periodo imperial

Páginas: 9 (2193 palavras) Publicado: 8 de julho de 2013
escola estadual 29 de julho

giulia bortolon
















periodo imperial
o periodo de regencia do brasil, periodo regenciais.
























Confresa - MT
2013

Giulia bortolon
















periodo imperial
o periodo de regencia do brasil, periodo regenciais.











Trabalho apresentado,para a disciplina de História.

Prof. Rosirene












Confresa - MT
2013

O Período Imperial (1822-1889)

Durante o Período Imperial, por necessidade política e econômica, D. Pedro I fez grandes reformas e progressos nos Correios brasileiros. Definida a permanência da família Real no Brasil, era necessária uma evolução no quadro postal do país para atender as demandas daCorte Portuguesa, que não poderia ficar para trás de outros países da Europa nesta área de serviços postais. Nesta fase de independência e soberania nacional, o Príncipe Regente reorganizou e iniciou o processo de criação e administração dos correios de províncias, incluindo várias ações. Entre as reformas postais instituídas por D. Pedro I, citamos o pagamento prévio de franquia unificada, olançamento dos primeiros selos postais, a criação de quadro de carteiros, de caixas de coleta e de cartões postais, a distribuição domiciliária de correspondência na Corte e nas Províncias, entre outras. Outro fator importante foi o estabelecimento do serviço telegráfico na país, e a adesão do Brasil por meio de tratados aos organismos internacionais de telecomunicações recém criados. Essas reformasderam o impulso que faltava aos Correios para crescerem e atenderem as demandas não só da Corte, mas também da população ainda pequena e subdesenvolvida do recém independente país. Alguns fatos marcaram esse período pela importância histórica, e também pelo lado administrativo e organizacional dos Correios.

Seu primeiro ato político importante é a convocação da Assembléia Constituinte, eleita noinício de 1823. É também seu primeiro fracasso: devido a uma forte divergência entre os deputados brasileiros e o soberano, que exigia um poder pessoal superior ao do Legislativo e do Judiciário, a Assembléia é dissolvida em novembro. A Constituição é outorgada pelo imperador em 1824. Contra essa decisão rebelam-se algumas províncias do Nordeste, lideradas por Pernambuco. A revolta, conhecidapelo nome de Confederação do Equador, é severamente reprimida pelas tropas imperiais.

            Embora a Constituição de 1824 determine que o regime vigente no país seja liberal, o governo é autoritário. Frequentemente, Dom Pedro impõe sua vontade aos políticos. Esse impasse constante gera um crescente conflito com os liberais, que passam a vê-lo cada vez mais como um governante autoritário.Preocupa também o seu excessivo envolvimento com a política interna portuguesa. Os problemas de Dom Pedro I agravam-se a partir de 1825, com a entrada e a derrota do Brasil na Guerra da Cisplatina . A perda da província da Cisplatina e a independência do Uruguai, em 1828, além das dificuldades econômicas, levam boa parte da opinião pública a reagir contra as medidas personalistas do imperador.Sucessão em Portugal – Além disso, após a morte de seu pai Dom João VI , em 1826, Dom Pedro envolve-se cada vez mais na questão sucessória em Portugal. Do ponto de vista português, ele continua herdeiro da Coroa. Para os brasileiros, o imperador não tem mais vínculos com a antiga colônia, porque, ao proclamar a Independência, havia renunciado à herança lusitana. Depois de muita discussão,formaliza essa renúncia e abre mão do trono de Portugal em favor de sua filha Maria da Glória.

Sua última tentativa de recuperar prestígio político é frustrada pela má recepção que teve durante uma visita a Minas Gerais na virada de 1830 para 1831. A intenção era costurar um acordo com os políticos da província, mas é recebido com frieza. Alguns setores da elite mineira fazem questão de ligá-lo ao...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Périodo imperial
  • periodo imperial
  • A Educação no Brasil no período Imperial
  • Periodo Imperial politica
  • a sociedade brasileira no periodo imperial
  • PERIODO COLONIAL E IMPERIAL NO BRASIL
  • Educação no Período Imperial
  • Os negros no período colonial e imperial

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!