Política

Páginas: 13 (3199 palavras) Publicado: 7 de novembro de 2012
O PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO DA ESCOLA
na perspectiva de uma educação para a cidadania
Moacir Gadotti
(*)
Estamos hoje discutindo esse tema porque a questão do projeto da escola é
problemática, isto é, representa um desafio para todos os educadores. Se há algumas
décadas a escola se questionava apenas sobre seus métodos, hoje ela se questionava
sobre seus fins.
Até muito recentemente aquestão da escola limitava-se a uma escolha entre ser
tradicional e ser moderna. Essa tipologia não desapareceu, mas não responde a todas as
questões atuais da escola. Muito menos à questão do seu projeto. A crise paradigmática
também atinge a escola e ela se pergunta sobre si mesma, sobre seu papel como
instituição numa sociedade pós-moderna e pós-industrial, caracterizada pela
globalizaçãoda economia e das comunicações, pelo pluralismo político, pela
emergência do poder local. Nessa sociedade cresce a reivindicação pela autonomia
contra toda forma de uniformização e o desejo de afirmação da singularidade de cada
região, de cada língua etc. A multiculturalidade é a marca mais significativa do nosso
tempo.
É nesse contexto que podemos nos colocar questões como:
- o que éprojeto?
- o que é projeto político-pedagógico da escola?
Freqüentemente se confunde projeto com plano. Certamente o plano diretor da
escola - como conjunto de objetivos, metas e procedimentos - faz parte do seu projeto,
mas não é todo o seu projeto.
Isso não significa que objetivos, metas e procedimentos não sejam necessários.
Mas eles são insuficientes pois, em geral, o plano fica no campo doinstituído ou
melhor, no cumprimento mais eficaz do instituído, como defende hoje todo esse
discurso oficial em torno da "qualidade", e em, particular da "qualidade total". Um
projeto necessita sempre rever o instituído para, a partir dele, instituir outra coisa.
(*)
Moacir Gadotti, Professor titular da Universidade de São Paulo, Diretor do Instituto Paulo
Freire e autor, entre outras obras,de: A educação contra a educação (Paz e Terra, 1979: Francês e
Português), Convite à leitura de Paulo Freire (Scipione, 1988: Português, Espanhol, Inglês, Japonês e
Italiano), História das idéias pedagógicas (Ática, 1993: Português e Espanhol), Pedagogia da práxis
(Cortez, 1994: Português, Espanhol e Inglês) e Perspectivas atuais da educação (Artes Médicas, no
prelo). Este texto nasceu de umdebate num painel, durante a realização da Conferência Nacional de
Educação para Todos (setembro de 1994), em Brasília. O autor fez diversos debates sobre o tema, entre
eles em Lages (SC), em 1995 e em Mauá (SP), no ano seguinte. Mais tarde essas idéias foram tomadas
com os companheiros do Instituto Paulo Freire (IPF) as desenvolvemos juntos no livro Autonomia da
escola: princípios e propostas,publicado pela Editora Cortez em 1997 como primeiro número da série
“Guia da escola cidadã” que serviu de texto para um Curso de Educação Continuada ministrado pelo IPF
durante os anos de 1997 e 1998 para mais de 2500 diretores, supervisores, assistentes técnico-
pedagógicos e professores coordenadores da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. Este
também foi o primeiro texto que serviude roteiro de uma série de 7 programas de TV feitos pelo IPF em
parceria com a TV Educativa do Rio de Janeiro no início de 1997 com o título: Construindo a Escola
Cidadã: Projeto Político-pedagógico. A leitora ou leitor que desejar aprofundar o assunto poderá
consultar ainda: Ilma Passos Veiga, Projeto político-pedagógico da escola: uma construção possível
(Campinas, Papirus, 1996), IlmaPassos e Lúcia G. de Resende (orgs), Escola: espaço do projeto político-
pedagógico (Campinas, Papirus, 1998) e Bianco Zalmora Garcia, A construção do projeto político-
pedagógico da escola pública na perspectiva da Teoria da ação comunicativa de Jürgen Habermas.
Dissertação de Mestrado. São Paulo, FE-USP, 1999.
1

Page 2 |
Tornar-se instituínte. Um projeto político-pedagógico não nega o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A politica e as politicas
  • Politica
  • politica
  • Politica
  • a politica
  • politica
  • Política
  • Politica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!