Processamento de polimeros

1079 palavras 5 páginas
3.1.3 Moldagem por compressão
A moldagem por compressão é o processo mais antigo e mais propício para o processamento de materiais termofixos, apesar de ser aplicado, também, em algumas situações, também para termoplásticos. Consiste em transformar um material polimérico, colocado na cavidade de um molde, em uma peça de forma definida, através da aplicação de calor e pressão. A moldagem por compressão é realizada normalmente em prensas hidráulicas. O molde, em duas partes (macho e fêmea) como mostrado na figura 12, é montado em uma prensa e aquecido até uma temperatura que depende das características do material a ser moldado. A primeira etapa do processo baseia-se em depositar o material, que pode se apresentar na forma de pellets, pó, esferas ou pré-forma, na cavidade inferior do molde aberto. Após a etapa de alimentação, a prensa é, então acionada lentamente, de maneira que o molde é fechado, juntamente com o material a uma condição de moldagem, as condições de moldagem se baseiam em três elementos: temperatura, pressão e tempo de cura. A temperatura é obtida por meio de resistências elétricas tipo cartucho ou braçadeira. Assim as resinas fenólicas se moldam numa temperatura de 150 à 180º C, as resinas uréicas de 135 a 150º C e as melamínicas de 130 à 145 C. Com relação à pressão de moldagem esta tem um grande limite, mas pode-se estabelecer as seguintes pressões: resinas fenólicas com carga de pó de madeira 150 – 200 kg/cm²; resinas uréicas 400 – 800 kg/cm²; resinas melamínias 400 – 500 kg/cm². No caso da moldagem por compressão de polímeros termofixos, o material permanece com o molde fechado até o tempo de cura que geralmente é inversamente proporcional a temperatura, mas a 165º C o tempo de cura pode ser calculado de 20 à 25 segundos por milímetro de espessura de parede. Para polímeros termoplásticos, o molde deve permanecer fechado até que todo o material esteja totalmente amolecido (para polímeros amorfos) ou fundido (para polímeros semi-cristalinos).

Relacionados

  • processamento de polímeros
    1007 palavras | 5 páginas
  • PROCESSAMENTO DE POLIMEROS
    2393 palavras | 10 páginas
  • Processamento de polimeros
    1431 palavras | 6 páginas
  • Processamento de Polímeros
    2575 palavras | 11 páginas
  • Tecnicas De Processamento De Polimeros
    3866 palavras | 16 páginas
  • Processamento de Polimeros por Injeção
    391 palavras | 2 páginas
  • Qf661 Reologia E Processamento De Polimeros MariadoCarmoGoncalves
    2542 palavras | 11 páginas
  • Responda-me
    1868 palavras | 8 páginas
  • POLIMERO
    2066 palavras | 9 páginas
  • Materiais polimeros
    1473 palavras | 6 páginas