem C Roentgen. Mudou literalmente os métodos de diagnostico que antes eram invasivos agora desde então por imagem sem ser necessário métodos invasivos.
Os átomos radioisótopos existentes em inúmeros elementos naturais originam-se devido um diferencial em seus números de prótons e nêutrons que liberam radiação devido esse diferencial e posteriormente entram emdecaimento.
Existem inúmeras fontes radioativas e cada uma tem seu natural decaimento.
No entanto começaram a surgir os efeitos biológicos relacionados diretamente a sua exposição porem com base em estudos científicos fiscos e químicos aplicados a radiologia, as grandezas e unidades de radioproteção, os limites de doses, os valores de exposição em exames e seus efeitos biológicos, deram embasamento acriação das diretrizes básicas de proteção radiológica, que foram criadas com o intuito fundamental de promover a proteção dos funcionários, usuários e publico relacionado mesmo que indiretamente expostos a radiações. Objetivo é estabelecer os requisitos básicos de proteção radiológica das pessoas em relação à exposição à radiação ionizante.
Esta norma se aplica as práticas relacionadas a todasas fontes associadas as intervenções radiológicas.
As práticas de radiodiagnóstico médico e odontológico são regulamentadas pela Portaria do Ministério da Saúde.
A CNEN órgão do governo federal (comissão nacional de energia nuclear) pode por meio de Resolução acrescentar, revogar ou modificar requisitos desta Norma conforme considerar apropriado ou necessário.

Introdução
A radioatividadeé definida como a capacidade que alguns elementos fisicamente instáveis possuem de emitir energia sob forma de partículas ou radiação eletromagnética. A radioatividade foi descoberta no século XIX. Até esse momento predominava a ideia de que os átomos eram as menorespartículas da matéria. Com a descoberta da radiação, os cientistas constataram a existência de partículas ainda menores que o átomo; próton, nêutron e elétron. Atividade radioativa corresponde ao numero de desintegração por unidade de tempo o curie (ci) ainda muito utilizado nos serviços de medicina nuclearatualmente expressa em atividade becquerel (bq) que corresponde a uma desintegração por segundo (dps) esses nomes foram dados as unidades por terem sido nomes dos descobridores da radioatividade  No ano de 1896, o físico francês Antoine-Henri Becquerel observou que um sal de urânio possuía a capacidade de sensibilizar um filme fotográfico, recoberto por uma fina lâmina de metal.
Em 1897 a cientistapolonesa Marie Sklodowska Curie  provou que a intensidade da radiação é sempre proporcional à quantidade do urânio empregado na amostra concluindo que a radioatividade era um fenômeno atômico. Anos se passaram e a ciência foi evoluindo até ser possível produzir a radioatividade em laboratório. Desde então a radioatividade pode ser espontânea ou induzida....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Proteção Radiológica
  • PROTEÇÃO RADIOLOGICA
  • proteção radiologica
  • PROTEÇÃO RADIOLOGICA
  • Proteçao radiologica
  • Proteção Radiológica
  • Proteção radiologica
  • Proteção radiologica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!