Personalidade psicopática

Páginas: 7 (1605 palavras) Publicado: 7 de novembro de 2012
RESUMO
O presente trabalho tem por objetivo a discussão sobre questão do
portador de personalidade psicopática que comete crimes, e como este deve ser entendido e tratado, pois só assim será possível dar um encaminhamento jurídico apropriado a seu caso.
Procurou-se mostrar as implicações na área da Psiquiatria para se
conhecer melhor o transtorno de personalidade em questão, em segundo plano,foi mostrado as implicações na área do Direito para se saber qual o trato dado pela legislação com relação a esse transtorno, e por fim juntou-se esses conhecimentos, adequando a Justiça correta às personalidades psicopáticas criminosas.
A partir de doutrinas e jurisprudências demonstramos a importância
do tema e suas problemáticas, para então chegar a conclusão de que a questão, de como tratarou penalizar um psicopata que cometeu um crime, é um problema de todos, não só dos envolvidos ( psicopata, magistrado e perito), como do Estado, e principalmente da sociedade, que leiga, sofre as consequências.

PERSONALIDADE PSICOPÁTICA
A evolução dos conceitos sobre a personalidade psicopática
transcorreu, durante mais de um século, oscilando entre a bipolaridade orgânica psicológica,passando à transitar também sobre as tendências sociais e parece ter aportado finalmente, numa ideia bio-psico-social que, senão a mais verdadeira, ao menos a mais sensata.
Conceituar a personalidade psicopática, ou tão somente psicopata, é
algo que vem preocupando tanto a Psiquiatria como o Direito, evidentemente essa preocupação contínua e perene existe porque sempre houve personalidades anormaiscomo parte da população geral.
O que houve primeiro foi a definição para a relação entre o crime e o
criminoso e aquelas pessoas que se entendiam pré dispostas para o crime, os delinquentes. O estudo da evolução da Criminalidade realizado por Lombroso, permite fixar o fio condutor desta ciência e as suas diretrizes atuais, além de estabelecer as bases para novos progressos.
Lombroso ao efetuarestudos sobre o homem delinquente, estabeleceu
um tipo particular de indivíduo, definido pelos seus caracteres físicos e
psíquicos e pela prática no crime, denominado: “Criminoso Nato”.
A obra de Lombroso foi continuada pela chamada “Escola de
Antropologia Criminal de Roma”, a qual remodelou o conceito do “Criminoso Nato”, definindo assim, a “Constituição Delinquencial”, grupo biológico, com acaracterística fundamental da predisposição ao delito, essência esta, de uma personalidade, alcançando assim, o conceito comparável aos das personalidades psicopáticas.
As divergências, ainda hoje, existem, entre os que defendem a origem
desses desvios em certa predisposição constitucional, os que sustentam
encontrar a causa nas deficiências funcionais do cérebro e aqueles que admitem queos desvios se originam em possíveis rejeições sofridas pela criança nos primeiros anos de vida.
A personalidade está sujeita, entretanto, a transtornos em seu
desenvolvimento e em sua continuidade, quando se evidenciam as hipóteses dos seus desdobramentos , como na identidade; quando ocorrem transtornos da relação da pessoa com o mundo exterior; transtornos da percepção, como os estadosdepressivos e obsessivos, enfim uma infinidade existente de desvios de personalidade, com profundos reflexos em todo o comportamento do indivíduo e, evidentemente, com suas consequências na esfera do mundo jurídico.
No entanto, em meio a tantas definições, a discussão atualmente não
reflete só a preocupação de conceituar, mas sim a tentativa de buscar correlação entre a criminalidade e esse tipo detranstorno de personalidade.
Os psicopatas têm defeitos de base constitucional e que ao longo de sua vida, fatores, como a impotência sexual, potencializariam esses defeitos. Lembrando que são incapazes de aprender por qualquer experiência vivida.
Quanto às personalidades psicopáticas, estas são marcadas por
desajustamento social, tendências de reação às normas, sem acomodação ao
grupo,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • picologias psicopaticas
  • Delinquência psicopática
  • Personalidede Psicopatica
  • Personalidade
  • Personalidade
  • a personalidade
  • Personalidade
  • Personalidade

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!