PRECONCEITO LINGUÍSTICO: O ENSINO DE LÍNGUA MATERNA NA ESCOLA MUNICIPAL AMÉLIA RODRIGUES

Páginas: 16 (3980 palavras) Publicado: 5 de novembro de 2014
UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARABA CENTRO DE CINCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES CURSO DE LETRAS A DISTNCIA ADRIZIA SILVA DA PAIXO PRECONCEITO LINGUSTICO O ENSINO DE LNGUA MATERNA NA ESCOLA MUNICIPAL AMLIA RODRIGUES. CAMAARI 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARABA CENTRO DE CINCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES CURSO DE LETRAS A DISTNCIA ADRIZIA SILVA DA PAIXO PRECONCEITO LINGUSTICO O ENSINO DE LNGUA MATERNA NAESCOLA MUNICIPAL AMLIA RODRIGUES. Artigo apresentado ao Curso de Letras a Distancia, da Universidade Federal da Paraba como requisito para obteno do grau de Licenciado em Letras, sob a orientao do prof. Me. Jos Gualberto Targino Praxedes. CAMAARI 2011 ADRIZIA SILVA DA PAIXO PRECONCEITO LINGUSTICO O ENSINO DE LNGUA MATERNA NA ESCOLA MUNICIPAL AMLIA RODRIGUES. Artigo apresentado ao Curso de Letras aDistncia, da Universidade Federal da Paraba como requisito para obteno do grau de Licenciado em Letras. Data de aprovao ____/____/____ Banca examinadora Prof. Ms. Jos Gualberto Targino Praxedes (orientador) Prof. Ms. Gilsa Elaine de Lima Ribeiro Prof. Ms. Maria Alba Cavalcante de Almeida Andrade Dedico esta anlise ao meu av, Domingos Avelino da Cruz (in memoriam) que, mesmo na escurido de suaausncia, manteve uma vela sempre acesa para clarear o meu entendimento sobre a vida. AGRADECIMENTOS Agradeo primeiramente a DEUS que permitiu a minha existncia e para mim o maior exemplo de amor e dedicao. Valeu Senhor A minha me Aurea Celeste a quem devo a chegada at aqui, pois na imensido do nada sempre me ensinou que o tudo somos ns. Eternamente, te amo Ao meu pai, muito obrigada. As minhas irmse sempre amigas Carilande e Casilande pelo amor, apoio e carinho compartilhados at aqui. A minha sobrinha Myrella Celeste, por manter um sorriso lindo e dizer sempre eu te amo minha tia Gui. O simples fato de voc existir traz luz para minha vida. A Denne, por sempre ter acreditado em mim e no ter permitido que eu desistisse diante dos desafios encontrados. Aos amigos, Arivaldo, Milton Raimundo,Edson Arapiraca, Maria Luciene, Jorge Freitas pela ajuda, compreenso, pacincia e cuidados. Meu carinho eterno para vocs. Aos colegas da batalha diria, Saulo Almeida, Zilma de Santa Rita, Heraldo Boa Morte e Andiara Nacimento por me auxiliarem durante os estgios. Enfim, agradeo a todos que contriburam de um jeito ou de outro para a realizao desse estudo. Fiquem com Deus Ningum nasce odiando outrapessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religio. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar. Nelson Mandela RESUMO O presente artigo aborda questes referentes ao preconceito lingustico materializado no ensino de lngua materna. Inicialmente delineamos abordagens que caracterizam o fenmeno da variao lingustica e os fatores quecontribuem para o surgimento de esteretipos, com efeitos negativos sobre o usurio de uma variao no padro. Como papel da escola, afirmamos que a mesma deve conduzir o aluno a compreenso de que a situao comunicacional que determina qual a variante a ser utilizada, ou seja, no se trata de erro, mas de adequao lingustica possibilitada pela reflexo crtica. O segundo captulo estrutura-se no relato deduas experincias (negativa e positiva), ensino de cordel e ensino de gramtica, vvidas durante o estgio. Baseada nos anseios dos professores observa-se que a formao docente ainda fragmentada, vinculada ao ensino da gramtica normativa. Analisamos as crenas que direcionam o fazer docente e conclumos que o dilogo e a confiana que propiciam a verdadeira aprendizagem. PALAVRAS-CHAVE Preconceito.Variao. Escola. Lingustica. INTRODUO O presente trabalho tem como proposta discutir o preconceito lingustico materializado no ensino de lngua materna. Objetivamos discutir a rejeio da escola em relao variedade dialetal, fruto da cultura popular do aluno, ao tempo em que visamos a analisar a prtica docente no ensino de lngua materna sob essa interferncia. Para tanto, propomos como problema a rejeio,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O ensino da lingua materna na escola
  • Ensino de língua portuguesa: subvertendo o preconceito linguístico.
  • Sociolinguistica e o ensino de lingua materna
  • Preconceito linguístico em língua inglesa
  • Por um ensino eficaz da língua materna
  • Ensino da língua materna
  • Ensino de língua materna
  • A variação linguistica e o ensino da língua materna

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!