Projeto de intervenção

Páginas: 11 (2693 palavras) Publicado: 30 de setembro de 2012
UNIVARSIDADE ANHANGUERA - UNIDERP

CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

CURSO DE SERVIÇO SOCIAL

7º SEMESTRE









PROJETO DE INTREVENÇÃO







EDLEUZA FREIRE MOREIRA RA: 156958

ELDINA COELHO DA S. DE S. RA: 159253









ARAGUAÍNA –TOCANTINS

2012

1- DADOS DA INSTITUIÇÃO


• Nome da instituição: Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação: Centro de Referência de Assistência social - CRAS I
• CNPJ: 01.830.793/0001-39
• Endereço: R Santa Terezinha S/N° – Setor Santa Terezinha CEP 77.808-400
• Município: Araguaína UF: TO
• Telefone: (63) 3412-5152 E-mail: cras-1@hotmail.com• Representante: Neuza Augusta de Lima Borges


• Breve histórico da instituição:
Breve histórico da instituição: - O CRAS I foi implantado em fevereiro de 2006 juntamente com os CRAS II e III, em cumprimento aos parâmetros estabelecidos pelo SUAS e normatizados pelo MDS. O CRAS I atende desde então as demandas dos bairros a ele referenciados, constitui a porta de entrada dapolítica de assistência

- Finalidades: Prestar serviços continuados de proteção social básica de assistência social para famílias, seus membros e indivíduos em situação de vulnerabilidade social. Articular e fortalecer a rede de proteção básica local.

- Objetivos:

• Promover o acompanhamento sócio assistencial de famílias no território referenciado;

• Potencializar a família efortalecer vínculos;

• Promover a autonomia e a emancipação das famílias;

• Prevenir a violação dos direitos e vínculos familiares.

- Demandas atendidas pela instituição:

O CRAS I possui dois tipos de demandas:

- Demanda Cadastral- consiste no cadastro para programas do governo, cestas básicas e outros tipos de benefícios.

- Demanda Subjetiva- atende as questões imediatasque surgem das queixas da população, e decorrem dos vários fatores que afetam a população.

- Principais características da população atendidas pela instituição:

• Famílias e indivíduos em vulnerabilidade social,

• Idosos que buscam orientações sobre benefícios, cadastros e orientações sobre direitos.

• Crianças e adolescentes de famílias vulneráveis do PETI,

• Mulheres queainda não tem qualificação profissional.

• Gestantes que necessitam de orientações sobre gestação e maternidade.


2 DADOS DO PROJETO

2.1 Títulos do Projeto

Violência contra o idoso no âmbito familiar. Um estudo exploratório.

2.2 Local de desenvolvimento das atividades

Centro de Referência de Assistência Social – CRAS I.

2.3 Área de abrangênciaAbrangência Regional com 39(trinta e nove) Bairros.




3 PROBLEMA DIAGNOSTICADO

Como os vários tipos de violência contra idosos no âmbito familiar trazem consequências na vida ativa do idoso?



4 OBJETIVOS

4.1 – Geral
Alertar o grupo de idosos do CRAS sobre a violência familiar contra o idoso, como forma de alterar suas condições de vida, bem como, referenciar direitos comoexpressão de luta e independência social.

4.2 Objetivos Específicos

• Identificar as causas geradoras da violência familiar contra o idoso;
• Conhecer o perfil socioeconômico das famílias dos idosos;
• Descrever direitos dos idosos, numa perspectiva socioeducativa;
• Analisar a situação de dependência do idoso, como estratégia de implementação de ações específicas deenfrentamento da questão;


5 JUSTIFICATIVA

A violação dos direitos dos idosos passa pela rejeição, preconceito e a discriminação que é um desafio a serem superadas nas famílias e comunidades.
O Estatuto do Idoso Lei nº 10.741 de 1º de Outubro de 2003 art.10. § 3º diz, “É dever de todos zelar pela dignidade do idoso, colocando-o a salvo de qualquer tratamento desumano,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • PROJETO DE INTERVENÇÃO
  • Projeto de intervençao
  • Projetos de intervenção
  • projeto de intervenção
  • projeto de intervençao
  • projeto de intervenção
  • Projeto de intervenção
  • Projeto de intervenção

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!