Projetos antigas da 1º Republica Portuguesa

526 palavras 3 páginas
Profissões Antigas da1ª República Portuguesa

“As Profissões Antigas da 1ª República Portuguesa”. O interesse por este assunto surgiu a propósito da comemoração do Centenário da República Portuguesa. Assim, daremos a conhecer algumas profissões tradicionais típicas da sociedade portuguesa do século xx. Ao longo deste trabalho pretendo:Caracterizar as profissões associadas aos Colarinhos Brancos;-Caracterizar a profissão artesanal de sapateiro.
O significado do termo Colarinho Branco Colarinho Branco, é um termo que se refere a profissionais assalariados ou um profissional ensinado a executar tarefas semi-profissionais. Estas tarefas são administrativas, burocráticas, ou de gerência, opondo-se às do "colarinho-azul", que desempenhavam trabalhos de mão-de-obra física. Assim, o trabalho de colarinho-branco é um termo informal, definido em oposição ao termo trabalho de colarinho-azul.
 As funções profissionais dos Colarinhos Brancos As classes médias são um conjunto de grupos sociais sócio profissionais diversificados que vivem do trabalho assalariado, da gestão de pequenas empresas ou de rendimentos modestos. Não têm contacto com o meio produtivo manual nem controlam os grandes meios de produção. Têm um grau de instrução, um traje e umas maneiras próprias que os distingue do proletariado. Os funcionários “colarinhos brancos” tinham acesso a contratos anuais de trabalho e a salários mensais. Desde meados dos anos 1930, ocorreram algumas mudanças na hierarquia sócio profissional.
 . O trabalho tradicional dos Sapateiros A profissão de sapateiro, como fabricante de sapatos, está praticamente extinta. A razão desta extinção deve-se à industrialização e produção em série, que tomaram conta do mercado. O sapateiro tradicional confeccionava o calçado do princípio ao fim. Ou seja, procurava e selecionava os materiais que iria utilizar e produzia as peças com o auxílio de instrumentos rudimentares. Todo o trabalho era manual, artesanal ao mesmo tempo que era um

Relacionados

  • o modernismo
    436 palavras | 2 páginas
  • modernismo em portugal
    444 palavras | 2 páginas
  • Plano de curso
    1884 palavras | 8 páginas
  • Plano de curso
    3887 palavras | 16 páginas
  • Historia Sociedade E Cidadania Editora Ftd
    5640 palavras | 23 páginas
  • Forte Principe Da Beira
    1294 palavras | 6 páginas
  • Planejamento anual de história - 6º ao 9º anos
    2837 palavras | 12 páginas
  • O novo mundo
    2187 palavras | 9 páginas
  • trabalho de lei
    3414 palavras | 14 páginas
  • A nova Ortografia
    3096 palavras | 13 páginas