Por uma prática pedagógica com bebês

Páginas: 17 (4022 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
POR UMA PRÁTICA PEDAGÓGICA COM BEBÊS
RESUMO
Este artigo tem por objetivo mostrar de forma descritiva e detalhada a nossa participação em estágio supervisionado no berçário de uma instituição de educação infantil do município de Londrina/PR. Nossa opção em trabalhar com essa faixa etária se dá principalmente por acreditarmos que a criança desde que nasce aprende, e as experiências que tiveremserão extremamente significativas para o seu desenvolvimento. Assim, procuramos desenvolver um trabalho de qualidade, pensado especialmente para atender as necessidades específicas desse período da vida da criança. Em nossas intervenções com atividades pedagógicas, tivemos como objetivo, estimular por meio destas atividades lúdicas, o desenvolvimento sensório-perceptivo, psicomotor, emocional esocial da criança. Para isso aplicamos cinco intervenções, sendo elas: o canto da ginástica, canto das bexigas, canto da música, canto da farinha e o canto das frutas, aplicados um a cada semana. Em todas as stividades propostas pudemos assistir a participação ativa das crianças. Temos convicção de que é por meio da experiência, da observação e da exploração de seu ambiente que a criança constrói seuconhecimento, modifica situações, reestrutura seus esquemas de pensamento, interpreta e busca soluções para fatos novos, favorecendo assim, seu desenvolvimento. Assim, esperamos com o relato destas experiências contribuir para uma melhor qualidade na educação e no cuidado com pequenos.
PALAVRAS – CHAVES: Berçário. Desenvolvimento. Atividades pedagógicas.
INTRODUÇÀO
Há bem pouco tempo, eraimpossível pensar numa educação própria para bebês, pois a estes a educação se caracterizava como ações de caridade, voluntarismo e filantropia, voltadas para o assistencialismo, como conta a própria história da educação infantil. Assim, as creches surgem com a finalidade de guardar crianças enquanto suas mães trabalham, visando ainda atender questões como o abandono, a desnutrição, a mortalidadeinfantil, a formação de hábitos higiênicos e a moralização das famílias operárias (VIEIRA, 1999).
No decorrer da história, grandes avanços ocorrem abrindo novas perspectivas de educação infantil. Muitos estudiosos desenvolvem teorias sobre o desenvolvimento da criança. Estudos sobre como os bebês constróem seu conhecimento e como interagem com os outros contribuíram para uma visão mais
abrangente desuas competências e habilidades internacionais, físicas e cognitivas trazendo um novo olhar sobre a concepção de criança.
Essa nova concepção, esse novo olhar, nos mostra uma criança sensível às manifestações afetivas e estéticas do seu meio cultural, ativa, capaz de interagir com o outro pelos meios que dispõe, rompendo com a ideia de uma criança passiva, devendo hoje ser respeitada como um sercompleto.
Da mesma forma, a instituição que recebe esta criança não pode mais ser concebida como um depósito de crianças, mas como um espaço que contemple o binômio cuidar-educar. No entanto, para termos uma educação infantil de qualidade faz-se necessária a presença de um profissional qualificado para a educação desta criança.
Pensar, então, na organização do berçário, foco de nossaintervenção, como uma dimensão de qualidade é permitir que os bebês os explorem numa relação de interação contínua, de trocas de saberes entre os pares, de partilhas e de liberdade de ir e vir.
Tal perspectiva representa a essência da intervenção aqui proposta. Assim, pensamos em um espaço promotor do desenvolvimento e da aprendizagem, que possibilite aos pequenos liberdade para explorar, criar, produzir,conhecer, experimentar, ou seja, vivenciar as múltiplas linguagens.
Cada intervenção foi planejada, buscando atender as especificidades e necessidades da criança desta faixa etária. Ao contrário do que ouvimos de alguns professores dos diferentes níveis de que não se precisa planejar as atividades das crianças pequenas, vimos que quanto menor a criança há uma necessidade de se pensar o espaço e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • AS ESPECIFICIDADES DA AÇÃO PEDAGÓGICA COM OS BEBÊS
  • Prática pedagógica
  • praticas pedagógicas
  • PRÁTICAS PEDAGÓGICAS
  • Pratica Pedagogica
  • praticas pedagogicas
  • Pratica pedagogica
  • Praticas Pedagogicas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!