Planejamento turistico de mairiporã

Páginas: 6 (1281 palavras) Publicado: 22 de agosto de 2012
MUNICÍPIO DE MAIRIPORÃ
. Povoado de Nossa Senhora do Desterro fundado, no município de São Paulo, em 1600.
. Freguesia transferida para o município de Guarulhos, com a denominação de Juqueri, pela Lei nº 34, de 24/03/1880.
. Vila criada pela Lei nº 67 de 27/03/1889.
. Denominação alterada para Mairiporã pela Lei nº 233, de 24/12/1948.
. Aniversário em 27 de março.
a) Divisas Municipais
1 -Com o Município de Caieiras
Começa na serra da Cantareira, onde a serra cruza com o contraforte entre o ribeirão Claro, à direita, e o ribeirão Santa Inês, à esquerda, segue por este contraforte até a junção das duas águas; desce pelo ribeirão Santa Inês até a foz do córrego do Engenho.

2 - Com o Município de Franco da Rocha
Começa na foz do córrego do Engenho, no ribeirão Santa Inês, peloqual desce até sua foz no rio Juqueri; continua pelo contraforte fronteiro em demanda da foz do córrego da Estiva no ribeirão do Itaim, e daí vai pelo divisor que deixa, à direita, as águas do córrego da Estiva e, à esquerda, as do ribeirão do Eusébio, até a serra do Botujuru, divisor entre as águas do rio Jundiaí, ao Norte e as do rio Juqueri ao Sul.

3 - Com o Município de Atibaia
Começa naserra do Botujuru, divisor entre as águas do rio Jundiaí, ao Norte, as do rio Juqueri, ao Sul, no ponto de cruzamento com o divisor que deixa, à direita, as águas do córrego da Estiva e à esquerda, as do ribeirão do Eusébio; segue pela crista da serra até o contraforte da margem esquerda do córrego da Canjica; continua por este contraforte em demanda da foz do córrego da Canjica no rio Jundiaí;atravessa o rio e continua pelo contraforte fronteiro até atingir o divisor entre as águas do rio Jundiaí, ao Sul, e as do rio Atibaia, ao Norte; segue por este divisor até o pião divisor entre os rios Jundiaí, Onofre e Cachoeirinha.
Segundo transcrição mais recente (Lei Estadual nº 8.550, do ano de 1993), córrego da Canjica.

4 - Com o Município de Bom Jesus dos Perdões
Começa na serra da PedraVermelha, no pião divisor entre as águas dos rios Jundiaí, Onofre e Cachoeirinha; segue pelo espigão Jundiaí - Atibaia, até cruzar com o divisor Cachoeirinha – Mato dentro.

5 - Com o Município de Nazaré Paulista
Começa no espigão Jundiaí - Atibaia, no ponto de cruzamento com o divisor Cachoeirinha – Mato. Dentro; segue pelo divisor entre o ribeirão Mato Dentro, à esquerda, e o rioJuqueri-Mirim, à direita, em demanda da foz do córrego Ponte Alta, no rio Juqueri-Mirim; segue pelo contraforte fronteiro em demanda do maciço denominado Morro do Zorelho, e pela cumeada deste continua até a serra do Quavirutuba, e contornando as águas do ribeirão da Tapera Grande, segue até a serra do Gil ou do Itaberaba.

6 - Com o Município de Guarulhos
Começa na serra do Gil ou do Itaberaba, onde estacruza com o espigão que contorna as águas do ribeirão da Tapera Grande, separando-as das do ribeirão dos Pinheirinhos ou do Quilombo, cabeceira do rio Juqueri; prossegue pela cumeada da serra que é o divisor entre as águas do rio Tietê, ao Sul, e as do rio Juqueri, ao Norte, até a serra do Capitão Freire ou Mata Fria, onde ela cruza com a serra da Pirucaia.

7 - Com o Município de São PauloComeça na serra do Capitão Freire ou Mata Fria, onde ela cruza com a serra da Pirucaia; segue pela serra do Capitão Freire ou Mata Fria, e pela serra da Cantareira, até cruzar com o contraforte entre as águas do ribeirão Claro, à esquerda, e as do ribeirão Santa Inês, à direita, onde tiveram início estas divisas.

http://www.igc.sp.gov.br/produtos/arquivos/municipios_sp_divisas.pdf - Páginas 418 e419

História
História de Mairiporã |
|
Em sua evolução, a área de Mairiporã, inicialmente Juqueri, se configurou à maneira de outros núcleos de povoamento ao redor da Vila de São Paulo, servindo como proteção desta e ponto de apoio às rotas de ligação com o sertão interior. O povoado surgiu em fins do século XVI ou meados do século XVII, em torno da Capela de Nossa Senhora do Desterro,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Planejamento turístico de mairiporã
  • Planejamento Turístico
  • Planejamento turístico
  • Planejamento turístico
  • Planejamento turístico
  • Planejamento turistico
  • planejamento turístico
  • Planejamento turistico

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!