Profissão

Páginas: 5 (1156 palavras) Publicado: 20 de setembro de 2015
Profissão: astrônomo – formação, pesquisa e mercado de trabalho
 
 
Cristiane Paião; Maria Clara Rabelo
 
 
A forma de olhar para o céu pode ser a diferença entre um cidadão comum e um astrônomo. O desejo de desvendar os mistérios do universo é o que parece motivar muitos jovens a optarem pela profissão. A curiosidade despertada ainda na infância, e que segue na adolescência, acompanha essesdesbravadores numa jornada difícil e repleta de obstáculos a serem superados. Para aqueles que pretendem fazer essa escolha, ou que já iniciaram esse caminho, é necessário muito preparo, pois a graduação em astronomia não garante atuação na área: para ser considerado um "astrônomo profissional", é preciso, no mínimo, ter a titulação de doutor.
São poucos os cursos de graduação em astronomiaoferecidos no Brasil. Entre eles, estão o do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da Universidade de São Paulo (USP) e o do Observatório do Valongo (OV) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A graduação na área dura em média quatro anos e engloba disciplinas de astronomia, física, matemática e computação. Mas, também é possível ingressar na carreira através deoutros cursos superiores como física, matemática, ou até mesmo engenharia, desde que a pós-graduação esteja voltada para a formação do astrônomo.
Em relação aos cursos de pós-graduação, o número de opções é maior. Segundo avaliação realizada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), os melhores são os oferecidos pelo I AG/USP, pelo Observatório Nacional (ON) e peloInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Essas duas última instituições são vinculadas ao Ministério da Ciência e da Tecnologia (MCT). (veja lista da Capes).
Aqueles que já se estabeleceram na profissão são unânimes ao afirmar que as opções de atuação no mercado de trabalho para os graduados em astronomia são bastante restritas e, na maioria das vezes, eles acabam ministrando aulas defísica para o ensino médio ou atuando em planetários e museus de ciência. No entanto, é durante a graduação que os futuros astrônomos têm a possibilidade de se iniciar na pesquisa, através de projetos científicos, ou de atuar em projetos de extensão em escolas.
Anualmente, o curso do Valongo recebe 20 novos alunos, dos quais aproximadamente 50% são mulheres. O dado preocupante é que, dessesingressantes, apenas oito recebem seus diplomas. Para o professor Alexandre Lyra, coordenador de graduação do Valongo, isso ocorre por uma idealização frustrada do curso. "Muitos desistem devido aos estudos de física, matemática etc, pois ao ingressarem, alguns têm uma visão contemplativa da astronomia, e não que é uma ciência físico-matemática-observacional", afirma. Já a graduação oferecida pela USP,aberta recentemente, apresenta uma procura bastante significativa por parte dos vestibulandos, com cerca de dez candidatos por vaga. Mas ainda não é possível falar em números relativos à conclusão do curso, pois a primeira turma teve início em 2009.
Para atuar nessa área, é preciso um sólido conhecimento em física e matemática, além de dominar as técnicas observacionais e computacionais. Quem desejase estabelecer como astrônomo precisa buscar uma formação consistente, um percurso que somente é possível através da especialização. E esse percurso passa pelo mestrado e pelo doutorado e por envolvimento permanente com a pesquisa.
Não há diferença significativa entre os cursos de pós-graduação em astronomia brasileiros e os internacionais. Porém, o professor Jacques Lépine, do IAG/USP, ressaltaque parte dos doutores buscam ampliar sua experiência no exterior, seja através de "bolsas-sanduíche" ou das publicações internacionais. Entre os graduados, são poucos os que vão completar sua formação em outros países. Lyra, do Valongo, esclarece que, em geral, os que fazem essa opção retornam ao Brasil ao concluírem suas especializações, o que, segundo ele, melhora o mercado de trabalho nas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Profissão
  • profissao
  • PROFISSAO
  • profissão
  • profissao
  • profissão
  • profissão
  • profissao

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!