Por um ensino eficaz da língua materna

Páginas: 6 (1258 palavras) Publicado: 18 de maio de 2013
UNIVERSIDADE DE UBERABA (UNIUBE)
MÁRCIO CÉSAR SILVA RAMOS

POR UM ENSINO EFICAZ DA LÍNGUA MATERNA








ATÍLIO VIVACQUA – ES
2010
POR UM ENSINO EFICACAZ DA LÍNGUA MATERNA

Língua Portuguesa não costuma ser a disciplina predileta dos alunos, pois estes demonstram uma grande dificuldade na apreensão de seus conteúdos devido à sua cultura que, muitas vezes, é incompatível com talensino levando os mesmos a concluírem a vida escolar sem saberem ler e escrever adequadamente. Por isso, é importante que o professor saiba conduzir suas aulas de modo que os alunos aprendam a refletir sobre a utilização da língua e sobre a necessidade de dominar a norma culta vigente. Diante disso, surgem questionamentos: Como ensinar a língua materna em sala de aula? Qual a diferença entreensinar língua e ensinar gramática? Ainda assim, uma certeza há: é preciso desenvolver estratégias e garantir um ensino eficaz que leve o aluno a ter verdadeiramente uma aprendizagem significativa.
De acordo com BAGNO, 2000, p. 87, a gramática deve conter uma boa quantidade de atividades de pesquisa, que possibilitem ao aluno a produção de seu próprio conhecimento linguístico, como uma arma eficazcontra a reprodução irrefletida e acrítica da doutrina gramatical normativa. Esse ponto de vista demonstra que a gramática em si não justifica seu papel de única fonte para o ensino da língua nas escolas, tanto do ponto de vista teórico quanto do prático, bem como o código normativo da linguagem, tomado de maneira ampla. É imprescindível, então, que o professor deixe de lado o comodismo e arepetição ofertada pela gramática e seja mais dinâmico ministrando o conteúdo de forma reflexiva em atividades contextualizadas, interdisciplinares, individuais ou coletivas, de forma que o aluno passe a conhecer as variedades da língua através de pesquisas que envolvam a leitura e produção textual. Com essa atitude, o professor possibilitará ao aluno que ele construa seu próprio conhecimento linguístico.É muito comum as escolas apresentarem um ensino de gramática arcaico, devido à aplicação de métodos totalmente teóricos, sem nenhuma significação na vida dos alunos que, por sua vez, não conseguem estabelecer relação entre a teoria gramatical e a prática de texto. Assim, o conceito de que língua e gramática são uma coisa só corresponde a um grande engano. Não se deve acreditar que a língua tem agramática como único componente. O ensino de Língua Portuguesa deve priorizar a harmonia na relação entre o ensino da gramática normativa e a contextualizada, sem descartar as nomenclaturas, terminologias e regras, as quais são fundamentais para o desenvolvimento social e cultural dos alunos, entretanto, não se deve deixar escapar de vista a importância de que tudo isso precisa contribuir paraque o aluno de fato domine sua própria língua, escrevendo, lendo e interpretando com proficiência.
O ensino de gramática é importante tanto na escrita quanto na fala, uma vez que o educando está inserido numa sociedade em que sua aprendizagem é medida para ingressarmos no mercado de trabalho por meio de concursos públicos que exigem dos concorrentes uma gramática contextualizada, que depende dasregras da gramática normativa. Nessa situação, o aluno deve conhecer a estrutura, os usos e o funcionamento de uma língua nos seus diversos níveis: fonológico, morfológico, lexical e semântico. O professor de língua materna, desde a alfabetização até o último ano escolar, deve estar atento a essas informações realizando sua tarefa de educador com precisão e competência, preocupando-se com aefetivação do ensino de língua e articulando dois domínios: a atividade de produção de textos e a análise linguística.
Por conta de questões como essas, há professores que se equivocaram imaginando que a gramática estava definitivamente abolida das aulas de Língua Portuguesa, contudo, segundo os Parâmetros Curriculares Nacionais do MEC, não é bem isso que ocorre:

“... uma prática...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Sociolinguistica e o ensino de lingua materna
  • Ensino da língua materna
  • O ensino da lingua materna na escola
  • Ensino de língua materna
  • A variação linguistica e o ensino da língua materna
  • ENSINO DE LÍNGUA MATERNA: POSSÍVEIS ABORDAGENS
  • AVARIAÇÃO LINGUÍSTICA E O ENSINO DE LÍNGUA MATERNA
  • METODOLOGIAS PARA ENSINO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA: QUAL A MAIS EFICAZ?

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!