Princípios da Contabilidade

Páginas: 10 (2280 palavras) Publicado: 3 de março de 2014
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 4
HISTÓRICO 5
PRINCÍPIO DA ENTIDADE 6
PRINCÍPIO DA CONTINUIDADE 7
PRINCÍPIO DA OPORTUNIDADE 8
REGISTRO PELO VALOR ORIGINAL 9
PRINCÍPIO DA COMPETÊNCIA 11
PRINCÍPIO DA PRUDÊNCIA 12
CONCLUSÃO 13
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 14

INTRODUÇÃO

No Brasil, existe uma forte tendência para a convergência das normas brasileiras de contabilidade aos padrões internacionais.Ao passar dos anos houve varias modificações entre elas a nomenclatura dos princípios e a revogação de um deles de acordo com a resolução do CFC nº 1282/10, de 28 de maio de 2010.
Os princípios são aplicáveis à contabilidade no seu sentido mais amplo de ciência social, cujo objeto é o Patrimônio das Entidades. E os princípios são eles: Entidade; Continuidade; Oportunidade; Registro pelo valororiginal; Competência e Prudência.


HISTÓRICO

Conforme a contabilidade foi sendo estruturada e organizada, pesquisadores procuraram meios de identificar quais princípios às orientavam, em especial de registrar os fatos ocorridos dentro da entidade no qual afetavam seus patrimônios. Foi assim que os princípios viraram regras, e até hoje constituem a principal teoria que fundamenta e sustenta acontabilidade.

No Brasil, houve a forte tendência para a internacionalização da contabilidade, inserida na lei 11638/2007. Antigamente os princípios eram organizados em sete, no qual recebiam o nome de Princípios Fundamentais da Contabilidade, mas de acordo com resolução CFC Nº 750/93, de 29 de dezembro de 1993 passaram a ser chamado apenas de Princípios Contábeis. E com a resolução CFC Nº1282/10, de 28 de maio de 2010, passam a ser apenas seis princípios, o princípio da correção monetária foi revogado.

Sua estrutura permanece assim:

• Princípio da entidade;
• Princípio da continuidade;
• Princípio da oportunidade;
• Princípio do registro pelo valor original;
• Princípio da competência;
• Princípio da prudência;


PRINCÍPIO DA ENTIDADE

Na contabilidade deve haver umaseparação entre pessoa física e jurídica, onde não se pode misturar o patrimônio da empresa com os patrimônios dos sócios. Dentro da instituição deve ser respeitada a individualidade, sendo assim a contabilidade registra apenas fatos e atos ocorridos com o patrimônio da empresa.
Este princípio deixa bem claro a separação das relações de pessoa física e jurídica, mesmo ambas fazendo parte domesmo grupo empresarial.

A resolução do CFC nº 750/1993 diz:

Art. 4º. O Princípio da ENTIDADE reconhece o Patrimônio como objeto da Contabilidade e afirma a autonomia patrimonial, a necessidade da diferenciação de um Patrimônio particular no universo dos patrimônios existentes, independentemente de pertencer a uma pessoa, um conjunto de pessoas, uma sociedade ou instituição de qualquer naturezaou finalidade, com ou sem fins lucrativos. Por conseqüência, nesta acepção, o Patrimônio não se confunde com aqueles dos seus sócios ou proprietários, no caso de sociedade ou instituição.

Parágrafo único – O PATRIMÔNIO pertence à ENTIDADE, mas a recíproca não é verdadeira. A soma ou agregação contábil de patrimônios autônomos não resulta em nova ENTIDADE, mas numa unidade de naturezaeconômico-contábil.

Exemplo:

Você é sócio de uma empresa, e se sua empresa pagar com dinheiro do caixa uma conta no seu nome, como: água, luz, telefone etc., está sendo quebrado o princípio da entidade, e para que não haja o descumprimento desse princípio, o sócio deve separar o que for de uso pessoal, assim afetando apenas seu patrimônio de pessoa física, sem avançar sobre o patrimônio de pessoajurídica, neste caso, sua própria empresa. 
PRINCÍPIO DA CONTINUIDADE

O princípio da continuidade, diz que a atividade das entidades contábeis é algo que está em andamento, sendo registradas todas as mutações que ocorrem na entidade, não havendo casos contrários, irá permanecer no mercado ao longo do tempo, ou seja, se a empresa tem seu patrimônio contabilizado e tiver obtendo lucros ela irá...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Principios de contabilidade
  • Princípios da contabilidade
  • Principios da contabilidade
  • Principios da Contabilidade
  • Princípios da Contabilidade
  • PRINCIPIOS DA CONTABILIDADE
  • principios da contabilidade
  • Principios da contabilidade

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!