Porquê aprendizagem ao longo da vida?

Páginas: 10 (2380 palavras) Publicado: 22 de maio de 2011
Porquê Aprendizagem ao Longo da Vida?

O ano de 1996 foi designado “Ano Europeu da Educação e da Formação ao Longo da Vida”. A ideia de criar condições que permitam a todos os cidadãos ter acesso ao saber ao longo da vida inscreve-se numa concepção democrática do funcionamento das nossas sociedades. No momento em que o avanço para a sociedade de informação e a aceleração do progressocientífico e técnico correm o risco de dar origem a uma dicotomia crescente entre “os-que-sabem“ e “os-que-não-sabem”, esta ideia encontra a sua actualidade nas orientações do Livro Branco da Comissão “Ensinar e Aprender. Rumo à Sociedade Cognitiva”. Mas, ao longo do tempo, os seus princípios fundadores foram submetidos a fortes tensões, nomeadamente, em razão dos constrangimentos conjunturais eorçamentais que condicionam demasiado unilateralmente e reestruturam o ensino e a formação profissional. Com este número especial, a Revista europeia da Formação Profissional pretendeu responder ao convite lançado pela Senhora Cresson, aquando da sua intervenção em Veneza, em 2 de Fevereiro de 1996, para dar início a um largo debate sobre o Livro Branco, no âmbito do Ano Europeu. Pretendeu igualmenteestar presente no encontro político nacional que são os Debates Condorcet em França, onde o tema da educação e da formação ao longo da vida será largamente debatido. A decisão de associar a Revista a estes acontecimentos baseou-se na oportunidade de acesso a argumentos e a elementos factuais, que podem servir de apoio a debates. Ao dar a palavra ao político, retraçando a história desta ideiagenerosa e relacionando a construção de princípios e a realidade factual em diferentes países, a Revista espera desempenhar o seu principal papel que é de prestar um contributo aos debates sobre a formação profissional na Europa, a partir de análises e de informações rigorosas e argumentadas.
Johan van Rens, Director do CEDEFOP
A Aprendizagem ao Longo da Vida é uma proposta fascinante, tal como écorroborada pela contribuição de Edith Cresson sobre este tema e pelo Livro Branco que consagrou o ano de 1996 “Ano Europeu da Educação e da Formação ao Longo da Vida”. O objectivo fundamental é a procura de uma solução positiva para o desemprego na Europa e de uma situação
em que a actualização dos conhecimentos profissionais se torne um imperativo para todos os trabalhadores e não apenas paraalguns de nós. Será possível que esta ideia seja errada? A ideia, todavia, está longe de ser nova, e as fórmulas de Aprendizagem ao Longo da Vida do pós-guerra, tal como o demonstra o artigo de Denis Kallen (e como Albert Tuijnman também o relata no que respeita à experiência levada a cabo na Suécia), estiveram longe de conhecer um sucesso. As conclusões nefastas de Kallen, baseadas em factos duros,contrastam claramente com o Livro Branco. Será possível que ele tenha razão? É óbvio que a Aprendizagem ao Longo da Vida não é uma noção bem definida. A experiência sueca constituía antes um exemplo de educação recorrente, sendo o termo de educação muito menos abrangente do que o de Aprendizagem. Esta experiência falhou e este fracasso evidencia o grande fosso que separa a visão da sua execução.Os próprios decisores políticos devem começar por aprender a saber como actuar para concretizarem as suas ambições. E, ao examinar o Livro Branco, Alain d’Iribarne (cf. artigo neste número) levanta questões importantes no que respeita ao seu conteúdo operacional, nomeadamente, quando se trata de reconciliar as realidades económicas e as intenções sociais.

Alguns elementos económicos fundamentaisExaminemos alguns dos elementos económicos fundamentais expostos nos artigos deste número. Será que podemos esperar uma concretização efectiva da retórica política? Eis alguns dos factos: com a idade
1º) a capacidade individual para aprender declina
2º) os incentivos económicos para aprender diminuem porque o período de rentabilidade dos investimentos na formação é cada vez menos longo....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Aprendizagem ao longo da vida
  • Aprendizagem ao longo da vida
  • Resenha: aprendizagem continuada ao longo da vida.
  • CP
  • A Educação ao longo da Vida
  • Negociações ao longo da vida
  • Educação ao longo da vida
  • Negociações ao longo da vida

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!