Política educacional

Páginas: 33 (8215 palavras) Publicado: 2 de outubro de 2011
Maria da Graça Jacintho Setton

A teoria do habitus em Pierre Bourdieu: uma leitura contemporânea
Maria da Graça Jacintho Setton
Universidade de São Paulo, Faculdade de Educação

Introdução Como apreender a especificidade do modelo de socialização na atualidade? Como compreender a particularidade do processo de construção das identidades a partir das mudanças estruturais e institucionaisdas agências tradicionais da socialização? Proponho responder a essas questões pela análise da emergência de uma nova configuração cultural, em que o processo de construção dos habitus individuais passa a ser mediado pela coexistência de distintas instâncias produtoras de valores culturais e referências identitárias. Proponho considerar a família, a escola e a mídia no mundo contemporâneo comoinstâncias socializadoras que coexistem numa intensa relação de interdependência. Ou seja, instâncias que configuram hoje uma forma permanente e dinâmica de relação (Elias, 1970; Setton, 2002). Parto da hipótese de que o processo de socialização das formações modernas pode ser considerado um espaço plural de múltiplas relações sociais. Pode ser considerado um campo estruturado pelas relações dinâmicasentre instituições e agentes sociais distinta60

mente posicionados em função de sua visibilidade e recursos disponíveis. Salientar a relação de interdependência entre as instâncias e agentes da socialização é uma forma de afirmar que as relações estabelecidas entre eles podem ser de aliados ou de adversários. Podem ser relações de continuidade ou de ruptura. Podem, pois, determinar uma gamavariada e heterogênea de experiências singulares de socialização.1 Dessa forma, saliento que pensar as relações entre a família, a escola e a mídia com base no conceito

1

Estas reflexões foram desenvolvidas em minha pesquisa

de pós-doutorado intitulada Trajetórias acadêmicas: um estudo sobre as estratégias de transformação da ordem, iniciada em 2000, na École de Hautes Études en SciencesSociales, em Paris. Essa pesquisa tem como objetivo investigar as estratégias – sociais e acadêmicas – utilizadas pelos estudantes de origem social humilde para ingressar nos cursos mais seletos e concorridos da Universidade de São Paulo, na área de Humanidades. Este artigo desenvolve o argumento teórico da pesquisa e é parte integrante do relatório entregue à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estadode São Paulo (FAPESP).

Maio/Jun/Jul/Ago 2002 Nº 20

A teoria do habitus em Pierre Bourdieu

de configuração2 é analisar essas instituições sociais segundo uma relação dinâmica criada pelo conjunto de seus integrantes, recursos e trajetórias particulares. Neste sentido, caberia perguntar: como e por que essa nova configuração cultural entre as instâncias de socialização do mundocontemporâneo seria responsável pela construção de um novo agente social? Considero que uma resposta possível a essa questão pode ser oferecida com base na interpretação da teoria do habitus de Pierre Bourdieu à luz da concepção institucional de modernidade de Anthony Giddens. Concebo o conceito de habitus como um instrumento conceptual que me auxilia pensar a relação, a mediação entre os condicionamentossociais exteriores e a subjetividade dos sujeitos. Trata-se de um conceito que, embora seja visto como um sistema engendrado no passado e orientando para uma ação no presente, ainda é um sistema em constante reformulação. Habitus não é destino. Habitus é uma noção que me auxilia a pensar as características de uma identidade social, de uma experiência biográfica, um sistema de orientação ora conscienteora inconsciente. Habitus como uma matriz cultural que predispõe os indivíduos a fazerem suas escolhas. Embora controvertida,3 creio que a teoria do habitus me habilita a pensar o processo de constituição das identidades sociais no mundo contemporâneo.

Notas sobre a origem do conceito de habitus O conceito de habitus tem uma longa história nas ciências humanas (Héron, 1987). Palavra latina...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Politica educacional
  • Politica Educacional
  • A Política Educacional
  • Politica educacional
  • Politica educacional
  • Politicas Educacionais
  • Políticas educacionais
  • Política Educacional

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!