prática de ensino e introdução a docência

Páginas: 12 (2841 palavras) Publicado: 26 de outubro de 2014
UNIVERSIDADE PAULISTA
PRÁTICA DE ENSINO- INTRODUÇÃO À DOCÊNCIA
TRABALHO EM GRUPO – TG
Aluno(s):
Janyni Osmara Amalfi – RA 1417221
POLO
Itanhaém2014
Educação? Educações: aprender com o índio
Não há uma forma única de educação ou conhecimento absoluto, cada nação, cada povo, possui sua cultura, seus hábitos, costumes, normas e regras. Uma educação pode não fazer sentido algum a outra,pois em sua nação, em seu povo, sua realidade é diferente, seus costumes são outros, seus objetivos são diferentes.
No texto refere que os Americanos tinham uma educação formal, estudavam a ciência, e as línguas, e eram extremamente burocratas, e faziam um convite para que os índios mandassem alguns de seus jovens para a escola de brancos para que pudessem ter uma educação de “verdade”, poispodemos especular que eles acreditavam que sua educação era a ideal e não a dos índios, que não se portavam adequadamente, os considerava selvagens e atrasados, pois não sabiam os conhecimentos básicos de sua língua e ciências, bons costumes.
Já os Índios achavam aquela educação que o homem branco oferecia inútil, pois não fazia sentido a sua realidade, não educava os jovens para a vida. Váriosjovens Índios foram mandados para se formarem nas escolas dos Americanos e voltavam totalmente inúteis, para as necessidades da aldeia, eram fracos, e não tinham habilidade para a caça, a pesca, construir uma cabana, matar um inimigo, proteger a aldeia, eram ignorantes da vida na floresta, portanto pra sua realidade aquela educação não servia pra nada. E em resposta, os Índios agradecem ao convitemais não podem aceitar, pois a educação que eles ofereciam não serviria de nada para eles, mais fazem um convite aos homens branco que mandem seus jovens para que aprendam realmente o que é ser um homem.
Podemos citar essa atitude de ambas as nações dos textos, um tanto quanto, como etnocentrismo, pois ambas, afirmam que sua nação possui o conhecimento necessário para a vida, e tentam convencerque a sua é a melhor. Mais cada uma tem seu peso, e seu valor, para sua nação, cada povo tem em seu imaginário sua educação ideal, para transformar as pessoas e o mundo num lugar melhor.
O fax do Nirso Acredito que a educação formal é indispensável para o mercado de trabalho, a educação escolar, a vivência e experiências profissionais são muito importantes, é um conjunto entre teoria e prática.Uma base de educação formal, e cursos de profissionalização e aprimoramento são um diferencial para um profissional.
No texto, o presidente da empresa, simplesmente ignora o a preocupação do gerente com a imagem da empresa, devidos a falta de educação formal de seu vendedor, que escreve com diversos erros de português, porém é um excelente vendedor, o presidente apenas se preocupa com a questãofinanceira da empresa, levando em conta apenas os lucros.
Acredito que a melhor saída era apostar nesse vendedor que tem uma habilidade nata para vendas, e profissionalizar ele, oferecer uma educação formal, para que uma sua habilidade com uma educação e postura profissional formal e adequada, ele se torne um profissional completo.
A História de Chapeuzinho Vermelho (na versão do lobo)
Deuma maneira peculiar inicia-se o texto, com uma visão e um contexto diferente daquele que conhecemos desde criança, pois dessa vez damos a oportunidade da minoria (no caso o lobo) mostrar sua verdade, o seu contexto, os seus motivos, seu ponto de vista, que até então nunca tinha sido ouvido, e muito menos compreendido.
E mudando o enfoque seguindo esse mesmo contexto de ouvir aqueles quenão são ouvidos e apenas estigmatizados. E na nossa educação formal na escola, Será que nossa educação atualmente dá essa oportunidade ao aluno? Será que ela leva em consideração a opinião dos alunos? As experiências vividas pelo aluno, o seu saber? Ou apenas conduz o aluno a compreender goela abaixo uma verdade, que é única e é passada do professor, o detentor do conhecimento, para o aluno....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Pratica de Ensino Introdução a Docencia
  • PRÁTICAS DE ENSINO – INTRODUÇÃO À DOCÊNCIA
  • Pratica de Ensino Introdução a Docência
  • Pratica de ensino Introdução a Docencia
  • Pratica de ensino: Introdução a docencia
  • PRATICA DE ENSINO
  • Prática de ensino: introdução a docência
  • Prática de Ensino: Introdução a Docência

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!