Politica para não ser idiota

Páginas: 8 (1934 palavras) Publicado: 7 de novembro de 2012
Política para não ser idiota
O encontro entre Mário Sérgio Cortella e Renato Janine Ribeiro, gera a ideia para a discussão a respeito do conceito de política.
      Contata-se que cada vez mais, há comentários no Brasil, relacionados como “política é coisa de idiota”. Que a expressão idiotes, em grego, significa aquele que pensa em si.
      Em conversa, Janine afirma que nos tempos de hoje,vivemos um período de maior liberdade na história, pois antigamente não havia essa liberdade política e pessoal. Os indivíduos se expressam, votam e tem sua própria organização. Assim, a política se ampliou muito. Entretanto, há uma convergência no embate entre política e democracia, pois teóricos definem essas ideias, o que se opõem as ditaduras que não há liberdade de expressão. Sendo que daqui aalgum tempo, a predominância da ideia de que não há política que não seja democrática.
      Com isso, há dois aspectos positivo e negativo, na qual o positivo em relação ao mundo contemporâneo e o negativo o desinteresse pela política.
O indivíduo e a sociedade: Política não e coisa de idiota.
Cortella – ‘’ Esse termo aparece em comentários indignados, cada vez mais frequentes noBrasil, como ‘’política e coisa de idiota’’. (P.7)
Cortella – ‘’Não me meto em política, como você vê essa postura?’’ (P.8)
Janine – ‘’Vejo uma coisa meio paradoxal hoje. Por um lado, gosto muito de nosso tempo porque estamos vivendo o período de maior liberdade de toda história.’’ (P.8)
Janine – ‘’ao mesmo tempo em que meia humanidade está se beneficiando de avanços democráticos,boa parte das pessoas está enojada pela descoberta ou pelo avanço da corrupção (aliá, é discutível se ela realmente aumentou ou apenas se tornou mais visível). ’’ (P.9)
Cortella – ‘’o idiota não é livre porque toma conta do próprio nariz, pois só é livre aquele que se envolve na vida pública, na vida coletiva.’’ (P.9)
Janine – ‘’Até 200 anos atrás, toda sociedade exigia de seusmembros uma conformidade religiosa, e ate uma conformidade alimentar, para subsistir. Já a nossa sociedade admite uma diversidade fabulosa: pode-se jantar no restaurante indiano sem ser hinduísta, ou no italiano sem ser católico-romano.’’(P.9)    
Cortella – ‘’De fato, algumas pessoas (aquelas com mais condições econômicas ou mais autonomia intelectual) podem fazer escolhas mais livres.’’ ‘’Vocêconsidera que é um traço característico do moderno, isto é, de uma ideologia cujas plataformas são mais eficazes do que as de outros tempos?’’ (P.10)
Janine – ‘’Sim, no sentido de que já não e preciso matar pessoas, leva-las à fogueira ou ameaça-las para conseguir que os comportamentos se ajustem ao que é socialmente desejável.’’
‘’Uma discussão interessante a esse respeito se levantou,quando se aprovou em São Paulo a lei limitando o uso do tabaco em público.’’
‘’o que a lei proíbe é que o indivíduo terceirize sua fumaça. Não se proíbe que ninguém de fumar, mas de fazer o outro aspirar o seu fumo. ’’ (P.11)
Cortella – ‘’A proibição visa evitar que não fumantes sejam constrangidos pelos fumantes.’’ (P.11)
Cortella – ‘’con-domínios significa Viver é conviver.A vida humana é condomínio.’’ (P.12)
Conviver: O mais político dos atos
Janine – ‘’alguns hoje entendem liberdade e direito como uma propriedade ou como um objeto de consumo.’’ ‘’Como é dono do carro, pensa que o utiliza como quiser. Como tem o direito de votar, acha que se trata apenas de uma questão de consumo.’’ ‘’Quando compro um produto, de fato tenho sobre ele o poder de usar e nãousar, ate de joga-lo fora. Mais os direitos ligados à vida em sociedade estão ligados a obrigações.’’ (P.14)
Cortella – ‘’soberano vem do latim superanus, super (sobre), aquele que está acima de todos e não se subordina a ninguém. Autonomia, por sua vez, a partir do vocábulo grego autos (por si mesmo), e nómos (o que me cabe por direito ou dever).’’ (P,16)
Janine – ‘’As...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Politica para não ser idiota
  • política para não ser um idiota
  • Politica para nao ser idiota
  • Política para não ser idiota
  • Politica para não ser idiota
  • POLITICA PARA NAO SER IDIOTA
  • Politica para não ser idiota
  • Politica para não ser idiota

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!