Plano de Ação

Páginas: 8 (1872 palavras) Publicado: 18 de setembro de 2014
ENSINO E APRENDIZAGEM DA LEITURA E DA ESCRITA















Justificativa

O presente projeto vem subsidiar o tema em questão, ensino e aprendizagem da leitura e da escrita, tendo como objetivo principal, colaborar no desenvolvimento dos discentes envolvidos, possibilitando assim, o fortalecimento do elo, entre a universidade e instituiçãoparceira. O tema escolhido se deu apartir de observações e diagnóstico cognitivos dos alunos, chegando à conclusão das necessidades de focar na disciplina de Língua Portuguesa.
O projeto supracitado foi elaborado por alunos graduandos em Pedagogia- UNEAL- Campus II ingressos no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (PIBID): Claudia Rayane Araujo Melo, Jéssica Oliveira Alencar, JoséMatheus Romeiro Lima, Mayttê Samantha Martins Gomes, Sandra De Oliveira França, Sirleide Rodrigues Nascimento, Tanilla Pereira De Almeida, que tem como supervisora, Maria Sônia de Carvalho Lira e como parceira a Escola Municipal de Educação Básica São Cristovão.
Para chegarmos á ideia do projeto vale salientar, a importância de conhecer, a referida instituição para isso, foram realizadasentrevistas semiestruturadas, questionários estruturados com a gestão escolar, coordenação pedagógica, professores e alunos, fotos, análise documentais e observações à sala de aula do terceiro ano “B”. Os dados que foram coletados possibilitaram uma maior reflexão sobre a realidade que iremos atuar, pois mostrou-nos diversos aspectos que as teorias em si não mostram e que é através da prática, que podemosconhecê-los.
Para Pimenta (2010, p.92):
A atividade teórica é que possibilita de modo indissociável o conhecimento da realidade e o estabelecimento de finalidades para sua transformação. Mas para produzir tal transformação não é suficiente atividade teórica; é preciso atuar praticamente.
Percebemos a partir da fala de Pimenta que não basta compreender somente a teoria ou a práticaisoladamente, pois as duas estão interligadas, fazendo-se necessário haver uma indissociabilidade entre ambas. Dessa forma foi através das observações que notamos a realidade escolar dos alunos em questão, onde a maioria das crianças, vem da zona periférica, com condições de renda baixa, chegando ao nível de escolaridade de seus familiares, que em grande maioria não são alfabetizados.
Durante as análises,percebeu-se que na sala de aula, da professora Maria Sônia de Carvalho Lira, supervisora do PIBID, os alunos convivem em harmônia com ela e com os seus colegas, mantendo a ordem e organização através de diálogo, a maioria executa as tarefas feitas na sala, prestam atenção nos momentos de explicação dos conteúdos, porém a maior parte, têm dificuldade na leitura e na escrita, o que se agrava com afalta de estímulo e acompanhamento pelas famílias, dificultando dessa forma, o processo de ensino- aprendizagem.
Veiga (2001, pp.148 e 149) afirma que:
A escola, entretanto, só realiza suas funções e torna-se viva na mediação da docência em sala de aula, onde uma turma de alunos e uma equipe de professores fazem-se sujeitos/atores de seu ensinar e de seu aprender. Os alunos, com seus saberes davida e sua experiência escolar pregressa; e os professores, além dos saberes da própria experiência vivida, com o saber organizado e sistematizado, sob a forma escolar e em virtude dela, na cultura e nas ciências. Confrontam-se, assim, em revelação criadora, os saberes dos professores com a situação problematizadora dos alunos, uma força ativa interrogante.
É formidavél enfatizar essa interaçãoentre professor/aluno e aluno/aluno, pois o conhecimeto não se constrói apenas através de tarefas repetitivas e sim com uma dose de afetividade e troca de experiências. É por meio desses momentos em sala de aula que facilita a aprendizagem. Isso não deveria ser apenas um momento em sala de aula, mas também no contexto famíliar desses indivíduos, tornando-se imprecidível à responsabilidade e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Plano da ação
  • plano de ação
  • Plano de ação
  • Plano de ação
  • Plano de ação
  • Plano de ação
  • Plano de Açao
  • Plano de ação

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!