Professor em ação

Páginas: 5 (1089 palavras) Publicado: 22 de outubro de 2013

CASAMENTO CAIPIRA

Entrada: (O padre Zeburrai do Casco Inchado faz a chamada)
Padre: Os cunvidados pode intrar. Se acunchega aí todo mundo.
Vamos receber o noivo (Percoço das Carças Caíno)
Padrinhos do noivo: Tiburtino e Tiririca
Padrinhos da noiva: João Grilo e Sarta Moita
Pais da noiva: (Senhor Jumentim Falador da Vida de Todo Mundo) e (Curdulina Pula Cerca)
Pais donoivo: (Bertulino Fura Tripa) e (D. Maria Azeda Igual Limão)
A IRMÃ DO NOIVO: (Rosalina Regatera)
E por último vamos receber a estrela dessa noite: A noiva Chiquinha Ispuleta Assanhada!

(TODOS OLHAM EM DIREÇÃO A NOIVA)
(Na hora do encontro dos dois, ao tirar o véu do rosto da noiva, o noivo se assusta da feiura dela e tenta escapar, mas o pai da noiva não deixa)

Pai da noiva:Ocê num vai escapar dessa! Minha fia num é moça de bagunça, não.
Mãe da noiva: Eu falei, Chiquinha, pro cê num piscá prece gambá. Era prá piscá pra argum rapaiz bunito da cidade. Agora que o seu pai viu, vai fazê ocê casá de verdade cum esse bocó. Num tem pra donde ocês correr.
Noiva: Mais mãe, eu tava piscano pro rapais rico, mais o pai tava bêbo e achô qui era pra esse gambá. E outra coisa,mãe, o moço bunito não tava nem aí cumigo.
Padre: Bem, quero fazê logo este casamento, chegue pra cá us noivo?
Noivo: Óia aqui seu Jumentim, já falei mais de mili veiz: Eu num vô casá ca Chiquinha não. Num tô perparado. E além disso, eu pensava que ela fosse mar bunita. Armaria, num dá pra encarar!
Pai da noiva: Ceis vão casá sim, já tem tudo pronto, num mandei ocê piscá pra minha fia, que é umamoça di respeito.
Noivo: Mas eu num pisquei pra sua fia. É que ela tava mexeno muito cus zói e eu fui ajudá ela tirá o cisco qui entrô. Num é memo, Chiquinha?
Noiva: O que? Ocê para di bestera, Percoço, óia lá o qui vai falar! Óia lá hein! Seu mela cueca!


Pai da noiva: (Junta o noivo pelo braço) Fala qui num vai casar, Percoço, fala!
Mãe do noivo: Seu Jumentim, larga meu fio, qui eu crieiele tão bem pra casá com essa feiosa qui nem lava os pé pra durmi. Essa tiririquenta, maletrosa e fedorenta!
Noiva: É Mintira, é mintira. A sinhora, dona Maria Azeda, tá levantano farso di mim.Eu num sô assim iguali sinhora pensa. Me trata mais sério que sô assiada. Fedorenta é a sinhora!
Mãe do noivo: Veja Cuma fala cumigo, sua galinha d’angola. Assanhada! Regatera! Quer dá o golpe no meu fi,né verdade Rosalina?
Irmã do noivo (É isso memo mãe, não deixe barato! Ela só quer a herança dele. Sua zoiúda sem vergonha!
Noiva (chorando): É mintira pessoar. Ele não têm dinheiro nenhum e além di tudu, é muito feio. Parece um gambá fedorento. Dá inté nojo!
Pai do noivo: Fica queta minina, que feia é ocê e a sua famia intera.
Mãe da noiva: Seu jumento, ocê tá falano mar da minha princesa?Pai da noiva: (BATE PALMAS E DIZ) Vamo acabá logo cum essa baruiera e casá os dois!
Padre: Vamo começá o casamento logo, qui eu tenho qui eu tô cum fome. Silêncio pessoar!
Noiva: (PÕE AS MÃOS PARA O CÉU E AGRADECE) Até qui enfim vô disincaiá. Qui belezura! Brigado, Santo Antonho!

Padre: Percoço das Carças Caíno, ocê aceita casá com Chiquinha Ispuleta?

Noivo (Pensa um puco e fala): É, num temoutro jeito memo. Então eu caso.

Padre: E ocê Chiquinha, aceita casá cum esse Percoço?

Noiva: Craro, eu num sô troxa, 

Pai da Noiva: Casa esses dois logo, Padre Zeburrai, antes que o noivo fuja!

PADRE:  Todos se organizam aí. Vamo lá? Aproximem mais!
Mãe da noiva: É bão ocê num passá perto do meu marido di novo, sinão eu vô te batê. Sua regatera!
Mãe do noivo:  Capais qui eu vôquerê esse home feio e fidido! Chega meu fio qui vai casá cum essa feiosa!
(A NOIVA CHORA)
Mãe da noiva: Não chora não! Despois eu insino pro ocê como é que se induca uma sogra!
Padre: (Irritado) Fiquem quietas, vamo fazê logo esse casamento. Dona Chiquinha, aceita Percoço como seu marido, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, até que a morte leve argum dos dois pro sumitéro?...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Plano de acao para professor
  • A AÇÃO DO PROFESSOR EM SALA DE AULA
  • A ação pedagogica do professor
  • a ação pedagogica do professor
  • a ação pedagógica do professor em sala
  • PLAO DE AÇÃO PARA PROFESSORES
  • Professor alfabetizador e ação pedagógica
  • A açao do professor em sala de aula

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!