Pinumium

Páginas: 2 (266 palavras) Publicado: 4 de maio de 2014
ESPECIAL I argentina

QUE
CHORA
PORELA?
A Argentina voltou a assustar com uma
crise cambial. Mas, com a perda de
relevância de sua economia, oestrago
que pode causar à sua volta é limitado
GUILHERME

os úLnMOS

MANECHINI

TEMpos,

E VERENA

FORNETTI

A CONDUÇÃO DAS POLiTICAS ECONÔMICASNA

a ter a seguinte impressão: o Brasil quer ser a Argentina, a Argentina pretende ser a
Venezuela, e a Venezuela almeja ser Cuba. Felizmente, estamosmuito longe da Argentina - mas é inegável que estamos nos afastando da
política econômica mais ortodoxa dos governos anteriores. Emjaneiro, o Brasil seinspirou nos argentinos, que manipulam seus dados de
inflação há anos, para melhorar o saldo da balança comercial. Ao
registrar a exportação fictícia deplataformas da Petrobras que nunca
deixarão o pais, o Brasil alcançou um superávit comercial de 2,6 bilhões de dólares. Foi o pior resultado desde 2000, massem a manobra
(que é legal, diga-se) admitiríamos um déficit de mais de 5 bilhões de
dólares. Bom, espera-se que o uso da contabilidade criativa (tãoaperfeiçoada pelos argentinos) pare por aí - mesmo porque a Argentina
parece firme no propósito de se tornar a aloprada Venezuela.
Nada do que está acontecendona Argentina é desconhecido na histórica econômica da América Latina. O pais se encontra outra vez numa
crise porque há anos persegue um roteiro amplamentesabido de caminhada para o abismo - algo que a própria Argentina já viveu nos anos
AMÉRICA LAnNA

106

I www.exame.com

PODE LEVAR UM OBSERVADOR

Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!