Polis

Páginas: 7 (1696 palavras) Publicado: 30 de outubro de 2013
Universo da polis
O que implica o sistema da polis é primeiramente uma extraordinária preeminência da palavra sobre todos os outros instrumentos do poder. Entre a política e o logos, há assim relação estreita, vinculo recíproco. A arte política é essencialmente exercício da linguagem; e o logos, na origem, toma consciência de si mesmo. Uma segunda característica da polis é o cunho de plenapublicidade dada às manifestações mais importantes da vida social. Pode-se mesmo dizer que a polis existe apenas na medida em que se distinguiu um domínio público, nos dois sentidos diferentes, mas solidários do termo: um setor de interesse comum, opondo-se aos assuntos privados; práticas abertas, estabelecidas em pleno dia, opondo-se a processos secretos. Esse duplo movimento de democratização e dedivulgação terá, no plano intelectual, conseqüências decisivas. A cultura grega constitui-se, dando a um circulo sempre mais amplo — finalmente ao demos todo — o aceso ao mundo espiritual, reservado no inicio a uma aristocracia de caráter guerreiro e sacerdotal. Doravante, a discussão, a argumentação, a polemica torna-se as regras do jogo intelectual, assim como do jogo político. O controleconstante da comunidade se exerce sobre as criações do espírito, assim como sobre as magistraturas do Estado. A lei da polis, por oposição ao poder absoluto do monarca, exige que umas e outras sejam igualmente submetidas à “prestação de contas”. Já se não impõe pela força de um prestigio pessoal ou religioso; devem mostrar sua retidão por processos de ordem dialética. Ao lado da recitação decorada detextos de Homero ou de Hesíodo que continua sendo tradicional —, a escrita constituirá o elemento de base da paidéia grega. Compreende-se assim o alcance de uma reivindicação que surge desde o nascimento da cidade: a redação das leis. Ao escrevê-las, não se faz mais que assegura-lhes permanência e fixidez. Subtraem-se à autoridade privada dos basileis, cuja função era “dizer” o direito; torna-se bemcomum, regra geral, suscetível de ser aplicada a todos da mesma maneira. A descentralização de todo um plano da vida política tem como contrapartida uma religião oficial que se distanciou das questões humanas e que não está mais tão diretamente ligada às vicissitudes da arché. Entretanto, quaisquer que sejam a lucidez dos chefes políticos e a sabedoria dos cidadãos, as decisões da assembléia têmpor objeto um futuro que permanece fundamental opaco e que não pode ser alcançado completamente pela inteligência. É então essencial assegurar-se o seu controle, na medida do possível, por outras diligencias, que empregam não mais meios humanos, mas a eficácia do rito. O “racionalismo” político que preside às instituições da cidade se opõe certamente aos antigos processos religiosos do governo, massem por isso excluí-los de maneira radical.
Aos dois aspectos que assinalamos — prestigio da palavra, desenvolvimento das práticas publica —, um outro traço se acrescenta para caracterizar o universo espiritual da polis. Os que compõe a cidade, por mais diferentes que sejam sua origem, sua classe, sua função, aparecem de certa maneira “semelhantes” uns aos outros. Esta semelhança cria a unidadeda polis, porque, para os gregos, só os semelhante cria a unidade pela Célia, associados numa mesma comunidade. O vinculo do homem com o homem vai tomar assim, no esquema da cidade, a forma de uma relação recíproca, reversível, substituindo as relações hierárquicas de submissão e de domínio. Todos os que participam do Estado vão definir-se como Hómoioi, semelhantes depois, de maneira maisabstrata, como os Isoi, iguais. Apesar de tudo o que os opõe no concreto da vida social, os cidadãos se concebem, no plano político, como unidades permutáveis no interior de um sistema cuja lei é o equilíbrio, cuja norma é a igualdade. Essa imagem do mundo humano encontrará no século VI sua expressão rigorosa num conceito, o de isonomia: igual participação de todos os cidadãos no exercito do poder.
No...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Polis
  • Pólis
  • polis
  • Polis
  • polis
  • Polis
  • polis
  • Polis

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!