Projeto de rodovia

Páginas: 13 (3207 palavras) Publicado: 22 de junho de 2015
UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS
CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS
ENGENHARIA CIVIL




Estradas II - Infr. Drenagem Rod.




Luciana Rohde





PROJETO DE TERRAPLENAGEM E
DRENAGEM DE TRECHO DE ESTRADA





Alex Cristian da Rosa
Lucas Sebastiany
Renan Facchin






São Leopoldo
25 de Novembro de 2009
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 3
1 LOCALIZAÇÃO 4
2 DIAGRAMA DE MASSAS – BRÜCKNER 6
2.1 DIAGRAMA DEBRÜCKNER 11
3 SERVIÇOS DE LIMPEZA, DESLOCAMENTO DE MATERIALE NIVELAMENTO 13
4 PROJETO DE DRENAGEM 14
4.1 PROJETO DA ESTRADA | RS 444 DAER 14
4.2 PROJETO DE DRENAGEM DA ESTRADA | CONFIRMAÇÃO 19
4.2.1 DIMENSIONAMENTO DA SARJETA 19
4.2.2 DIMENSIONAMENTO DO BUEIRO 21
CONCLUSÃO 24
BIBLIOGRAFIA 25
ANEXOS 26

INTRODUÇÃO


O trabalho a seguir, selecionou-se um trecho de 1,5 km da Rodovia RS 444, compreendidoentre os municípios de Monte Belo do Sul e trevo de acesso à Santa Tereza que já foi projetado e implantado, de onde foram coletados os seguintes dados: de tráfego, topografia, hidrologia e geotecnia, que permitiram cálculos de terraplenagem (planilhas de cubagem e diagrama de Brückner), de drenagem e levantamento dos quantitativos, custos e orçamentos.

1 LOCALIZAÇÃO

O trecho calculado notrabalho localiza-se na Rodovia RS 444, trecho compreendido entre os municípios de Monte Belo do Sul e trevo de acesso à Santa Tereza, distante 120 km de Porto Alegre/RS.

Monte Belo do Sul está localizado numa latitude 29º09'46" sul e a uma longitude 51º37'54" oeste, estando a uma altitude de 645 metros. Sua população estimada em 2004 era de 2.859 habitantes. Possui uma área de 67,724 km².

Ascaracterísticas da região e rodovia estão descritas abaixo:

Classe da Rodovia: IV B (classe de projeto mais pobre, correspondendo a rodovia em pista simples, sendo subdividida nas classes IVA e IVB; a Classe IVA tem sua adoção recomendada para os casos em que a demanda, na data de abertura da rodovia ao tráfego, situa-se entre 50 vpd e 200 vpd, sendo a Classe IVB reservada aos casos em que essa demandaresulte inferior a 50 vpd)
Extensão Total: 4.650,00 m
Região: Montanhosa
Velocidade Diretriz: 30 km/h
Raio Circular Mínimo c/ transição: 25
Raio Circular Mínimo s/ transição: 200
Greide, Rampa Máxima de Norma: 9,0%
Pista de Rolamento: 6,0m
Acostamento: 0,5m
Superelevação Máxima: 6,0%
Plataforma de Aterro: 4,0m
Plataforma de corte:4,5m
Faixa de Domínio: 40m
Distância Mínimas de Visibilidade:
Parada: 30m
Ultrapassagem: 180m




2 DIAGRAMA DE MASSAS – BRÜCKNER

Na tabela abaixo estão relacionadas as estacas onde foram seccionados o traçado, áreas de corte e aterro, medidas nas seções, área de aterro compatibilizada pelo fator de homogeneização, soma das áreas de corte deduas seções consecutivas, soma das áreas de aterro, distâncias médias entre seções consecutivas, volume de corte e aterro entre seções consecutivas, volumes compensados lateralmente e os volumes acumulados, obtidos de acordo com os volumes de corte e aterro.

Para correção do aterro, foi utilizado o fator de homogeneização de 1,3.

Estaca
Área (m²)
Correção Área
Soma das Áreas (m²)
Semi-Distância(m)
Volume (m³)
Compensação Lateral (m³)
Vol. Acumulado (m³)

Corte
Aterro
A. Corrigido
Corte
Aterro

Corte
Aterro


3+000,00
17,92
0
0
-
-
-
-
-
-
500
3+020,00
8,49
0
0
26,41
0
10
264,1
0
0
764,1
3+040,00
4,28
0
0
12,77
0
10
127,7
0
0
891,8
3+060,00
4,29
0
0
8,57
0
10
85,7
0
0
977,5
3+080,00
1,89
0,44
0,572
6,18
0,572
10
61,8
5,72
5,72
1033,58
3+100,00
3,03
0
0
4,92
0
10
49,2
0
0
1082,78
3+120,002,22
0
0
5,25
0
10
52,5
0
0
1135,28
3+140,00
0,04
0,49
0,637
2,26
0,637
10
22,6
6,37
6,37
1151,51
3+160,00
1,33
0
0
1,37
0
10
13,7
0
0
1165,21
3+180,00
0
0
0
0
0
10
0
0
0
1165,21
3+200,00
1,15
0
0
1,15
0
10
11,5
0
0
1176,71
3+220,00
1,94
0
0
3,09
0
10
30,9
0
0
1207,61
3+240,00
0,38
0,03
0,039
2,32
0,039
10
23,2
0,39
0,39
1230,42
3+260,00
0,39
0,02
0,026
0,77
0,065
10
7,7
0,65
0,65
1237,47...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Projeto de rodovias
  • Projeto rodovias
  • projeto de rodovias
  • Projeto Rodovia
  • Projeto de rodovias
  • Projeto de Rodovia 0001
  • Diferença entre os projetos de rodovia e ferrovia
  • Gestao de projetos- rodovia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!