Programa de erradicação da febre aftosa

Páginas: 6 (1338 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
O que é febre aftosa? Quais as principais formas de transmissão?

A febre aftosa é uma doença infecciosa aguda que causa febre, seguida do aparecimento de vesículas (aftas), principalmente, na boca e nos pés de animais de casco fendido, como bovinos, búfalos, caprinos, ovinos e suínos. Caso após detectar a doença, não forem tomadas as principais medidas de contre e erradicação, a mesma pode setransmitir rapidamente. O Vírus esta em grande quantidade no epitélio, mas pode ser encontrado na saliva, no leite, e nas fezes do animal infectado. A contaminação de qualquer objeto com qualquer dessas fontes de infecção, é uma fonte perigosa de um rebanho para o outro. No pico da doença, o vírus está presente no sangue. Nesse estágio, os animais infectados começam a excretar o
vírus poucosdias antes do aparecimento dos sinais clínicos.
A febre aftosa é uma doença viral, altamente contagiosa, que atinge principalmente animais de casco fendido. Pode manifestar-se em qualquer idade do animal. A sua ocorrência em humanos é extremamente rara, pois o vírus causador da doença é destruído no estômago, quando carne infectada é ingerida.

Sintomas
Os primeiros sintomas envolvem febre ediminuição do apetite. O vírus provoca lesões na boca, língua, estômago, intestino, narinas, na pele e ao redor de casco. No início surgem vesículas que se rompem, formando aftas. Com isso o animal baba muito e não consegue se alimentar e se locomover, ficando fraco. Quando as vesículas se rompem, as partículas virais são liberadas no ambiente. A salivação também libera vírus. O crescimento,engorda e produção de leites são prejudicados.
A mortalidade é mais elevada em animais mais jovens.
A intensidade da doença é muito variável. Os animais curados podem contaminar animais sadios, pois se tornam portadores.
Transmissão
Os vírus são transmitidos através dos líquidos contidos nas vesículas e sangue. A saliva contém muitas partículas virais provenientes das vesículas. Quando o animalinfectado baba, contamina os lugares por onde passa. Os vírus resistem no ambiente por vários meses.
Também pode ser transmitida através de alimentos, água e ar. Pessoas que tiveram contato com animais doentes podem transportar partículas virais.
Prejuízos
Além de levar os animais à morte, a exportação é recusada pelos países compradores, causando sérios prejuízos financeiros ao país. Tambémcausa perdas na eficiência reprodutiva.


Como combater a febre aftosa?
A vacinação dos bovinos e búfalos, seguindo o calendário oficial de cada estado ou região, tem papel fundamental na erradicação e prevenção da doença. No Brasil, a vacinação contra febre aftosa é praticada em todos os estados e no Distrito Federal, com exceção de Santa Catarina, considerado, desde 2007, pela OrganizaçãoMundial de Saúde Animal (OIE), como livre de febre aftosa sem vacinação. Dentre outras estratégias estão; cadastramento do setor agropecuário, vigilância ostensiva, manutenção de programas de educação sanitária e comunicação social, organização e consolidação da participação comunitária. Após a detecção da doença, a política de controle básica prioritária envolve o sacrifício sanitário de animaisdoentes e a eliminação de fontes de infecção, para conter seu possível avanço.

Tratamento
É feito através de soros, medicação nos ferimentos, higiene e desinfecção do local.
Prevenção
A prevenção é feita por vacina.
Caso seja encontrado algum animal infectado, ele deve ser sacrificado e seu cadáver deve ser destruído. O trânsito de animais e pessoas deve ser impedido e as autoridadescompetentes devem ser informadas. Medidas de higiene e desinfecção devem ser tomadas.
Vacinação
No Brasil a vacina deve ser aplicada a cada 6 meses, a partir do 3º mês de vida.
Cuidados

Na compra é preciso que a vacina seja conservada em caixa térmica com gelo suficiente para mantê-la refrigerada, ente 2º e 8ºC, até o momento da aplicação. Se a vacina esquentar perde seu valor de proteção. Na...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A RELAÇÃO ENTRE O PROGRAMA NACIONAL DE ERRADICAÇÃO DA FEBRE AFTOSA E A EXPORTAÇÃO DE CARNE NO ESTADO DE RONDÔNIA DURANTE OS...
  • FEBRE AFTOSA
  • febre aftosa
  • Febre Aftosa
  • Febre Aftosa
  • febre aftosa
  • Febre aftosa
  • FEBRE AFTOSA

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!