Pre-projeto - as características das famílias de crianças que praticam bullying

Páginas: 6 (1286 palavras) Publicado: 9 de novembro de 2012
CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE BRASÍLIA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE BRASÍLIA CURSO DE PSICOLOGIA DISCIPLINA PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO II

As características das famílias de crianças que praticam bullying.

Adriana Lopes

Brasília - DF Junho/2011.

Resumo

Quando se fala de bullying, logo se remete a escola, como se ele fosse um problema exclusivo deste espaço. A escolaenquanto instituição social, microssistema, de diferentes relações de ensino-aprendizagem, amizades e disputas entre adultos-crianças, crianças-crianças e adultos-adultos pertence a uma teia social, um macrossistema. Desta maneira, reduzir o problema do bullying ao âmbito escolar é insuficiente e compromete a compreensão deste fenômeno.O bullying é uma forma de violência, onde o agressor tenta afirmarseu poder através de atitude agressiva intencional, repetitiva, ultrapassando os limites de brincadeira entre iguais. Muitos estudos tem mostrado que é necessária uma interação complexa de fatores que elevam o risco de condutas violentas nas crianças e jovens, para que o bullying surja. Este trabalho tem como objetivo investigar as relações que possam existir, entre a violência familiar e a praticado bullying.

Palavra-chave: bullying, família, escola, violência

Sumário Resumo Sumário Introdução 01 02 03

Bullying são atos de violência, físicos ou psicológicos, intencionais e repetitivos, praticado por uma pessoa ou por um grupo com a finalidade de intimidar ou agredir outro indivíduo ou outro grupo de indivíduos incapazes de se defender. Pode ocorrer nas escolas, na internet, notrabalho e até em um ambiente familiar. Até os anos 70 essa prática não era interpretada como violência e sim como algo que fazia parte das relações sociais e do desenvolvimento das crianças. Esse ato engloba desde apelidos, ameaças e críticas até uma agressão física, e se divide em duas categorias: o direto, que é a forma mais comum entre os agressores masculinos, e o indireto, onde mulheres ecrianças praticam, tendo como característica o isolamento social da vítima. No espaço escolar geralmente a vítima começa a ser alvo a partir do 4º ano do ensino fundamental. Esse comportamento ocorre, geralmente, em locais onde a supervisão de adultos é mínima ou inexistente. Há uma tendência de as escolas não admitirem a ocorrência desse ato, mas pode ocorrer de desconhecerem o problema ou anegação de enfrenta-lo. Tanto a família como a escola são responsáveis pela formação integral da pessoa. Os autores que exercem esse comportamento são pessoas que têm pouca empatia, pertencentes á famílias desestruturadas, em que o relacionamento afetivo entre os membros tende a ser escasso ou precário (Camargo, 2011). Algumas vezes, o comportamento agressivo é desengajado por experiências traumáticas deviolência familiar ou social, como discussão entre os pais, separação na família, um sequestro ou um assalto. Segundo pesquisas da Associação Brasileira Multiprofissional de Proteção á Infância e Adolescência os pais dos autores exercem uma supervisão pobre sobre seus filhos, toleram e oferecem como modelo para solucionar conflitos comportamentos

agressivos ou explosivos. Pesquisas indicam queos alunos que são autores de bullying em escolas, em sua maioria, provem de lares onde há utilização de violência física como forma de disciplina. A família é descrita como hostil e permissiva, com poucas habilidades de resolução de conflitos e ensina suas crianças a revidarem ante a mínima provocação (Batsche & Knoff, 1994). Trabalhos recentes também destacam a influência do contexto familiar naprática do bullying. Chaux, Molano e Podlesk (2009), em sua pesquisa com 53.316 estudantes colombianos do 5º ao 9º ano, buscaram entender as correlações sociais, políticas e culturais envolvidas no bullying. Como resposta a essa questão, encontram, no relato desses jovens, sobretudo em meninos, alto índice de violência escolar, ou seja, aqueles comportamentos típicos de bullying, como bater...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Iniciação ao pré-projeto
  • Pré-projeto criança e adolescente abrigadas
  • Características do Bullying
  • Pre projeto
  • Pre-projeto a criança com sindrome de dowm e a ecola regular
  • PROJETO CRIANÇAS DESNUTRIDAS x FAMILIAS DE BAIXA RENDA
  • Abuso Sexual da Criança e do Adolescente
  • A criança e a Família

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!